Aquecimento

DIA_17out09

G1_17out09

Screenshots dos sites noticiosos do Rio hoje.

Se este é o legado do Pan-americano, não quero estar aqui para ver a Copa do Mundo e Olimpíadas…

Aluguel: 800 reais
Conta de Luz: 70 reais
Plano de saúde: 200 reais
Conta de telefone: 100 reais
Curso: 300 reais
(…)
Salário: 1.600 reais
Ser convocado e sair de casa correndo sábado de manhã, não tem preço.

Quem venham as festejadas Olimpíadas. Quem vai pagar a conta somos nós mesmos… $ $ $ $ $

O negócio ficou feio hoje, todo mundo perdeu a folga. Agora acalmou. Reuniões para decidir as medidas, ficamos aqui esperando. Em QAP na Base. Torcendo pra chuva passar, porque assim é pior…

109 ideias sobre “Aquecimento

  1. É Companheiro, lendo este seu desabafo, me veio agora a imagem, do seu Governador e o Prefeito, comemorando… o Lula chorando… é muita safadesa, com as obras, imagine o desvio de verbas que ira ocorrer. Enquanto isto, vamos sendo mortos ganhando um salário miserável,sem reconhecimento, sem minimas condiçoes de trabalho, sem equipamentos,viaturas… Só queremos é dignidade chega de tickets, abonos, queremos salário justo.

    Um fraternal abraço aos Guerreiros,Guerreiras e Amigos.
    Que Deus dê o conforto aos familiares dos Companheiros que tombaram no cumprimento do dever.
    Bradock

  2. Eduardo, pelo pouco tempo que comento no blog, nunca te vi tão nervoso, mas tens razão sim. A situação da polícia é muito difícil: condições de trabalho, salário, etc… 🙁
    Esses homens morreram por nada, enquanto que os vagabundos responsáveis por essa desgraça, muito provavelmente, estão promovendo um churrasco em comemoração ao “feito”. 🙁
    Que Deus ilumine essas famílias que choram no dia de hoje. E que Deus te proteja, pois está complicado exercer a profissão.
    Boa noite a todos.

  3. morreram por nada mesmo, apenas por jogo politico

    vi no G1 a entrevista do governador, ele esta preocupado em dar satisfação ao COI e os jogos olimpicos… nada mais que isso… nao mostrou nenhum sentimento de tristeza (nem fingimento) com a vida dos policiais… isso é aterrorizante
    pessoas morrem, homens da lei caem e a olimpiada é a alegria do povo

    povao, nao fique triste, as olimpiadas estao ai pra fazer vcs esquecerem de tudo!

    desliguem a tv e liguem a mente

  4. É isto que ocorre, aqui em Minas, existe a lei da mordaça na imprensa que só divulga o que o Governador quer, aqui só no Governo AECIO, foram 140 (cento e quarenta)policiais mortos, nossa realidade nao é muito diferente.ABRAÇO A TODOS

  5. O que realmente me entristece é a perda dos dois policiais da tripulação da aeronave… Morreram defendendo a mesma sociedade que não lhes deu valor ou reconhecimento algum.

    Além disso, sei que os animais responsáveis pelo abate da aeronave (não são seres humanos com certeza) ficarão impunes e devem estar, neste momento, contando vantagem do feito.

  6. Para nós policiais é muito triste saber de mortes de companheiros. Mas fico aqui a pensar, vendo tv uma reportagem do governador de vcs, dizendo tantas bobagens, será que ele sabe qto ganha um policial ai no RJ? Seja ele PM ou PC? Que vcs estão vivendo uma verdadeira guerra civil? Acho que não. Abater um helicoptero, essa sem duvida alguma é um sinal da total ausência de medo e do poderio e coragem desses vermes. Peço a Deus que os ilumine e protege. Para as familias dos mortos minhas condolências e aos guerreiros um lugar iluminado lá em cima.
    Obs: Aqui em MG a coisa n ta diferente, so n são divulgadas.

  7. OS VERDADEIROS TRAFICANTES SÃO OS USUÁRIOS.

    E NÓS, MEROS ATORES SEM DUBLÊ, E GANHANDO UMA MERRECA.

    DEPOIS DE 10 ANOS CHEGUEI A UMA CONCLUSÃO, ESSA GUERRA NÃO É MINHA.

    OU CRIMINALIZA O USUÁRIO, OU DISCRIMINALIZA GERAL.

    MEUS SENTIMENTOS E MINHAS ORAÇÕES ÀS FAMÍLIAS DOS COLEGAS ASSASSINADOS.

    O OLHO QUE TUDO VÊ, A MÃO QUE TUDO TOCA E O CORAÇÃO QUE TUDO SENTE NÃO DEIXARÁ ISSO EM PASSAR EM BRANCO.

  8. Pingback: Aquecimento | Blogosfera Policial

  9. O pior de tudo que estamos assistindo, o clima de guerra vivido pelos cariocas, os numerosos velórios de policiais civis e militares, vitimas inocentes sendo abatidas e tudo que poderá ser feito será em vão. Se pegos, esses lixos humanos, não ficam encarcerados e saem pior do que são. Saem com mais vontade de matar e mostrar o poderio de fogo. Ou se muda toda nossa legislação ou seremos as constantes vitimas desses facínoras. Se os ocupantes do helicoptero fosse alguem ligado a outros poderes ou ate
    mesmo seus familiares, duvido que que nossas ” autoridades ” estivessem nessa inércia. Afinal de contas quem morreu foram apenas policiais, ( faz parte da profissão ). Só Deus para olhar pra gente.

  10. Bom e por último, a hora de manifestar e ser reconhecido é agora pois a imprensa mundial esta de olho no Rio de Janeiro, qualquer deslize irá manchar a imagem do Brasil, portanto, no meu entendimento as Associações, Clubes, Sindicatos e outros representantes dos Funcionários Públicos do Serviço de Defesa Social, mobilizar e cobrar uma postura do Governo, Equipamentos e um salário digno para que o profissional de Segurança Pública possa ir para as ruas sabendo que sua família ficará amparada em caso de se abatido em combate, aí sim, vale a pena lutar por um ideal. Agora lutar por um ideal com a barriga vazia é MASOQUISMO e não acreditar em promessas que querem fazer algo que se faça AGORA!!!
    Um fraternal abraço a todos Guerreiros e Guerreiras.

    Bradock

    PS.: Lembram qdo falei em Eduardo 2010!!!kkkkkk

  11. Bom, com essa tragédia de salário, as esposas dos senhores devem levantar as mãos para céu, pois jamais os senhores poderão ter amantes. Portanto, são homens fiéis graças ao salário. Esposas de sorte!

    OBS: Gente, foi pra desopilar um pouco, ok? Não fiquem chateados… rs…

  12. Caros usuários

    Encontrei o forum por acaso enquanto lia artigos sobre o tema segurança pública, não faço parte de nenhuma das corporações que integram tal função, realmente me interesso pelo tema como um cidadão, e concordo em genero número e grau com vários dos comentários aqui postados.
    Específicamente a discrepância entre os salários pagos aos agentes policiais (incluindo tanto PC, quanto PM e PF) com a perículosidade assumida no exercício da profissão e as resposnabilidades inerentes.
    Ontem postei uma observação em uma comunidade do orkut, junto com alguns artigos referentes a gastos publicos com segurança e planejado para o tema tão comentado as Olimpíadas.
    Não creio que as Olimpiadas sejam ruins para a cidade, mas fazendo uma análise comparativa do investimento em segurança pública e outros vemos uma situação lamentavel de maus uso da discricionárieda da Administração pública.

    bom segue o link onde constam algumas considerações que não me ative totalmente às questões júricas, mais as sociais, que ao meu ver são o objetivo aquelas apenas o meio.

    Não li no forum proibindo postar links, se for o caso peço desculpas, trata-se de como falei de uma comunidade do orkut, que foi criada pelo meu pai na época do iraque, quando observamos que no período de GUERRA apresentavam-se números de mortes inferiores ao estado do Rio de Janeiro (realmente desse fato careço de fontes oficiais).

    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=643748&tid=5393644304754011106&start=1

    enfim, fica minhas saudações e apreço a todos.

  13. hi rapaz, nao tenho orkut hehehe

    so pra deixar claro meu ponto de vista, acho que a maioria pensa como eu… nao digo que as olimpiadas sao ruins p/ o RJ, pelo contrario, teremos ‘meses’ de tranquilidade apenas.
    o que digo é que o Rio merece tudo isso que prometem, mas nunca devido aos jogos olimpicos e sim para os cidadaos.

  14. Antes de mais nada peço desculpa pela minha falta de educação, na hora digitei rápido pois a patroa resistava minha atenção…

    Minhas condolências aos familiares e amigos pelos profissionais mortos ontem.

    Bom leandro, farei o seguinte vou compiar e postar o texto aqui para entender melhor meu ponto de vista

    Reconheço que não o fiz antes por preguiça hehehe

  15. Piada da semana
    Tarso Genro oferece a força nacional a cabral após os incidentes de hoje…

    E cabral nega:

    “Não há necessidade por hora”

    segue a matéria:

    O ministro da Justiça, Tarso Genro, ofereceu neste sábado (17) ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, o envio de homens da Força Nacional de Segurança para a contenção da violência na capital fluminense. O confronto entre traficantes rivais e policiais deixou 12 mortos no Morro dos Macacos, nos bairros de Vila Isabel e Sampaio, Zona Norte do Rio.
    Entre os mortos, estão dois policiais militares, que estavam dentro de um helicóptero da Polícia Militar que foi alvejado por tiros, antes de fazer um pouso forçado e explodir. Em conversa por telefone com Cabral, o ministro Tarso também se prontificou a emprestar uma aeronave do governo federal para substituir o equipamento atingido neste sábado.
    Tarso Genro informou, porém, por meio de sua assessoria de imprensa, que o governador disse que não há a necessidade por enquanto da presença da Força Nacional e nem do envio de um helicóptero substituto. Cabral teria dito que vai estudar as ofertas, mas descartou qualquer ajuda imediata.
    O ministro da Justiça, que passa o fim de semana com a família em Porto Alegre (RS), lamentou o confronto ocorrido neste sábado. Segundo sua assessoria, Tarso atribui a disputa entre organizações criminosas e o estado “à redução do espaço para o crime organizado , por conta da política de segurança pública exercida pelos governos federal, estadual e municipal”.
    O Ministério da Justiça destaca que só em 2008 e 2009, o Rio de Janeiro recebeu R$ 450 milhões em investimentos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).
    fonte:
    http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1345135-5606,00-TARSO+GENRO+OFERECE+FORCA+NACIONAL+DE+SEGURANCA+PARA+CONTER+VIOLENCIA+NO+RI.html

    conseiderações pertinentes
    Para quem não conhece a região, assaltos a carros, roubos a pedestres e assassinatos são comuns, os moradores das favelas são postos numa posição de submissão aos traficantes muitas vezes tendo uma relação de clientelismo com os mesmos, pois onde o Estado esta ausente, constantemente outros “poderes” se fazem presentes. Já os que integram às regiões adjacentes, estão simplesmente indefesos sem um policiamento adequado principalmente na parte da noite.
    Por que mais uma vez a questão “estado paralelo” foi levantada, desta vez pelo presidente nacional da OAB o Dr. Cezar Britto(fonte: http://noticias.r7.com/rio-e-cidades/noticias/apos-conflitos-com-traficantes-acesso-a-avenida-marechal-rondon-sao-liberadas-no-rio-20091017.html), de fato se analisarmos a conduta comum dos traficantes locais junto a comunidade hipossuficiente, vemos que é como se fizesse realmente o papel de um estado, com leis informais próprias, sanções próprias e assistencialismo a população.
    Lembrando que a mídia por mais que tenha se manifestado acerca desse episódio, não tem tido um posicionamento claro, principalmente no fato da desigualdade de zelo pelo estado aos cidadãos locais, bastando comparar as zonas Oeste e Norte com a zona sul da cidade, que por mais que esteja sendo assolada pela criminalidade, não se compara com as primeiras. Demonstrando mais uma vez a incapacidade do estado, que investirá 10 BILHÕES em transporte até 2016 (e viva as olimpíadas!) e provavelmente realocará nesse período todo o policiamento e investimento possível em segurança para as “áreas olímpicas”.

    Enfim… sem uma conclusão pertinente, afinal foge das minhas qualificações dar uma solução concreta para o problema, alguns pontos me ficam claros:

    1 – Mais uma vez questões políticas estão à frente do verdadeiro interesse público, pois segundo o governador “a situação está sobre controle” não precisamos da Força Nacional independentemente da guerrilha urbana a qual nós, desamparados e desarmados estamos submetidos até a próxima tragédia.

    2 – Consideramos todo tipo de investimento na cidade, no estado ou no país de grande utilidade e importância, principalmente no que tange a reflexos diretos na economia, falando especificamente das olimpíadas, mas estendendo a outros. Porém a situação que segue como uma bola de neve precisa de medidas urgentes, contínuas e pontuais em relação à segurança pública, não sendo outras medidas menos importantes apenas menos urgentes.

    3 – O cidadão brasileiro sofre uma das mais pesadas cargas tributárias do mundo, isso se refletndo de várias formas em sua vida, desde influenciando negativamente na geração de emprego, à redução sua do poder de compra real, enquanto o país por uma estratégia política internacional aloca 10 Bilhões ao FMI, não que não seja interessante ao país economicamente, simplesmente porque há questões desesperadoras no que tange à segurança, não nos interessando se o recurso é oriundo do governo federal, o que nos importa é que esse recurso é financiado com o dinheiro do contribuinte que não tem revertido tal investimento para si.

    4- O Governo munido de sua discricionariedade faz legal seus atos administrativos, visando em tese o interesse público. Infelizmente na prática tal interesse poucas vezes é alcançado, seja por falta de eficiência da máquina administrativa gerado pelas diversas amarras que prendem o próprio sistema ou pela falta de prioridade dadas às questões mais urgentes , lembrando que no rio de janeiro, foi investido em segurança pública no ano de 2008 cerca de R$5 Bilhões, o que apesar da cifra demonstra-se insuficiente. Então realmente não parece, na atual situação que as grandes metrópoles do país se encontram, se é de fato do interesse público R$ 10 Bilhões ao FMI quando o país investe apenas R$ 33 Bi em segurança num estado claramente fora de controle.
    (fonte: http://www.mj.gov.br/main.asp?View={CF2BAE97-81BC-4482-95B9-983F1CC404DA}&Team=&params=itemID={6CB4BC7A-517B-4668-A5F1-2EFC98FFCEFE};&UIPartUID={2868BA3C-1C72-4347-BE11-A26F70F4CB26})

    5 – A população igualmente omissa e desinteressada, tem uma influência direta nos descomprometi mento das autoridades, as elites tentando se isolar inutilmente do restante enquanto as camadas mais pobres permanecem desinformadas e indiferentes aos problemas atuais, até que são diretamente afetadas por eles…
    Mas a bola ainda rola no maracanã aos domingos…

    Bom, gostaria de saber a opinião dos profissionais da área, específicamente no que diz respeito a questão da “Força Nacional”

    qualquer esclarecimento coloco-me a disposição

    abraços fraternos

  16. Observações

    1- os investimentos de R$5BI e R$33BI em segurança publica, são relativos não somente a investimentos diretos em segurança publica diretamente como em orgãos e funções subsidiárias como por exemplo custódia de presos
    2- O valor direto no rio de janeiro nao chegou a 1Bilhão no ano de 2008
    3 – Publicarei a posteriori a fonte com os dados (assim que lembrar onde salvei)

  17. Uma ultima coisa, me desculpe a desorganização, segue a matéria que me motivou a escrever o artigo

    O ministro da Justiça, Tarso Genro, ofereceu neste sábado (17) ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, o envio de homens da Força Nacional de Segurança para a contenção da violência na capital fluminense. O confronto entre traficantes rivais e policiais deixou 12 mortos no Morro dos Macacos, nos bairros de Vila Isabel e Sampaio, Zona Norte do Rio.
    Entre os mortos, estão dois policiais militares, que estavam dentro de um helicóptero da Polícia Militar que foi alvejado por tiros, antes de fazer um pouso forçado e explodir. Em conversa por telefone com Cabral, o ministro Tarso também se prontificou a emprestar uma aeronave do governo federal para substituir o equipamento atingido neste sábado.
    Tarso Genro informou, porém, por meio de sua assessoria de imprensa, que o governador disse que não há a necessidade por enquanto da presença da Força Nacional e nem do envio de um helicóptero substituto. Cabral teria dito que vai estudar as ofertas, mas descartou qualquer ajuda imediata.
    O ministro da Justiça, que passa o fim de semana com a família em Porto Alegre (RS), lamentou o confronto ocorrido neste sábado. Segundo sua assessoria, Tarso atribui a disputa entre organizações criminosas e o estado “à redução do espaço para o crime organizado , por conta da política de segurança pública exercida pelos governos federal, estadual e municipal”.
    O Ministério da Justiça destaca que só em 2008 e 2009, o Rio de Janeiro recebeu R$ 450 milhões em investimentos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).
    fonte:
    http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1345135-5606,00-TARSO+GENRO+OFERECE+FORCA+NACIONAL+DE+SEGURANCA+PARA+CONTER+VIOLENCIA+NO+RI.html

  18. Eu li. Essa é a última parte do texto lá no orkut. Seria interessante você pôr aqui, pois muitos não possuem orkut.

  19. eu postei aqui, mas por algum motivo nao foi publicado, vou tenar postar de novo

  20. Também nao tenho nao!!! Mais gostaria de tomar conhecimento, pois sei que investimentos irao surgir, inclusive para nós aqui em MG, porém, nao sabemos se serao investidos todo o montante noticiado, ou serao reaproveitados nas Campanhas Políticas de 2010,2012,2014 e 2016, fundo de Campanha nao!!!

    Que legal que estao todos atentos e conectados.

  21. Aui aparece assim quando tento enviar o texto “seu comentário será exibido embreve, obrigado por aguardar” é nomal isso?

  22. Ué, Bradock… kkkkk…
    Victor, às vezes ocorre sim, mas aí só Eduardo pode explicar melhor, pois ele é o dono do blog.

  23. heheh bom, tentei mais uma vez, nao sei se os links tão gerando algum prolema, espero que depois seja postado

  24. Edu, fiquei impressionado com notícia de que o piloto tentou até o último segundo desviar o helicóptero das casas e prédios, em meio a tiroteio e fogo, acho que esse cara é merece muito o nosso respeito, por seu sangue frio, perícia, sobretudo responsabilidade pela vida dos demais. abs p.s. meus pesares aos familiares dos policias falecidos…

  25. Victor, o sistema do blog bloqueia automaticamente comentários com links às vezes, é para evitar spam de propaganda; estes têm que ser liberados manualmente, por isso demora um pouco hehe

    Pois é, os investimentos que virão por conta dos jogos olímpicos e copa do mundo serão astronômicos. Mas isso não anima, principalmente diante do que vimos por ocasião do pan-americano. É muito dinheiro (nosso dinheiro) sendo gasto de maneira, no mínimo, irresposável. O que ficou do Pan?
    Um estádio de futebol com estrutura precária, difícil acesso, sem área para aqueles que se deslocam de carro, e com trens superlotados para os que optam pelo transporte público.
    Um enorme condomínio de prédios construído sobre um solo pantanoso, que até hoje está lá, largado, devido ao risco de desabamento. E durante a construção desta Vila do Pan o carioca sofreu muito; eu mesmo, tinha que ir todos os dias para a Barra, onde estava lotado, me ferrei durante meses em engarrafamentos por causa das obras.
    E a obra na Marina da Glória? Foi abortada depois de milhões que evaporaram, e até hoje nenhum administrador foi responsabilizado.
    Outras áreas construídas estão abandonadas. Não há fomento à prática dos esportes profissionais no país, quem se aventura sofre, sem patrocínio, sem chances de se preparar bem.
    O transporte público? Uma lástima, durante o Pan pintaram uma faixa, onde os motoristas que iam para o trabalho não poderiam transitar, sob pena de multas, ficando todos presos em enorme engarrafamentos, enquanto as delegações seguiam pelas “faixas expressas”; e o mesmo a Prefeitura disse que fará de novo nas olimpíadas. No que isso beneficiou os cariocas ao final? Nadica de nada. Só pagamos as contas.
    Enfim, já está decidido, senhores, estendam suas carteiras, e com um sorriso no rosto, por favor.

    Quanto ao uso dos helicópteros, poderia ter sido uma tragédia ainda maior. Infelizmente dois mikes vieram a óbito. O que será da família agora, com uma pensão ainda mais miserável que o salário, e sem o complemento do bico… espero que ao menos nesse caso, como foi mundialmente divulgado, o governo não vire as costas tão rapidamente para os familiares.

    Bom, há muito mais por vir, as guerras entre traficantes não parou, os informes dão conta que foi só o começo. O fardo maior a carregar será da PMERJ, tendo que prevenir estas investidas cada vez mais ousadas. Folgas cassadas, perigo multiplicado, mas o salário do soldado não muda, né.

    Que venha de volta a FNS, a gente banca as diárias mesmo, o dinheiro tá saindo pelo ladrão dos governos… com o perdão do trocadilho.

  26. Eduardo,

    desculpe o mal uso do portal, realmente nã estava habituado havia pensado que tratava-se de uma falha.

    bom, quanto ao pan, realmente oque ocorreu é que tivemos um investimento federal irrisólio, nas olimpiadas o volume será bem maior, acredito que em matéria de infra-estrutura devemos ter alguns ganhos reais, fora o os investimentos dos fundos que tem recursos “saindo pelo ladrão” (literalmente), mas mesmo assim em matéria de geração de empregos, arrecadação com turismo, pode ser excelente para os cofres públicos.

    Não vou levantar a questão de ilícitos que podem ser feitos em todo esse processo, mas como disse economicamente será muito bom, teremos investimentos altos em obras, transportes, turismo e os serviços do setor terceário em geral são beneficiados.

    Eu não sou exatamente contra o pan, na verdade acho até estratégicamente interessante, mas como disse, na situação que nos encontramos não é prioritário. É uma lástima uma cidade que vive uma guerra urbana diária, mal mascarada, realizar investimentos em algo que não seja emergencia e imediato.

    Pior que o Pan é o brasil como ente federativo emprestar US$ 10 BI (sim 10 bilhoes de DOLARES) AO FMI, enquanto temos cidades infestadas de marginais, populações que ainda passam fome e milhoes de crianaça sem acesso a uma educação que é longe de ser satisfatória.
    fonte: http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&source=a2675776.xml&template=3898.dwt&edition=13262&section=129

    Isso, o emprestimo ao FMI, considero ainda pior que o invesimento nas olimpiadas, pois bem ou mal ao menos poderemos (na hiptese de a administração publica fazer o minimo do seu trabalho) bo caso das olimpiadas, ter esse investimento revertido em empregos, infra-estrutura ou mesmo retorno financeiro indireto ao estado.

    Bom um abraço e mais uma vez desculpe

  27. Eu estava vendo uma reportagem a respeito dos três rapazes mortos nesse conflito. Só porque eram pobres foram considerados como bandidos… eu acho engraçado isso, porque o que não falta na Zona Sul são vagabundos… Sim! aqueles vagabundos filhinhos do papai. Se tivesse sido três playboys safados, com certeza não teriam sido julgados como marginais. Estou com nojo disso… ver aquelas famílias dando maiores explicações, só porque não possuem o nível de vida desses m… da Zona Sul ou da Barra ou o que seja, esses bairros “valorizados”. É deprimente, é revoltante ver o ser humano ser apontado apenas pelo motivo do seu nível social.
    Se eles eram inocentes, que lástima. Boa semana a todos.

  28. Patrícia, concordo que é revoltante, mas generalizar tanto o pobre como meliante, como o com maiores condições financeiras como responsável por tudo é igualmente errôneo.

  29. Eu gostaria de lembrar de um ponto, que particularmente julgo importante: o fator humano. Notem que, apesar dos salários, as pessoas (seres humanos)que estão ali, pondo suas vidas em risco, fazem um trabalho simplesmente fantástico!
    As tripulações desses helicópteros da polícia (pilotos e co-pilotos) conseguem extrair dessas máquinas muito além do que elas foram originalmente concebidas… Note que o AS350 Esquilo não é uma aeronave militar – embora existam versões militares delas, as operadas pelas polícias civil e militar no RJ são civis.
    Quem já viu estas aeronaves da polícia voando, durante as operações policiais (incursões) fica realmente impressionado! O Fantástico de ontem mostrou as cenas da aeronave atingida voando, em chamas, e destacou a perícia do piloto, que conseguiu fazer o pouso num campo de futebol.
    Infelizmente, isto não basta para evitar os problemas…
    Sei que o suporte aéreo é de vital importância, mas devemos repensar a utilização dos helicópteros: desta forma como vemos atualmente, voando em baixa altitude e em área hostil, mais baixas vão acabar acontecendo… É só uma questão de tempo.

  30. Quando ouvi no jornal o governador Sérgio Cabral Filho falando que não era necessário, por enquanto, o envio da força nacional de segurança e o envio de outro helicóptero, fiquei revoltado, indignado. Quantos policiais e cidadãos honestos e trabalhadores serão necessários para mudar o pensamento dele? Ouvi também que um outro policial foi assassinado quando trafegava na Linha Vermelha com sua moto, levou três tiros na cabeça.
    É uma vergonha! É um derespeito com a sociedade, com os policiais.
    Quanto aos salários, é obvio que devem melhorar, mas há uma esperança,vide PEC-340 – http://www.pec340.com .
    NÓS PRECISAMOS DE EQUIPAMENTOS SOFISTICADOS, DE LEIS MAIS SEVERAS, DE MAIS TREINAMENTOS, DE MAIS POLICIAIS E DE MAIS RESPEITO E CONSIDERAÇÃO POR PARTE DOS GOVERNANTES E DA PRÓPRIA SOCIEDADE.
    Outro dia li num blog uma frase muito verdadeira: “Quando alguém está em perigo, pensa em Deus e clama pela Polícia. Passado o perigo, se esquece de Deus e execra a Polícia”.
    Abraço a todos!

  31. SENHORES:

    POR QUE O GOVERNADOR DO RIO NÃO QUER A FORÇA NACIONAL?

    TALVEZ PORQUE PERDERÁ UMA VERBA DO GOVERNO FEDERAL DESTINADA A SEGURANÇA PÚBLICA. SÓ ISSO PODEMOS IMAGINAR, POIS, O CAOS JÁ EXISTE, OU ELE QUER QUE MORRA OS PARENTES DELE? PORQUE OS NOSSOS JÁ ESTÃO MORRENDO.

  32. Bom dia a todos. Lendo sobre o possível empenho da FN no RJ, apesar de não ser a pessoa mais qualificada para falar do assunto, mas como PM da Reserva da PMMG, tenho uma opinião formada e coloco aqui um ditado dos mineiros: ” ANGU DE UM DIA NÃO ENGORDA CACHORRO “, ou seja, guardada as devidas proporções, a FN não poderia ficar eternamente no RJ, portanto, seria um paleativo. O que realmente precisa, na minha modesta opinião, seria valorização dos profissionais de segurança pública em sentido amplo. E mais, se não estou enganado, foi a PMRJ que treinou FN. Me lembro de ter visto ua reportagem respeito, me desculpem se estou falando bobagem. Abraços a todos.
    Bradock que foi? n me conhece mais?

  33. Concordo sub Marcos, realmente como não sou profissional da área não sou o mais qualificado a falar, apenas achei curioso Cabral recusar tal ajuda, pois nitidamente as áreas afetadas como outras demais carecem de policiamento no local, eu realmente atribui isso erroneamente ou nao a falta de contingente. E mesmo sendo paleativo poderia ajudar a resolver por hora o problema enquanto outras providências fossem tomadas para manter os possíveis resultados obitidos.
    De qualquer forma concordo que realmente deveria ter uma valorização maior dos profissionais, entretanto é mais uma das muitas questões que estão claramente as avessas.

  34. A FNS foi uma ideia boa do governo federal, apesar de ser óbvia e batida em qualquer lugar do mundo.

    Só que ela é usada de forma inescrupulosa. Exemplo foi o Pan, quando centenas de policiais (e bombeiros?) de outros estados sitiaram a capital do Rio. Com a ajuda da imprensa, que parou de divulgar ocorrências policiais com a ênfase normal, a falência do sistema de segurança ficou camuflada.

    Como se percebe, é algo passageiro, um engodo, e nada adianta para os cidadãos que aqui residem (o mesmo para as obras que foram feitas, nada acrescentaram para a qualidade de vida). Só o que fica são as dívidas no caixa do governo, a serem pagas por todos os contribuintes.

    No Rio, hoje, por exemplo, não fosse a queda do helicóptero, não haveria tanta repercussão, pois guerra de traficantes, 10 ou 15 mortos, tudo isso é frequente, “normal”.

    Na semana da escolha do Rio para sediar as Olimpíadas, por exemplo, no complexo de favelas da Maré, estava acontecendo a mesma coisa. Traficantes rivais invadiram, e dezenas de pessoas morreram. A população leu alguma coisa nos jornais? Claro que não. Mas que se interessar, é só checar, moradores reclamavam inclusive que a Polícia não entrou na favela para intervir no confronto (como fez no Macacos) e resgatar os corpos. Não parece um caso enigmático? Foi uma semana de guerra, mas nenhuma linha na imprensa.

    Hoje o governo federal autorizou o repasse de verbas para compra de um helicóptero blindado pela PMERJ. Espero que dessa vez eles comprem o equipamento, pois quando a PCERJ recebeu a verba e comprou o Huey II, a corporação militar também recebeu o mesmo valor para investir na aeronave. Só não se sabe o que aconteceu né…

  35. Patrícia: não sou fã de justificar trabalhos mal feitos, mas quando foi divulgado que os três homens mortos pelo tráfico seriam também traficantes, foi falta de cuidado da inteligência da PM, em divulgar informações não confirmadas.

    É verdade que no dia a imprensa faz uma pressão enorme para descobrir os fatos, pressão política e econômica, o que faz com que as informações sejam feitas sem o cuidado necessário. Deu no que deu.

    É pura política essa necessidade de informar instanteneamente a imprensa, o interesse público tem que ser satisfeito, a população precisa ser informada, mas as informações têm que ser verídicas. Os repórteres que aguardem.

  36. COMPANHEIROS BOA TARDE,

    COMO FALEI A HORA DE LUTAR POR RECONHECIMENTO É AGORA É MUITO FÁCIL, EXTREMAMENTE FÁCIL (COMO DIZIA O POETA) CASSAR FOLGA DOS POLICIAIS, COMO SE A CULPA DESESTE CAOS NO RIO DE JANEIRO FOSSE DESTES POLICIAIS. ME AJUDA AÍ SECRETÁRIO DE SEGURANÇA, NÃO FALE BESTEIRA.

    SUB MARCOS, QUE É ISTO COMPANHEIRO, ESTAMOS NA LUTA PELA PEC 300 E CB JULIO NA ALMG EM 2010 DOA A QUEM DOER. ENTENDO QUE O RIO DE JANEIRO NÃO PODE DEIXAR ACONTECER COMO NÓS DEIXAMOS ACONTECER NO “FORUM DA AMÉRICAS” EM QUE O GOVERNO SINALIZOU QUE ESTAVA SENSIBILIZADO COM NOSSA SITUAÇÃO E PEDIU PARA NAO TER MANIFESTAÇÃO POIS IRIA RECONHECER NOSSAS NECESSIDADES. AÍ VOU PLAGIAR O JÔ SOARES “NÓS ACREDITAMOS…” SEI QUE JÁ ESTÃO JOGANDO COM A SORTE POIS O SERGIO CABRAL JÁ FALOU QUE TEM PLANOS PARA A SEGURANÇA PÚBLICA A LONGO PRAZO….KKKKKKK

    Abraços aos Guerreiros e Guerreiras

    BRADOCK

  37. ESSAS OPERAÇÕES “MATA-VAGABUNDO” DAS POLÍCIAS ESTADUAIS SÃO COMO DAR MORFINA PARA UM DOENTE COM CÂNCER, NÃO RESOLVERÃO O PROBLEMA.
    ALGUNS DOS PILARES DA POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA ADOTADA EM BOGOTÁ, FORAM:
    1 A URBANIZAÇÃO DAS COMUNIDADES CARENTES.
    2 A CRIAÇÃO DE CORREDORES DESSAS COMUNIDADES, FACILITANDO O ACESSO, NÃO SÓ DA POLÍCIA MAS DE TODO O APARATO ESTADUAL E MUNICIPAL.
    3 SALÁRIOS DIGNOS OS POLICIAIS.
    RESUMINDO: DINHEIRO E VONTADE POLÍTICA! COMPRAR VIATURA (GOL BOLINHA) E PAGAR POUCO NÃO RESOLVERÁ O PROBLEMA!!

  38. pra falar a verdade eu tb nao concordo com a ‘ajuda’ da FN nesse exato momento… o que fariam seria apenas impedir novos ataques e nada mais que isso, ou seja, esperam a m. espalhar no ventilador pra depois aparecerem medidas paliativas

    deveria ser aplicada a FN em conjunto com as policias ao longo prazo pra ‘limpar’ as comunidades e implementar a policia pacificadora

    é o meu ponto de vista e tb nao sou especialista, mas acho que seria a ação mais inteligente

  39. Se os políticos deixassem de fazer política e agissem como deve ser feito, a coisa já tinha mudado faz tempo. A maldição é o tal “Ônus Político” que ninguém quer pagar por contrariar as ONG’s e entidades que vivem da miséria e desse banho de sangue eventual.

  40. correção caro colega “maximus”:
    -Banho de sangue “eventual”.

    pois ja é rotina há um bom tempo.

  41. Bom te ler por aqui Maximus. Concordo com a emenda do Victor, o banho de sangue é diário, é que se a imprensa fosse dar uma notinha para cada homicídio o jornal teria que vir encadernado, e correria o risco de perder valorosos anúncios estatais…

    É fácil perceber, a quem consuma informações e faça lá seu filtro de qualidade, que com uma pouquinho só de vontade política, e melhor aplicação dos recursos financeiros (nem precisa aumentar) as melhorias serão perceptíveis. Só que isso, além de só gerar votos a médio/longo prazo, podem acabar destruindo essa fonte de captação, que é a miséria e violência, temas nos quais as soluções mais milagrosas são as que mais entusiasmam o povão.

    Bom exemplo citado foi Bogotá. Hoje, na tv a cabo aqui no Brasil, passa propaganda do governo da Colômbia, convidando para turismo por lá, e ressaltando que aquele lugar violento é coisa do passado. Quisera um dia chegássemos a este ponto.

    Falando em PEC 300, vocês podiam escrever um texto explicando o projeto pra gente publicar aqui, e divulgar.

    Abraços.

  42. As minhas palavas forro sumariamente excluidas.porque saõ verdade o hospital estadual Getulio vargas e um matadoro de pessoas mei a defensoria pública com salva o meu pai

  43. É eduardo desculpe a ignorância mas gostaria de saber sobre a PEC 300, o link que passaram estava quebrado, vou buscar algo no google se descobrir posto aqui.

    Sueli: Desculpe, não entendi oque você escreveu, poderia repetir?

    abraços

  44. Resumidamente:

    “PEC 300 é uma emenda constitucional de autoria do Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá,

    prevê que a remuneração de militares dos Estados não seja inferior aos dos Distrito Federal.”

    fonte: http://www.pec300.com/

  45. Sueli, a “P…” respondeu a sua pergunta, sendo que foi em outro texto do blog: Salários da Polícia Civil e Militar do Rio.
    Ela explicou bem direitinho.

  46. Pessoal fugindo um pouco do tema, a ultima

    Rio investiu só 24% da verba prevista para segurança

    O governo do Estado do Rio não consegue realizar os investimentos previstos nos orçamentos para a segurança pública – que reúne ações para as Polícias Militar e Civil, bombeiros e sistema penitenciário, entre outros. Dados do Sistema de Informações Gerenciais (SIG) da Secretaria de Estado de Fazenda mostram que, em 2009, dos R$ 421 milhões de dotação inicial para o setor, o Estado só liquidou R$ 102,1 milhões até ontem – 24,2% do total.

    Nos três anos da administração Sérgio Cabral, o total previsto em investimentos para segurança pública chegava a R$ 804.818.112, segundo o SIG. Até ontem, a realização dessas ações consumiu apenas R$ 316.102.753,36 – ou 39,2% do total de dotações.

    Os dados do SIG mostram ainda que os investimentos ficaram abaixo do esperado mesmo quando o Estado arrecadou mais do que previa. O orçamento do ano passado projetava que o total de receitas somaria R$ 39,87 bilhões. No fim do ano, verificou-se que esse número ficou em R$ 43,01 bilhões. Mesmo arrecadando R$ 3,14 bilhões a mais, os investimentos na rubrica segurança pública ficaram bem abaixo do que constava no orçamento inicial. A dotação era de R$ 254,2 milhões, mas o investimento somou R$ 157,7 milhões (62%).

    A Secretaria de Estado de Segurança Pública informou que não comentaria como os investimentos abaixo do previsto afetam o setor. O órgão informou que, para 2009, seu orçamento para despesas de capital soma R$ 279 milhões e foram gastos até agora R$ 125 milhões. Segundo a pasta, questões judiciais e convênios que ainda não foram cumpridos impediram a realização de porcentagem maior do que se previa inicialmente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Fonte: http://noticias.br.msn.com/mundo/artigo.aspx?cp-documentid=22336407

  47. venho por meio desta , fazer um desabafo,pois estou indignada, pois fui a defensoria pública para tentar uma transferencia de meu pai um policial civil que ajudou muito esta pais com seus serviços, e no momento em que mais precisava de um socorro na unidade intensiva (uti) foi negado. tentei por varias formas fazer a sua transferencia pois o hospital em que ele estava internado nao possuia esta unidade, sabendo de sua insuficiencia respiratória e que poderia a qualquer momento vi a falecer os medicos nao me deram ouvidos, o que sera preciso ser feito para que outras pessoas nao passem pelo mesmo problema que meu pai passou?foi negligencia médica,dos médicos e do hospital getúlio vargas, se é que se pode chamar aquele matadouro de hospital, quero justiça vou mover céus e terra para que seja feito justiça, sei que não mais o terei comigo, mais não quero que outras familias passem pelo que estou passando neste momento,

  48. Sueli, antes de maisnada meus pesames, sei como é duro.

    Depois acho que deveria procurar mais uma vez a defensoria pública e talvez o próprio MP.
    Realmente esse tipo de fato não pode ocorrer e pior ainda é permanecermos omissos.

    espero realmente que consiga algum tipo de reparo e apurar devidos culpados.

    Boa sorte

  49. Victor
    Eu quero é saber da PEC 340!!!!!!
    Já ouviram falar????
    Todos os policiais civis passaram a ganhar o mesmo salário dos agentes da PF!

    http://pec340.com/

    Sueli, o descaso é realmente grande nos hospitais públicos….
    Acho que existem médicos que pessam que são veterinários, sei lá!
    Lembro de uma das vezes que acompanhei meu pai ao INCA, foi humilhante ouvir que meu pai iria morrer por culpa dele, pq ele fumava…. que ia operar e perder língua, maxilar por culpa dele e pq ele fumava….
    No final ele se levantou chorando e desesperado e saíu correndo pelos corredores, me virei e falei à médica: _ Ele NÃO FUMA!
    Não preciva tratar ele assim!
    Mas, vida que segue.
    Enfim, onde está a dignidade da pessoa humana tão defendida pelo nosso Supremo?????
    Meus sentimentos e muita força para seguir em frente!

  50. Só me falta ter q aturar a FN encostada aqui no Rio… e o pior, ganhando em uma semana mais do que eu ganho em um mês

  51. Eu estou chocada com a ousadia dos bandidos q derrubaram o helicóptero, isso nunca aconteceu no Rio, é um absurdo. Na minha opinião os jogos olímpicos de 2016 tinham q ser cancelados, pois ai o governo federal ia se revoltar de verdade e talvez tomariam atitudes drásticas, mudando essas leis ridículas e os direitos q esses vagabundos tem de sairem em condicional ou regime semi-aberto. Tem q matar todos esses marginais eles não tem q ser levados pra delegacia não, tem q arrastar e matar, pq eles são ruins, o diabo ta dentro deles e o q eles fazem não tem q ter perdão, quantas vidas de pessoas inocentes eles já não tiraram? inclusive policias. POLÍCIA, NÃO TENHA PENA, LARRRRGGA O AÇO NELES, NADA DE CADEIA, NADA DE DIREITOS, CHEGAAAAA!!!! EU ESTOU MUITO REVOLTADA COM ESSA RAÇA, JÁ FUI ASSALTADA DUAS VEZES, NA PRIMEIRA O CARA FOI PEGO PELO MEU NAMORADO, FOI JULGADO, MAS ELE TÁ SOLTO, E AI? O Q Q O ESTADO FEZ POR MIM? NADAAA!!!

  52. Concordo com você, enfim, com a sua revolta. Eu também penso assim. Entretanto, infelizmente, se os policiais sairem matando os marginais, serão presos, pois a imprensa é a primeira a apontar o dedo pra eles. É que o país só favorece a vagabundagem, sabe? É como se eles tivessem uma imunidade camuflada pelas Leis, pela imprensa, etc… Se encostam num verme desse… ai, ai… é um auê daqueles.

  53. Se o policial dá uma porrada num verme desse, lá vem a imprensa: “O policial, tarará, espancou fulano de tal”. É simplesmente podre… de qualquer forma, ficam defendendo vagabundos.

  54. Anna, então, desculpe se estou enlouquecendo, a gente estuda para passar num concurso, paga por isso, se dedica, e por conta de um sistema legal garantista hipócrita, temos que, enquanto policiais, virar bandidos para proteger a propriedade da clásse média carioca? É isso? Predemos o cara, investigamos, entregamos na mão do dr promotor o inquérito e depois nada do que é feito nesse inquérito conta na instrução processual judicial, o cara é solto, e vou ter que me transformar num justiceiro porque o malandro que robou o seu celular, seu carro ou o que for, foi beneficiado pela lei de execuções penais? Francamente. abs, Soares

  55. Boa noite a todos. Depois deste pisódio, tenham certeza, outros virão. Tb fico recoltado com o acontecido. A vontade de de ver todos comendo capim pela raiz. Se forem presos logo estarão nas ruas, na cadeia viram herois, com fama de matador de PM. Ai pergunto o que fazer? Só Deus sabe. Na minha opniaão se n mudarem as leis, deixar de protecionismo barato, papo de que cadeia n resolve, e esses montes de besteriras, a coisa vi piorar, vai virar moda e pode tv ter efeito dominó. Aqui no Brasil tudo vira moda. Ah se fosse um politico que estivesse na aeronave, ja estavam fazendo o maior carnaval em Brasilia, com aqueles pacotes contra a violaência, mas…….. quem morreu? Ah, foram PM….. faz parte.
    Desculpe o desabafo.

  56. caro eduardo.
    esta semana é a primeira vez que tive contato com seu blog, moro em curitiba, passo no maximo 4 por ano no rio de janeiro, moro relativamente longe dessa esfera de violencia que todos os dias policiais, homens e mulheres, guerreiros, que literalmente dão seus sangues para a proteção de pessoas que nem sempre retribuem com o devido respeito e consideração. Seu blog acima de tudo, relata coisas que nem sempre pessoas tem acesso, bela iniciativa, e que diga-se de passagem de muito sucesso.
    pretendo um dia integrar a polícia civil do rio de janeiro, mesmo com todos os problemas ( sálarios baixos, falta de estrutura…), pois sei que toda a ajuda desde que sucedida por alguem honesta e com vontade é bem vinda.
    reitero, parabéns pelo sucesso.
    um grande abraço

  57. Mais um lei para ” proteger ” os marginais. Li em um blog da polícia de MG que o Governo estuda uma lei para que ” pequenos traficantes ” não sejam punidos com reclusão e sim com penas alternativas. Basta o ” cidadão ” não estar armado e nem pertencer a quadrilhas.
    Imagina vcs ao do RJ como ficará essa linda capital?
    Depois querem respeito.
    Reflitam.
    Abraços

  58. Erika: absurdo isso, devia mover uma ação cível, uma pessoa com essa mentalidade, falta de sensibilidade, uma pessoa baixa como essa não pode trabalhar atendendo o público. Absurdo mesmo!

    Quanto a ir além do que a lei manda que façamos, penso ser um equívoco, e dos grandes. Não é matando um marginal que se vai reduzir o número de crimes.
    Fazemos concurso para sermos policiais, não carrascos.
    Existem inúmeras formas de investigar um crime, desbaratar uma quadrilha, é só deixar o policial trabalhar, prover recursos materiais e pagar dignamente para que ele fique focado apenas em seu trabalho policial, e não intervir quando a investigação for apontando para os altos escalões, principalmente da política. É muito, muito simples isso; após 1 ou 2 anos com bons salários, boa estrutura, e proteção a investigação, aposto que chamará muito mais a atenção de todos os resultados positivos do que as M feitas por bandidos travestidos de policiais, que tanto vendem jornais hoje em dia.
    Tudo que é noticiado na imprensa não é sempre toda a verdade, não esqueçam. Nestes últimos episódios, há muito mais por trás das cortinas, coisas que nos escapam aos olhos de telespectador dos noticiários. Mas uma coisa é certa: muita coisa tem que mudar, urgentemente.

    Eduardo: agradeço as palavras, torço para que obtenha êxito em seus planos e seja um policial justo e eficiente, a população do Ri precisamos disso.

    Sub Marcos: não vi esse projeto de lei ainda, que sinistro. Bom, é uma tendência mundial, inclusive a discriminalização do porte de drogas para uso, como aconteceu mês passado na Argentina. Dificulta tudo, mas temos que nos adaptar e conviver com esse tipo de dogma legal. Se bem que o caminho para um combate eficiente ao tráfico de drogas sempre passou longe dos morros e favelas, as investigações devem apontar para lustrosos escritórios e gabinetes… enxugar gelo em boca de fumo é arriscar-se por nada; os benefícios para a sociedade são nulos, pois não impede a entrada de mais droga, e armas, e a mão-de-obra é reposta instantaneamente, fonte inesgotável, já viu quantas crianças estão encaminhadas para o crime? Complicado nossa situação viu…

  59. Deveríamos fazer um concluio pra matar todos os bandidos que forem pegos com a mão no produto do crime, e uns cobrir os outros, fazer os juízes entrarem no concluio, matar o pessoal das ongs de direitos humanos, deveríamos fazer um estado policialesco de verdade como já acusam as ongs de existir hoje! Daí vão saber o que é policialesco. O Brasil não tem mais solução, temos que matar a todos em os que tiverem cometendo crimes em flagrande como tráfico, contrabando de armas, assassinos e crimes hediondos. Estou pouco me lixando se vão achar que a polícia é assassina, grandes coisa, se for para morrer bandidos ou morrer popolação, que morram bandidos. O nosso erro hoje é ficar no meio disso tudo, a população quer mais é que a polícia passe geral essa laia de vagabundos, temos que matá-los e fazer vista grossa para toda pessoa que matar um bandido destes.

  60. Concordo com você Felipe,

    Estamos vivendo uma inversao de valores, voce e os companheiros nao veem o Caso dos Sem Terra que sao financiados pelo próprio Governo?
    Tem que passar o “cerol”, inclusive hoje, passou na TV Record o funck do helicópitero, é um afronto aos órgaos de Segurança Pública, o Governo esta se lixando para nós, estao de olho é nas verbas para Copa do Mundo e Olimpiadas.

    Bradock

  61. Prezados,

    Aos que são a favor da policia fazer o “serviço” de extermínio eu indago: quando vocês vão a granja compram o frango vivo ou já cortadinho, depenado e morto?

    Meus respeitos a todos,

  62. Essa discussão vai longe…
    Soares, tanto faz. Se o frango vier vivo e eu tiver que comê-lo, sem crise, faca. Cada um tem a sua opinião. Não vai adiantar você, eu, ou qualquer um aqui ficar querendo mudar isso. Até porque, eu respeito o ponto de vista de todos aqui.
    Estou observando a comunidade da PMERJ no orkut… eles só falam nisso, ir à forra. Então, a própria polícia, não todos, claro, querem isso.
    Achando errado ou não, é o sentimento de muita gente.

  63. Caro Eduardo (Editor)
    Boa trade, com relação ao meu comentário sobre a nova ” lei ” que a meu ver é estúpida, está no blog da Renata ( renataaspra.blogspot.com ). Como n sei como fazer para tirar a matéria do blog dela e postar aqui, que quiser ler e so visitar. Até entendo que seja uma tendência, mas como n estamos lidando com traficantes ignorantes ( digo os que ficam ocultos, só na base de financiar )é so imaginar como será feita a estratégia. Vc já deu mostras de sua inteligência, bem como os colegas do blog, daí veremos maior pulverização dos ponos, maior arregimentação dos varejistas e etc…. Ufa, trabalho triplicado para as polícias e enor risco para eles.
    Abraços.
    Desculpem, ia me esquecendo no mesmo blog ( blog da Renata ) o governador de vcs, está levantando a bandeira da unificação. Como se isto fosse a tábua da salvação para a violência.
    O momento é propício….As eleições vem ai.

  64. Realmente nosso Rio capital está um inferno centralizado, desde o início deste ano, pior do q uma guerra convencional e declarada.
    Inversão de valores foi o q vimos na tv gdo o capitão se omitiu em socorrer um cidadão, e só se preocupou em dividir os lucros, enquanto alguns se dedicam ao extremo em realizar cursos p/trabalhar nos Águias, salvando vidas, dando apoio às operações, outros ficam pegando coisas da população em pleno centro comercial e financeiro da capital. É coisa de maluco. o governador deveria rasgar a carta patente deste capiladrão bizarro. Estes oficiais adoram punir o soldado e agora?
    Vai dizer p/Advo que não viu a vítima, mas e os tiros niguém ouviu? claro q ouviu! Os 4 estavam juntos, pela dinâmica da p/ver a calma dos 4 envolvidos na sacanagem …
    Devemos fazer operações todos os dias até acabar c/os armamentos desses comerciantes de drogas, e viciado é tapa na cara e se reclamar toma na boca e fica sem os dentes. O q não podemos admitir é perder valiosas vidas, de nossos guerreiros e cruzar os braços, aceitando o papo furado deste governador dizendo q em 2010 dará um aumento, e q já encomendou outro sapão. Depois da porta arrombada aparece especialistas até de tribo indígena, mas quem bota a cara nas favelas somos nós PMs e PCs, muitos de nós viramos estatística de gabineteiros e da imprensa marrom, ainda tem doido querendo retirar os fuzis das Vtrs modelo gol, substituindo p/carabina .30 . Só pode ta envolvido c/os traficas ou ganhando porcentagem da Taurus …
    Eduardo, estamos todos juntos neste inferno chamado Rio.
    Forte abraço p/todos – Marreta

  65. Olá Eduardo, me tira uma dúvida, por favor?

    O concurso de InvestPol de 2005 então está, oficialmente, encerrado??
    Acha que poderia haver uma divisão desse concurso para inspetor (1.500 vagas), dividindo esse nº de vagas com investigador?
    ou um provável novo concurso só sairia após as eleições??

    Grande abraço!

  66. Realmente não tem preço a vida de um policial, pelo menos para os governantes,afinal nós arriscamos nossas vidas e de familiares por tão pouco,acho que o melhor caminho para escapar disso e ser politico pq eles tem sala com ar,dinheiro,secretarios,compromissos agendados,usam terno e gravata,carros importados,não trabalam,viajam demais etc….E o policial vtr quebrada,colete vencido,armas obsoletas,SALARISO DE FOME, DE MISERIA,DE ESMOLA,DE GORGETA,DE TROCO,DE MOEDINHAS,DE MERRECA,DE TROCADOS,DE ENGANA NENÉ,DE A MEU FILHO PAPAI ESQUECEU A CARTEIRA,DE NÃO AMOR VAMOS FICAR EM CASA ESTE FINAL DE SEMANA PARA DESCANSAR,DE COMPLETA O TANQUE DO CARRO NÃO COLOCA SÓ VINTE VOU SÓ ATÉ A LÍ.COMO E DURO SER POLICIAL, COMO VIMOS NÃO E SÓ O CRIME QUE ENCOMODA A LISEIRA TAMBÉM,COMO COMBATER O CRIME COM FOME,SE PELO MENOS NÓS TIVERSIMOS A PIRULA AMERICANA,AI MEU PADI PADRE CICERO,AÍ QUE MOLESTA,OXENTE MACHO……

    LEANDRO LIMA,INSPETOR DE POLICIA CIVIL,CEARÁ

  67. Eduardo, me diga uma coisa, por favor. Existiu, na história do Rio de janeiro, um governador que tenha tratado as forças policiais com dignidade?

  68. Boa noite pessoal,

    Bom depois de uma semana afastado (muito trabalho) estou aqui de novo!

    Sem mais nada novo a incluir aqui, qualquer link sobre a violência urbana seria nesse momento redundante…

    Enfim, todos nós, cidadãos, somos afetados pela violência urbana, o que muitas vezes nos leva a opiniões movidas pela emoção e pouco sensatas.

    Acho que esse tópico já deu muito que falar, ótimas colocações do editor e vários forenses, mas penso deviam todos ler o tópico que fala sobre a corregedoria e sua história.

    Ele aborda um ponto interessante da história de nosso país, quando a polícia era influenciada pelo modelo ditatorial do estado.

    Pedir que a polícia vire carrasco e antes de mais nada é pedir que os profissionais se convertam em marginais, e pior, em assassinos; como também é querer que as corporações que cuidam da nossa segurança voltem no tempo em mais de 20 anos.

    Sei que a revolta é grande, e não conheço uma pessoa no rio não tenha perdido algo ou alguém direta ou indiretamente para a violência urbana.

    Mas devemos lembrar que a saída viável não é transformar os agentes do estado em grupo de extermínio institucionalizado e sim rever todo nosso ordenamento jurídico e processos na área penal, como bem citado por Soares.

    Claro que é mais simples falarmos:
    -É só matar todo mundo!

    Ao invés de estudarmos, entendermos e pararmos para ver o que está errado:
    -Como quase toda a lei de execuções penais, regressão penal e etc…

    Obvio que o caminho mais fácil é sempre o mais primitivo, mas infelizmente não é o mais correto.

    E francamente, seria tapar o sol com uma peneira e contribuiria apenas para uma marginalização dos profissionais ligados a segurança pública do país.

    Sem mais fica a sugestão mais uma vez, o link do tópico é este:

  69. pessoal, estou terminando o curso da policia civil, e conheci um amigo que logo ao sair da academia, foi lotado em uma delegacia da qual rolava alguns esquemas ilicitos, onde meu amigo desistiu da carreira, se eu sofrer algum tipo de coação de corruptores oq fazer ?

  70. André, não acho que vá ter concurso até depois das eleições para InvestPol. Mas é só achismo, ninguém falou nada ainda…

    Machado: ao que me consta, não aqui no Rio. Em verdade, os políticos que hoje dominam o cenário ainda associam fortemente – bem como grande parte da população ainda – à repressão e desrespeito à dignidade humana da época do militarismo. Temos uma história de pouco mais de 20 anos de democracia no Brasil.
    A tendência é mudar, mas para isso o “povo” tem que tomar a frente, aprender a respeitar seus deveres, e a usar os direitos de participação garantidos pela Constituição. A parte difícil é conscientizar uma boa parcela…

    José: ninguém vai te chamar para ser corrupto, no máximo “jogar um verde” pra ver o que você pensa; ladrões não gostam de dividir seus tesouros… se acontecer, peça transferência, e depois denuncie o “esquema”. Se não puder fazê-lo por temer represálias, faça de forma anônima, existem diversos canais abertos.
    Mas se você for firme e ético, provavelmente nem vai ficar sabendo de esquema algum, na verdade só vai saber mesmo com certeza quando alguém for preso e sair nos jornais…

  71. Bom faz tempo que não comento aqui, mas agora não poderia deixar de me manifestar.
    Primeiro quero mandar um abraço para o Eduardo, e dizer que senti falta de ler o CDP, o blog é muito bom, não canso de repetir, a unica crítica que possível é exatamente a falta de publicações, o que antes de ser uma crítica é um elogio!
    Enfim, quando aconteceu o episódio, eu estava na Europa, e tratava lá com policiais e procuradores.
    Primeiro foi a cena do helicóptero, e acreditem foi difícil explicar, muito dificil mesmo, explicar que apesar daquela cena a vida na cidade continuaria normalmente no dia seguinte e nada de excepcional seria feito. Só consegui explicar quando recorri a um mapa, mostrando a topologia da cidade demonstrei que as ocorrências em determinadas “áreas”, não afetavam o dia-dia da parte “nobre” e “produtiva” da cidade, afetando somente quem vivia naqueles pedações “esquecidos” pelo Estado. Só os italianos entenderam de prima (pq será né?).
    Mesmo assim os gringos não entenderam, como uma vida humana poderia valer tão pouco, como um helicoptero que representava o poder do Estado, poderiam ser desta maneira agredido, com dois de seus respeitáveis agentes mortos, sem que houvesse uma resposta imediata, uma comoção nacional, com o envio de tropas para “restaurar a ordem”? Eles não conseguiam entender que não havia “ordem” a ser restaurada, que esta era a “ordem” vigente e nada mudaria no dia seguinte.
    No dia seguinte minha explicação começou a fazer um pouco mais de sentido, a cena do corpo no carrinho de supercado foi destaque em todos os jornais, e como uma imagem vale mais que mil palavras e os gringos passaram a entender que uma vida dos moradores dos “hills” não vale nada mesmo.
    Mas a questão dos policiais ainda estava latente, para eles a autoridade estatal não poderia ser assim desafiada, um policial é alguem respeitável e sua morte não pode ser um acontecimento “normal”.
    Novamente antes que eu pudesse tecer qualquer explicação mais elaborada sobre a situação dos Policias no Brasil, foi manchete por lá a cena dos policias que não omitiram socorro ao cantor do Afroreggae e ainda ficaram com os pertences roubados após liberarem os suspeitos.
    Neste momento eles passaram a entender qual era o tipo de relação que a sociedade têm com a Polícia e o motivo de não se comoverem com a morte de + um Policial.
    Só precisei então explicar porque um oficial da polícia se corrompia por tão pouco,e ai foi fácil, baixos salários, pouco treinamento, falta de condições de tabalho, corrupção nas esferas elevadas de poder.
    Isso eles entenderam sem nenhum problema, afinal na ótica deles somente diante destas condições precárias de trabalho uma gente público poderia se corromper pos valores tão irrisíveis.
    Ai veio a pergunta previsível:
    Como vão sediar a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos?
    Simples eu disse, nestas épocas triplica-se o numero de policias, ocupa-se as regiões de maior incidências de crimes o Estado passa a ter presença (ainda que bélica) em lugares que ele geralmente esquece.
    Protege-se a área “nobre” da cidade aonde vão ocorrer os jogos, dando a impressão de aparente tranquilidade.
    De outro giro, os próprios traficantes tem interesse que os jogos transcorram tranquilamente, em nome do exorbitante lucro que eles vão ter com a venda de drgoas aos visitantes, costuram-se acordos temporários, celebram-se tréguas momentâneas e pratica-se um “cessar-fogo” velado. Simples assim.
    Acabado os jogos as coisas voltam ao “normal”.
    No Brasil as coisas são assim?
    São, infelizmente, respondi resignado.

    As vezes é preciso um incrédulo olhar de um gringo para percebemos o absurdo da situação que vivemos por aqui. Nos acostumamos e nos conformamos com tudo, enquanto não atingir uma pessoa querida nossa.

    O Rio só chegou aonde chegou porque a própria população assim deixou, parece a história do bandido bom é bandido morto, as pessoas querem os bandidos mortos, mas não se dispõem a enfrenta-los (pelos meios legais), querem que a polícia faça o serviço sujo e de preferência jogue o corpo longe da casa delas.

    Acredito que a Copa e as Olimpiadas acabem deixando sim algum legado positivo, mas muito longe do delírio de transformação social apregoado por ai. O fato é que passado os eventos a vida volta ao “normal”, a guerra volta a “rotina” e as pessoas vão vivendo ate´uma bala perdida cruzar-lhes o caminho.

    As medidas necessárias a mudança de rumo, são lentas, graduais, caras e permanentes, não podem ser implantadas visando apenas um objetivo específico, pois assim sendo, apenas maqueam temporáriamente o problema.

    Como o Eduardo disse acima, talvez sejam necessários vários anos de Policias bem pagos, treinados e motivados, para começar a mudar a imagem da Polícia Fluminense, assim como são necessárias no mínimo duas décadas de políticas sociais para renderem os primeiros frutos em locais degradados socialmente como os morros.

    O exemplo da Colômbia é muito interessante, pois la foi criada toda uma legislação de valorização das forças policias, mas que preve punições rigorosas e céleres em casos de desvio de conduta, o que permitiu oxigenar as forças de segurança em um tempo récorde, pois quem entrava estava motivado e os antigos agentes corruptos e viciados pelo sistema foram sumáriamente expulsos.
    Isso somado a investimentos mais em inteligência do que em poderio bélico, fez com que as Farc`s ficassem isoladas nos territórios que domina e os ataques das forças do Governo, fossem de intensidade menor, mas visando sempre os lideres do movimento. Claro na Colômbia têm o dinheiro americano, mas aqui com a melhoria de nossa econômia e com o dinheiro que virá para os Jogos e para a Copa, talvez fosse possível adotar política semelhante.

    Mas é dificil acreditar em mudanças, ao que parece vamos viver mais um conto de fadas e depois acordaremos na nossa triste realidade.

    Abraços a todos, desculpem pelo comentário longo.

  72. E aí Benito, que bom ler você por aqui hehe
    Ótima experiência você teve lá fora hein, o crescimento cultural é sempre fascinante.

    Se os gringos estavam com dificuldade de entender o que saiu nos jornais, que
    dirá soubessem o que não foi divulgado… aff, dizia o poeta, “a ignorância é uma dádiva”, ou dizia o Ramones “Ignorance is Bliss!” 🙂 mas deixa pra lá.

    A experiência colombiana é muito entusiasmante, e temos muito o que aprender por lá. Só esquecem os políticos que importam pedacinhos de quebra-cabeças de diversos ponto do mundo, que nós temos uma Constituição a ser respeitada. Ao menos se eles soubessem ler e compreender o que leram…

    Enfim, pessoal, estou por aqui, meio sem tempo ainda, e com conexão de internet precária (gambiarra sucks), e para falar a verdade, meio de saco cheio de assunto policial… desanima ler os jornais, e contrastar com as verdades ocultas e disfarçadas. É fase né! :)))

    Abraços.

  73. Estava tudo bem… um comentário até então sensato… Eis que de repente:

    “O Rio só chegou aonde chegou porque a própria população assim deixou…”

    Essa colocação não pode ser aproveitada nem como piada…

    A população é culpada pelo cenário atual da cidade do Rio de Janeiro? Faz-me o favor…
    Pelo contrário, a população é vítima! A população está à mercê desses marginais que carregam dentro de si a má índole, o desejo de ver a queda.
    Por que essa justificativa a fim de abrandar a maldade dessas “pessoas”? Parece aquela conversinha onde todos que cometem crimes hediondos são loucos.
    “Ah, é doido, tadinho, não sabia o que estava fazendo…”.
    “Ah, a culpa é sua que estava na hora e no local errado…”.

    Do lado Legal, se existem culpados nessa história de terror são os senadores. Sim, aqueles de conchavo com a criminalidade. Esse código penal defasado criado há sessenta e nove anos atrás… Dessa morosidade vergonhosa, desse entrave imutável.
    É muito fácil culpar os mais fracos.

    Já sei… algum metido à almofadinha vai me perguntar:

    “Ué, mas quem colocou os senadores no poder foi à população?”.

    Sim, a mesma população que troca seu voto por uma dentadura. A população ignorante, fantoche, sem oportunidades, porque os governantes preferem assim. Entretanto, a população que não sai por aí matando gente inocente.

    Eu posso ser culpada pelo meu voto irresponsável, mas não sou responsável pelo mau-caratismo alheio… dá licença…

  74. Carambaaaaaaaa Pat, você arrebentou a boca balao kkkkkkkk, foi brilhante é uma pena que estas sábias palavras ficarao entre nós sinceramente deveria ser capa do globo, para mostrar aqueles políticos imorais que eles é quem sao culpados de tudo isto que esta ocorrendo com nossa cidade maravilhosa e com o nosso Brasil. Esta violencia e principalmente o tráfico de Drogas onde vejo hoje com preocupaçao esta mobilizaçao de “ologos” discutindo PENAS ALTERNATIVAS, somente com o intuito de se criar vagas nas PTs e Presídios é muita hipocrisia sem contar o descaso com o maldito Crack que só vem se alastrando.

  75. Bom Patricia,
    Acho que você não entendeu meu comentário.
    Em nenhum momento justifiquei a maldade de traficantes, pelo contrário, afirmei que nós nos acostumamos com aquilo que é inaceitável e as vezes é preciso viver outra realidade para percebemos isso.
    Sim a população “de bem” se acostumou, se acomodou e se conformou com a situação e vive sua vida cotidiana calmamente até cruzar uma bala perdida.
    Adoramos colocar a culpa nos políticos, no “Estado”, na polícia, como se não tivéssemos nada com isso e fossemos apenas vítimas de um sistema do qual não fazemos parte.
    Mas, sinceramente, se a Sociedade não é culpada, quem é o culpado?
    A violência nasceu sozinha?
    Aliais, Traficantes, Policiais, Senadores, Políticos, Você e Eu não fazemos parte da população?
    Você acha que pessoas maldosas resolveram se unir do nada em cima do morro para cometer maldades, em uma espécie de contrato social as avéssas, ou os Traficantes de hoje são fruto de um processo de degradação histórico, econômico e social, que a “população” apenas assistiu durante anos e que hoje paga o preço por sua omissão?
    A polícia é corrupta porque o concurso é direcionado para isso com perguntas atinentes a identificar pessoas com falta de caráter? ou a polícia é corrupta porque há décadas, a “população” acha normal ter como padrão de policial um cara pouco instruído, que ganha pouco e que aceita uma caxinha para evitar uma multa?
    Os políticos roubam porque político é assim mesmo, esta no DNA? ou porque a várias gerações as pessoas vendem votos, não pesquisam para votar, não fiscalizam o político em quem votaram e o que é pior reelegem os que já estão ai?
    Em quem você votou na eleição passada? tentou de alguma forma cobra-lo? Sabe quantas sessões ele participou, quantos projetos são de autoria dele? Se você não trocou o seu voto por uma dentadura (pq este sim tem desculpa), era sua obrigação fiscaliza-lo, você fez sua parte?
    Não adianta tentar se separar do contexto aonde você vive e dizer que é apenas uma vítima. Infelizmente cada sociedade merece a vida que leva.
    E por isso que eu digo que somos em parte culpados pela violência no Rio, em São Paulo, no Brasil e enquanto você achar que isso é papo de almofadinha e que você não tem nada com isso, vai continuar apenas colocando a culpa nos outros e reclamando das injustiças da vida…e acredite elas vão continuar acontecendo.

  76. Eu não tenho receio de defender a minha opinião, seja o senhor quem for: Não sou responsável por índole ruim de ninguém. Só entra no caminho do mal quem quer, seja rico ou seja pobre.
    Eu acho sim que é papo de almofadinha. Aliás, muita gente deve achar, mas poucos têm coragem de expor. Assim como o senhor tem todo o direito de achar que o meu comentário é de gente sem instrução, radical, etc.
    Bom, eu não vivo numa redoma de cristal… o seu texto é muito bonitinho e instigante, mas não funciona na vida real. Enquanto o senhor pára para analisar histórico social, político, o que for, as pessoas estão sendo caçadas por aí.
    As pessoas estão sendo massacradas, e não sou eu quem está de armas em punho espalhando essa desgraça, porque simplesmente não foi esse o caminho que escolhi, bem como milhares de brasileiros afora.

    Quando eu senti o cano de uma arma na minha têmpora, eu só culpei quem apontou.

    Em relação a decisões que poderiam amenizar esse quadro, tal como a mudança desse código penal, a culpa é sim de quem está no “pedestal”. Se os políticos têm o poder de mudar as Leis e não mudam, vamos culpar a quem? Porque isso no mínimo seria uma obrigação. Se é obrigação, fica difícil permanecer no “pé” deles. Eu até poderia sim, mas, felizmente, preciso trabalhar para viver. Eu não disponho de cash como o senhor para ficar correndo atrás de políticos que, no mínimo, mandaria os seus seguranças me prender.

    Entra no crime quem quer, os exemplos estão aí todos os dias, só não enxerga quem não quer.

    CARÁTER É ALGO QUE SE TEM, NÃO SE ADQUIRE.

    Ainda dá tempo do senhor voltar para a Europa, pois se levares uma bala na cabeça não será culpa dos cidadãos de BEM.

    Ah, só pra não esquecer: Bandido bom é bandido morto (crimes hediondos).

  77. Pois é, Bradock… cada qual com a sua opinião. O problema é ficar inerte diante de algumas.
    Deixa rolar… rsrsrs… estamos aqui para isso.

  78. Edu,

    A coisa aqui está agressiva… pensei que estávamos num lugar de debate e não de imposição da verdade. Estou decepcionado com o que está acontecendo aqui.

    Humildemente penso que há vários culpados gerais. Glamurização do uso de drogas,a inexistência de políticas públicas habitacionais nos últimos 30 anos, corrupção, a elite dirigente carioca extremamente preconceituosa que vive sob o som da bossa nova e se delicia com um Rio de Oz (que só existe nas fábulas de Manoel Carlos).

    Esse discurso que o culpado é o povo, é interessante. Se alguém tiver curiosidade para verificar alguns pensadores sociais brasileiros do final do sec. XIX e início do séc. XX, Alberto Torres, Oliveira Viana, etc todos eles são unânimes em afirmar que o problema do Brasil é que o povo não sabe votar, ou mesmo que ainda não somos uma nação, no sentido de sermos emancipados políticamente. Nâo é à toa que as elites diregentes no país aceitaram com muita facilidade á idéia de prescindir os direitos políticos do povo, golpes militares não foram poucos por conta disso.

    Por outro lado, concordo, ainda temos muito que aprender sobre convivência em sociedade e respeito ao trabalho, aos mais fracos.

    Realmente quando a gente viaja para o exterior e vê um povo vivendo com suas ruas limpas, seus serviços públicos eficientes, sem miséria, sem meninos de rua, medigos (é gente há lugares no mundo que isso não existe ou é quase ínfimo…), pessoas tratando desinteressadamente os turistas e sendo gentis com eles, é chocante, dá até depressão pensar no Brasil.

    Mas, nesses lugares há pelo menos mais de uma mão de séculos de história, experiência trágicas como as guerras que deram unidade ao povo e onde o Estado investiu maciçamente para criar infra-estutura econômica e social. Mais importante, há muito muito emprego, e se o cara não trabalhar dança… morre de fome ou frio… e quando falo de emprego é qualquer um honesto, lavador de pratos ao auxiliar de escritório.

    Concordo totalmente, aliás, já expus esse argumento aqui e fui hostilizado, policial tipo justiceiro é aquele que as nossas elites dirigentes querem, um policial que mantém um mínimo de governabildiade, joga todo o lixo para quintal.

    Com relação ainda ao policial justiceiro é importante também pensar o seguinte, quem assumir esse papel estará além de questões legais, se anulando enquanto pessoa.

    Enfim, se não centrarmos um foco para discussão sobre o papel da policia nesse quadro, vamos continuar discutindo o sexo dos anjos e não vamos produzi algum conhecimento válido em torno da questão. Estamos perdendo o foco.

    Abs,

    Soares

  79. TEM UMAS COISAS AQUI Q PARECE MAIS DISCURSO DE DIREITOS HUMANOS NEGO Q PARECE Q NAUM VIVE A REAL DO RIO
    PATRICIA ACHO Q VC TA CERTONA MAS NG NESSA VIDA É TOTALMENTE BOM OU RUIM MAS EU CONCORDO Q TEM MTA GENTE MTO RUIM E Q DEVERIA MORRER
    TÃO MATANDO MIKES ADOIDADO PO E SE FOSSE CHARLIE?QUEM MATOU OS MIKES DO HELICOPTERO NAUM É GENTE, OS MIKES ALI LUTANDO PELO PÃO
    CONCORDO Q VAGABUNDO BOM É AQUELE MORTO PQ NUNCA MAIS ELE VAI MATAR NG DIREITOS HUMANOS PRA HUMANOS DIREITOS VCS TEM Q MANDAR ACABAR COM OS PROGRAMAS DO GORDÃO DATENA, DO WAGNER MONTES PQ ELES VIVEM DIZENDO Q BANDIDO BOM É BANDIDO NA VALA VCS VÃO ACABAR COM O PROGRAMA DELES ?????VAI VE A AUDIÊNCIA DESSES CARAS NO PICO VÉI
    NEGO FICA VIAJANDO COMPARANDO EUROPA COM BRASIL ND VE LEKE
    POLICIA AQUI MATA MSM É CONHECIDA NO MUNDO COMO MATADORA
    ESSES PORTAIS DE SCANNER E ESTEIRAS PRA RAIO X SE ACABANDO EM GALPÃO? PQP PRF GALERA!
    FRUTO DO PAN E VIVA O RIO!
    A CULPA É MINHA EU TAVA LÁ HEHE
    QUEM ACHA Q ESSAS OLIMPIADAS VAI SER GRANDE COISA TÁ DOIDO
    SO ENCHER BOLSO DE POLÍTICO
    7 BILHÕES DE DEFICT EM SET O BRASIL TÁ GASTANDO MAIS DO Q ARRECADANDO

    ABÇS

  80. Bom dia a todos. Patrícia concordo contigo. A população n tem nada com isso. Vejo nisso tudo diversos culpados. A começar por quem deveria dar oportunidades a todos ( iniciando uma boa educação , moradia e etc ), revisão de nossa legislação geral ( a iniciar pelo ECA ). De tudo que vc falou, a meu ver o mais importante e real, so entra no crime quem quer. Vivo em uma cidade pequena em MG e observo a população lutando, ganhando míseros R$ 10,00 a 15,00/dia e nem por isso a grande maioria comete crimes. Guardadas as devidas proporções. Nossos políticos so querem abrandar penas, veja isso , em uma das soluções milagrosas, querem apenar ” pequenos traficantes ” ( ja coloquei um comentário aqui, anteriormente ) com penas alternativas… ( dorme com um barulho desse ). Se passar vai piorar muito e muito mesmo. Vivemos nas maos desses marginais, ou se toma uma medida energica ou n sei o que vai acontecer. Podem ate me crucificar, dizer q sou radical. Podem. Agora que me digam qual solução a curto prazo que pode solucionar isso? Não será a população que vai dizer. Tem que ser eles os políticos. A Polícia faz o que ta na lei. N esperemos medidas energicas, e sim, como de costume, abrandamento de penas.
    Bradock, beleza, to meio sumido do blog da renata. QQ dia volto.
    Abs

  81. Assistimos p/tv o descaso da PRF com cerca de 53 equipamentos q estão pegando chuva num galpão, e q se doados a SSP-RJ seriam bem aproveitados p/nossas Autoridades no objetivo d rastrear armas, munição, drogas e outros contrabandos, são milhões de Reais no lixo. A União prefere compra tudo novo a conservar o q já temos disponível dentro do RJ.
    Alquém já passou p/1 posto da PRF por volta das 02:00 hs? Enquanto dormem entra de tudo, e os equipamentos do PAN-2007 abandonados, conforme noticiado. Por isso os marginais possuem munições “à balde”, e quem tem q ir nas favelas c/risco total são as sofridas PCERJ e PMERJ, mesmo c/pouca munição…
    Compraram milhares de VTRs p/o PAN, mas não fornecem manutenção;
    Compraram armas, munição e equipamentos em grande quantidade p/o PAN, porém não podemos reaproveitar o material apreendido q quase sempre é d qualidade superior ao do Estado;
    Compraram helicópteros sem blindagem no PAN e ainda redistribuiram pelos Estados Membros. Foram aproximadamente 10 bilhões de ralo.
    E neste momento a solução encontrada pela União junto c/o Est do RJ é aumentar a verba (em 4X) p/SSP-RJ, pô assim é mole! um cala boca sem proporções, enquanto os guerreiros tombam em serviço, só falam em bilhões e novos concursos, entretanto não ouvimos sobre a muntenção salarial daquele q não sabe se consegue chegar no local de trabalho vivo, ou retornar p/seu lar.
    Observamos q as Gdes Autoridades pararam de citar sobre a morte dos preciosos e abnegados combatentes do Phenix da PM, e seus familiares? Só pensam n/vantajoso numerário q cairá n/Cta.
    Concurso gera mais dinheiro, e se formos fazer 1 pesquisa sobre o efetivo policial, veremos q o maior índice destes está sedido p/outros setores extranhos a Seg. Públ.
    O sistema de segurança pública e as Polícias, compartilhando atribuições, foram criados pelo povo e p/o povo, surgiram p/defesa do cidadão comum, no entanto, mts policiais são desviados p/segurança daqueles q além d não merecer, mts deveriam estar presos, tbm vão p/outros serviços bem longe da sua função original e não fazem a devida proteção de quem paga pesados impostos. Resumindo, prestação de serviço abaixo dos 50%, só aqui no RJ – Brasil.
    Devemos pedir as rádios p/tocar a música pega ladrão e editar em periódicos o relato: “sou obrigado a reconhecer que, com toda a corrupção que teve de um tempo para cá, o que encontramos no governo Collor deveríamos ter enviado para o juizado de pequenas causas” Senador Pedro Simon
    volto a escrever
    Forte abraço / Simpson Esp.Seg.Públ.

  82. vcs tão discutindo o q afinal de contas? se for a morte de bandidos eu tô dentro
    o povo tá no talo c/ essa situação, policiais ganhando salário de fome tendo q segurar a onda e ainda morrendo
    esse papo furado de direitos humanos n vai trazer a paz q queremos
    n vai tirar essa banda podre q mata policiais e civis todos os dias.
    abrir os olhos e parar de papo de politico.
    o policial n vai ser um marginal pq tirou do nosso meio um sujeito q só tem na cabeça o deejo do mal, o próprio povo tá fazendo
    a policia tem o meu respeito matando ou n
    forte abraço

  83. Galera, voces estao com a razao.
    Desculpe.
    A culpa e sempre dos politicos mesmo ne?
    Nunca temos nada a ver com isso ne?
    So nao entendo pq vcs ainda leem o CDP, pois o que eu disse esta estampado na pagina inicial no “pense nisso”.
    E deve ser dificil cobrar os Politicos mesmo, mandar um e-mail, escrever uma carta, acompanhar o trabalho dele pela internet custa muito caro e ocupa muito tempo, vcs nao podem perder o seu tempo com isso devem gasta-lo hostilizando os outros no CDP.
    Bandido bom deve ser bandido morto mesmo, so nao entendo porque a violencia aumenta a cada dia no Rio entao, pois a cada dia se mata mais bandido e a cada dia a violencia aumenta.
    Acho que da redoma de cristal em que eu vivo nao consigo enxergar a realidade.
    La na minha redoma de cristal, toda vez que eu entrava numa favela eu percebia que para cada bandido morto, recrutavam-se outros 10, por outro lado, cada bandido preso entregava outros 10, e cada quadrila desmontada salvavam-se 1o pessoas, nem que fosse pelo aumento do preco do entorpecente.
    Na minha Redoma de Crystal, descobri que quando se nasce preto, pobre favelado, o BEM e o MAU se confundem e esta escolha em geral tem muito pouco a ver com CARATER.
    La na meu mundinho de sonhos, CARATER se ADQUIRE sim, nao sou pretencioso a ponto de dizer que fui abencoado por nascer uma pessoa de CARATER e o traficante preto, pobre e favelado e um desgracado predestinado a morrer por ter nascido sem CARATER.
    No meu mundo alheio a realidade aprendi que quem mata sem ser em legitima defesa e assassino, escolher um lado nao te faz o senhor da vida e da morte, puxar o gatilho e facil, dificil e colocar a cabeca no travesseiro depois.
    E facil vir aqui no site e dizer que bandido bom e bandido morto, quando nao e vc o executor, quero ver ter coragem de puxar o gatilho de alguem algemado na sua frente pedindo pelo amor de deus para nao morrer. Quem consegue e muito mais bandido do que aquele que morreu.
    Quem sou eu para discutir com os Senhores e Senhoras profundo conhecedores da realidade, mas la ne meu mundo de fantasias todos que se julgam detentores da Boa Virtude e da Moral a ponto de se acharem melhores que os outros e capazes de julgar sumariamente a vida e a morte dos outros, acaberam cometendo as mesmas condutas que antes achavam deploraveis.
    Na Ilusao em que eu vivo, e possivel uma pessoa que nasceu com poucos recursos financeiros, atraves do estudo, galgar passos na vida, e um dia conhecer a Europa, representando o seu Pais, tentando descobrir e repatriar dinheiro roubado da populacao pelos politicos que vcs tanto criticam mais nao fiscalizam.
    Mas isso e so no mundinho dos almofadinhas.

    Continuem assim, gastem a sua raiva contra frequentadores do blog e arrumem desculpas para nao cobrar aqueles pelos quais vcs culpam por todos os seus males.

    Voces estao cobertos de razao no papel de vitimas inertes !!! E isso mesmo um dia Deus vai iluminar os policos, para sem cobranca nenhuma ajudarem o povo.

    Permanecam vendo policias morrerem as dezenas e culpando os politicos aqui na internet sem fazer nada, continuem esperando um milagre, fiquem na comoda posicao de quem nao tem nada a ver com isso, afinal amanha e outro dia, e voces podem postar contra outro almofadinha teorico daqui.

    Boa realidade para vcs.

    Eu que vivo de fantasia volto a afirmar.

    Cada povo vive no ambiente em que merece. Seus comentarios so reforcam isso.

  84. estou com o Benito em 100%, nem parecem que moram no Rio – se é que moram mesmo.

    a culpa disso tudo nao é minha??? claro que é… minha e nossa
    papinho de a culpa tudo é dos politicos é apenas querer tirar o seu da reta

    qtas vezes a sociedade FEZ alguma coisa pra melhorar as coisas?
    a sociedade é hipócrita e egoista até a alma, de 15 em 15 dias chora um na tv pq alguem foi vitima e sempre com o papo “ate quando a sociedade vai se omitir?”… e qtas vezes esses moralistas fizeram algo quando outro morreu?

    fala serio, mexa o rabo e mude, falar aqui seus discursos pra boi dormir nao adianta nada.

    façam o que tiver que fazer, mas façam
    achar culpados é facil mas nao adianta, aye pq a culpa vem de decadas

  85. levanta o teu rabo, pega um vagabundo pela mão e leva pra morar na tua casa e vem aqui dizer depois.
    coloca esse mesmo vagabundo pra comer na tua mesa junto com a tua família, depois vem aqui contar a sua experiência
    se tu moras no rio é desses q ñ sai de casa nem pra ir a esquina..

    o rio ñ esta sozinho, o brasil esta nessa e a violência vem de vários fatores.. a violência vem principalmente da busca pelo fácil, parece q essa garotada tem aversão a dificuldades
    nasci e me criei no rio, é bem verdade q morre mais preto e pobre mas cada um escolhe o seu rumo na vida
    eu sou preto e fui pobre, preferi estudar, tentar ser alguém.o preto tem mania de se julgar inferior por ser preto, eu ñ me sinto inferior por ser preto porque tive cabeça pra seguir sem me entregar ao fácil, e o fácil os srs e sras sabem do q se trata..
    cansei de ser parado em blitz por ser preto mas ñ deixei a revolta se apoderar do meu ser e vir a cometer alguma atrocidade ..

    SEM MAIS

  86. É… de Aquecimento passou à Ebulição…
    Isso é ótimo, pois assim podemos discutir e até de certa forma abrir nossas mentes para algumas colocações expostas aqui… E porque não aprender?
    Acredito que a opinião de todos seja de grande importância mesmo que sejam completamente divergentes.
    Sr. Benito, onde o senhor, ou eu, ou qualquer um aqui chegar, sempre terão pessoas com opiniões contrárias à nossa, isso é de praxe.
    Não acho que existiu um clima de hostilidade, apenas alguns ânimos mais exaltados. Se acharem que existiu, desculpem-me. Isso ocorre no dia-a-dia… não é só no blog.
    No bar, no ambiente de trabalho, onde for, lá estarão às pessoas discutindo acaloradamente ou não.
    Então, é isso… espero continuar vendo a opinião de todos por aqui. E que surjam mais pareceres, mais discussões, enfim… Porém, que sirvam para acrescentar algo, e eu acho que essa serviu. Apesar das ironias e até de alguma palavra de baixo calão… :/

    Estou aguardando o aval para iniciar um projeto em uma comunidade da zona oeste. Comunidade da qual tenho familiares e que já foi um lugar legal, sem essa violência gritante atual. Se alguma colega do blog quiser participar, contate-me através da comunidade do blog no orkut.

  87. O que existe no contexto são 3 Policiais Militares mortos na guerra carioca. Não podemos denominar culpados porque a lista ficaria muito longa, incluindo o fabricante, mas o ponto chave desta tragédia são as entrevistas do governador tentando justificar tudo, dizendo a mentira de que já encomendou um helicóptero blindado, assumindo o erro de não ter adquirido anteriormente, e outras abobrinhas como aumento. Então meus queridos companheiros e futuros colegas de batalha, percebemos que em determinadas profissões o erro pode ser fatal.
    Seguindo um dos princípios da segurança:
    01) – Se você não tiver segurança, não poderá oferecer segurança para a sociedade.

  88. Prezados,

    Acho que o Capitão macedo finalmente retomou o rumo do que havia inicialmente proposto à discussão urbana amadurecida.

    abs,

    Soares

  89. FALTA PARA ESSES CARAS TRABALHAR DURO, ESSES PILANTRAS QUEREM MOLE COMO DISSE MUITO BEM UM LEITOR

    QUEREM NOS PEGAR EM FRENTE AOS BANCOS, A FACILIDADE DE APENAS APONTAR UMA ARMA AMEAÇAR E LEVAR O NOSSO DINHEIRO SUADO ISSO QD NAO NOS MATA

    DIFICIL ENCONTRAR UM CARIOCA Q NUNCA FOI ASSALTADO OU Q NUNCA FOI AMEAÇADO COM UMA PT380 OU UM FUZIL E DIGO Q O SUSTO E O TRAUMA EH GRANDE

    SE ESSE PILANTRA Q FAZ ISSO TIVESE TRABALHANDO, VIVENDO SUA VIDA HUMILDE MAIS COM HONRA NAO FARIA ISSO COM O PROX

    SEMPRE VEJO CATADORES DE LATINHAS E Q INSISTEM DIZENDO Q PREFEREM CATAR LATINHAS DO Q ROUBAR, Q HONRA Q LOUVÁVEL

    EH ESSA GENTE Q EU MAIS ADIMIRO, Q VIVE NA SUA HUMILDADE, NAS SUAS DIFICULDADES E NAO EMBARCAM NO CRIME

    HUMILDEMENTE ACHO Q PARA O LADRAO TEM JEITO MAIS PARA O ASSASSINO, ESTUPRADOR, PEDOFILO NAO TEM MAIS JEITO E NEM SALVAÇAO, ELE VAI FAZER DE NOVO DE NOVO E DE NOVO, SO A MORTE PESSOAL

    POLITICO ANDA DE CARRO BLINDADO, A FAMILIA DELES NAO PEGAM O BUZAO DE MADRUGADA E NEM O TREM PARA ELES O POVO Q SE FODA POR ISSO Q ELES TEM CULPA NO CARTORIO E MUITA CULPA E AINDA CONSEGUE DORMIR COM UM SALSERO DESSE

    EU PEGO EH 1 TREM LOTADO DE BANGU ATE A CENTRAL DE SEGUNDA A SABADO, PARECE UMA LATA DE SARDINHA AQUELA HUMILHACAO PARA TRABALHAR DURO E NO FINAL DO MES GANHAR 2 SALARIOS PARA SUSTENTAR MEUS FILHOS

    POR ISSO NAO ADIMITO Q ME CULPE COMO INTEGRANTE DISSO ISSO EH INJUSTIÇA SE ALGUEM TEM AMIZADE COM CHAPA QUENTE E ACHA Q EH SUA CULPA FICA COM A SUA CULPA, A MINHA CONCIENCIA TA LIMPA COMO AGUA MINERAL

    ALMOFADINHA EH GARAPA EH DO TEMPO DO MEU AVO EU ESCRACHO EH DE VERDADE, CHAMO LOGO DE CUZAO BANDO DE CUZAO, PEIDAO

    SE UM ENVIADO DO MAU DESSE MATAR O SEU FILHO VAI AINDA PENSAR Q O CULPADO EH VC? VCS NAO TEM FILHOS? VEJA UM FILHO NO CAIXAO E SE CULPE PQ UM DESGRAÇADO TIROU A VIDA DELE

    NUNCA ROUBEI NUNCA MATEI TRABALHO DESDE OS 14 ANOS FALE O Q QUIZER PODE DIZER Q EH PAPO PARA BOI DORMIR CUZAO, DUVIDO SE PEGA UM TREM OU ONIBUS DE MADRUGADA PARA TRABALHAR
    PEGA NADA
    SE JA ENTROU NA FAVELA
    ENTROU NADA

    SE TIVER UMA VOTACAO SOBRE ESSE ASSUNTO O POVO IA DA UMA LAVAGEM ENCIMA DO PAPO PARA BOI DORMIR DE VCS

    EU MEXO O MEU RABO PARA PEGAR O TREM DE MADRUGADA MAIS EH EM PE, PARA TRABALHAR DURO E COM DIGNIDADE E VC? MEXE O SEU RABO PARA Q? EU IMAGINO PARA Q

    E A MENINA AI VAI PEGAR ESSE AVAL COM QUEM? COM O DONO DA BOCA? CUIDADO MUUUUUUUITO CUIDADO AGENTE QUER SER BOM MAIS ASVEZES NAO DA

    O CHAPA QUENTE SISMA COM A TUA CARA JA ERA, VAI TER Q SE MUDAR DE MALA E CUIA PARA A FAVELA E CUIDADO PARA NAO SE APAIXONAR PELO CHAPA QUENTE E ESQUECER Q BANDIDO BOM EH BANDIDO MORTO

    ZOEI MAIS CUIDADO AGENTE QUER AJUDAR MAIS ACABA SE DANDO MAL

  90. aos amigos ai que escreveram que bandido seria o morto, poxa e interessante que falem isso, pois sinceramente analisa a situação comigo, Olha nosso querido sistema penal que não recupera ngm, ?
    Acham mesmo que um Policial sai satisfeito de casa ate que todo dia ter que subir morro para pegar vagabundo,Descer…, quando chega perto de casa…com medo logico ( pq se analisarem morre mais policiais,em folga do que em serviço ) ou seja… Policial no Rj…vive sobre a maior pressão…,Matar ja vimos que não e soluçãoo ! e tão pouco ter pena deles seria solução ! soluçãoo e Ver primeiro o que o Policial passa durante o Dia quando vai para “guerra” , e de noite quando vai para outra guerra que e Dormir sabendo, que o Salario não vai dar para metade do mês.., ou pior…, ver os Rostos das pessoas que matou. isso ngm pensa no Policial. e Facil Falar que matar ea solução sem saber o que um homen de “farda ” ou o que investiga passa.

    Forte abraço

    FORÇA E HONRA

  91. Nossa, ficou frenético isso aqui hein! Mas quem bom que todos já se acertaram; debates calorosos são assim mesmo, temos que ter o cuidado de atacar as opiniões contrárias, e não o emissor delas 🙂

    Eu tenho opinião formada no sentido de que uma eventual política (se é que existe…) que induza as forças de segurança a eliminar vidas, não só é equivocada do ponto de vista da efetividade da prestação de segurança, como é ilegal e imoral.

    Não podemos nos esquecer que a proteção legal, do direito à vida e à dignidade, não protege só os criminosos, protege todos nós. Bem verdade que a imprensa dá muita ênfase para “associações”, ONGs ou sei lá o quê, opiniões de poliçólogos que claramente colocam o marginal como vítima simplesmente, o oprimido e injustiçado, que, para eles, tem mais direitos do que os cidadãos de bem. Em um contexto geral, é fato que eles são injustiçados sim, sempre foram, por gerações; esses infelizes nasceram e nunca conheceram o que é moral, o que é piedade, o que é bondade. E basta ver a média de aumento da população em favelas: enquanto nos meios sociais em que os pais trabalham, proveem educação para os filhos, saúde, etc, a média de filhos é 1 ou 2, nas classes mais pobres, que vivem misturadas com a criminalidade, vemos famílias com 4, 6, 8 filhos. É assustadora a quantidade de crianças largadas pelas favelas, ou sendo exploradas nos sinais de trânsito. E todos sabemos o futuro mais provável dessa criança… tudo fruto de uma total ausência de política pública, de uma repulsa ao controle de natalidade pregada por certas religiões e camadas da sociedade.

    Os marginais são fáceis de distinguir. Basta uma conversa informal com os presos, e identificamos aqueles que são bandidos mesmo, sociopatas, com o caráter e a moral deturpada; e aqueles que estavam com uma arma na mão por influência do meio, pela facilidade, pela falta de perspectiva em passar dos 20 anos, por aparentar ser para ele o meio mais normal de ganhar a vida, impressionar as garotas, etc.

    Esses últimos são uns bundões que quando são presos ficam chorando, inventando desculpas, se sentem injutiçados. Criminosos por convicção normalmente, nas conversas informais na delegacia, não ficam se defendendo, querendo se justificar, falam com frieza sobre assassinatos, comércio de drogas. Para esses, acredito que as leis penais têm que mudar, não se pode esperar ressocializar um sujeito desse. Já quanto aos bundões, eles estão ali pela permissividade que o poder público dá a eles. Basta ver o índice de solução de crimes depois de investigações. É pífio. Sabem dizer se um roubo a carro é investigado? Uma saidinha de banco? Um homicídio dentro da favela?

    Toda essa impunidade é vista diariamente por todos, e alguns começam mesmo a achar aquilo normal. Veja, a vida deles se resume a isso, baile funk, novela e programas de humor rasteiro da Globo. Que caráter um cara tira disso? As novelas mesmo são uma fonte inesgotável de maus exemplos, de desrespeito ao próximo, de subversão familiar; é uma gritaria constante, um xingando o outro, filho humilhando o pai, empregado passando a perna no patrão, sócio matando o sócio… será a novela que retrata a vida, ou a vida que acompanha os ensinamentos (i)morais das novelas?

    Penso que para inibir o crescimento da violência, só com investigação e punição. Se o cara souber que ele tem 0,01% de chance de se dar mal, ele não vai deixar de cometer um delito. Pode colocar uma pena de 100 anos, ele sabe que não vai ser preso mesmo!

    Neste mesmo caminho, a preferência por matar ao invés de prender, só faz aumentar a violência. Se esse infeliz que sabe que não vai chegar aos 20 anos tiver certeza de que, se for pego pela Polícia, provavelmente vai morrer, por que diachos ele iria se entregar sem reagir? Essa política torna o crime muito mais violento.

    Agora, bem verdade que o papel de cada um de nós nesse cenário é impreciso. Fácil perceber que as pessoas que mais debatem a violência, política, sistema de saúde e educação, dificilmente conseguem ver eleito o cara em quem votaram. Eu por exemplo voto desde os 16 anos, e até hoje só votei em 1 deputado que se elegeu! É óbvio para mim que a maioria discorda do que eu penso, ou mesmo não pensa. E acho que o papel mais fácil que tenho a desempenhar é convencer, argumentar, para minar os votos populistas que elegem, por exemplo, o PMDB no comando do Rio há mais de 1 década.

    Como disse, esse é o papel mais fácil, mesmo fazendo esse blog já estou atuando neste sentido. Mas entendo que minha obrigação de cidadão vai muito além. Existem inúmeras coisas que poderia fazer. Algumas eu faço, mas outras me omito porque vai me tomar tempo, dinheiro, saúde. É aqui que reside meu egoísmo. Não é porque eu não contribuí diretamente para o estado das coisas, que não vá ter a obrigação cívica de tentar mudá-la. Pensando bem, é isso que norteia (ou deveria) todos que optam por uma função na Polícia ou na educação pública. Estes setores é que têm contato direto com a sociedade, e que podem influenciar mudanças.

    A escolha de um mau governante nunca foi minha culpa diretamente, não elegi nenhum deles; mas a presença deles lá me afeta diretamente, o meu dia a dia. Não dá pra dizer que não é problema meu.

    Se é verdade que todo o esforço que fizermos for inútil, perda de tempo, também é verdade que não fazê-lo tornaria a vida sem sentido. Já cantou Raul Seixas, “Eu é que não me sento no trono de um apartamento com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a morte chegar…”.

    Atualmente, por exemplo, em termos de exercício de cidadania estou me sentindo irrelevante. Isso porque, em uma decisão egoística, decidi mudar minha condição pessoal de vida, estudar para buscar algo melhor. Enquanto cuido de mim, não cuido do resto, mas o resto está sempre influenciando a minha vida, quer eu aceite isso ou não. De que adianta poder comprar um bom carro, se por causa dele eu posso ser vítima de um latrocínio no primeiro sinal de trânsito que eu parar?

    Enfim, são escolhas, e espero conquistar rápido meu objetivo pessoal, para poder voltar minha atenção ao meio social no qual vivo. E esse tipo de escolha é o que cada um faz, deixando a coisa pública largada e desvigiada, sujeita aos saques que sabemos existir, à mão grande nos cofres públicos, à liberdade de ação, muitas vezes criminosa, outras apenas burras, dos políticos que fora eleitos pela maioria, seja devido a um convencimento hipócrita, seja em troca de uma dentadura.

    O que temos que aprender é a dividir nosso tempo e nossa energia, para cuidarmos das nossas coisas e sonhos particulares, mas sem esquecer que somos donos também da coisa pública, que o dinheiro que é roubado/desviado é nosso, fruto do suor de horas, dias, anos de trabalho. E não é matando, salvo se necessário (legítima defesa própria ou de terceiros) um zé ruela insignificante que vamos impedir que outro zé ruela igualmente insignificante nos tire a vida, ou de um ente querido, no dia seguinte.

    Agradeço de coração os debates, fico orgulhoso com a multiplicidade de opiniões que reunimos aqui!

    Abraços.

  92. Pessoal, vejo gente de todo o Brasil comentando no blog. Peço licença a Eduardo (dono) para fazer um apelo.
    É o seguinte, a história é de um Policial Militar (RJ) que foi baleado na cabeça durante o trabalho, vindo a ficar em estado vegetativo…
    Bom, quem quiser saber mais detalhes, aqui está o link do vídeo:

    http://www.youtube.com/watch?v=wbN91LCafmI

    Todos estão tentando ajudar. Principalmente a comunidade da PMERJ no orkut (confiram!). Aliás, todos estão muito confiantes de que essa campanha dará certo.
    Estão pedindo uma quantia de 5,00 ou 10,00 reais. Sei que o dinheiro está difícil, mas a família (Marcos Valério, Flávia – Esposa e um filho de 14 anos) está precisando muito. Sabemos que ter uma pessoa enferma em casa nos traz custos altos, além dos cuidados especiais. E eles são humildes.

    Aqui estão os dados da conta:

    Marcos Valério da Silva – Banco ITAU agência 0229 conta corrente 63530-5

    Por favor, ajudem! Essa quantia pode não fazer falta para você, mas para eles fará uma grande diferença.

    Obrigada.

  93. Eduardo, o seu texto me deu um grande orgulho de saber que ainda temos agentes de segurança como você. Parabéns, e siga em frente…

  94. é claro q tirando assassinos de circulação vai se evitar outras mortes Ô!!!!
    acorda ae

  95. Eduardo,
    saíu o resultado final do concurso!
    Para mim não deu, passei mas fiquei com nota final de 53,33….
    Estou torcendo para você ter conseguido, mas rumo ao concurso de inspetor agora.

  96. Vendo o Jornal da Globo do dia 6 de novembro de 2009, fiquei muito indignado com a declaração do Cel. da Reserva da PMESP José Vicente da Silva (http://www.josevicente.com.br/) comentando o discurso do Presidente Lula , onde o mesmo atribuiu aos baixos salários a existência de policiais corruptos. (http://g1.globo.com/jornaldaglobo/0,,MUL1370157-16021,00-LULA+DIZ+QUE+SALARIO+DA+POLICIA+E+RAZOAVEL.html)
    Olhando sua biografia dá para perceber que esse sujeito que comandou Cavalaria, Trânsito, Academia e Policiamento Florestal, não vivenciou o que é ser policial de verdade. Li também que o mesmo realizou dezenas de cursos no exterior, o que prova que passou boa parte de sua carreira viajando as custas da sociedade paulista e do governo federal. O que trouxe de novo? O que realizou nos diversos cargos que ocupou? Nada. Sua policia é inoperante, brigam entre si, como vimos em imagens lamentáveis na TV. Com que conhecimento esse sujeito afirma, que salário decente não combate a corrupção. Por conhecimento próprio? Que policial, ganhando bem, vai querer se vender na rua e arriscar o seu bom salário. Dou como exemplo a Policia Federal, que realiza excelentes trabalhos, muitos apreendendo milhões de reais em espécie. E a nossa policia? Apreende milhões de reais em espécie? Cadê o dinheiro do sequestro do Empresário Silvio Santos em SP? Sumiu. Esse sujeito sabe dizer? Não? Ninguém ensinou a ele na conferência com executivos de polícia europeus na Holanda, da qual participou? Percebi que esse sujeito só aprendeu como guarda florestal, é ser um TUCANO (PSDB-FHC/Mario Covas), confiram em sua biografia.
    Vamos desafiá-lo a apresentar seu contra cheque e a revelar suas gratificações de resultados políticos e/ou “Puxa saco” de políticos do PSDB. Além das prisões realizadas por ele.
    Porra meus amigos Policiais, a sociedade só fala mal da policia, e vem esse sujeito, policial de pijama, dizer que não adianta pagar bem a policia pois mesmo assim a corrupção vai continuar. Porra, será que seu pijama tá apertado? Não pode ver uma merda de uma câmera de Globo que já esquece do prato que comeu.
    VAMOS ENCHER A CAIXA DE E-MAIL DE SEU SITE (http://www.josevicente.com.br/) DE MENSAGENS DE INDIGNAÇÃO E PROTESTO A SUA DECLARAÇÕES E, DIVULGAR SUA ENTREVISTA PARA TODOS OS MOVIMENTOS DE POLICIAS, POR MELHORES SALÁRIOS, EM TODO BRASIL. ELE TEM QUE SER VISTO COMO NOSSO INIMIGO.

  97. bom… se salario alto fosse a solução nao haveria corrupção nas esferas elevadas do poder, nem em empresas multinacionais onde nao ha teto salarial, e mesmo assim sao corrompidos

    corrupção vai muito alem de dinheiro – corrupção é um item moral na nossa vida

    outro dia estava conversando sobre a pec300 e me veio à cabeça que nao sou completamente a favor. pq?
    entrar pra policia basta estudar, apenas estudar, saber lei e passar na prova ja te ‘transforma’ em policial.
    sei de dezenas de casos de vagabundos e pessoas que tomam remedios antidepressivo e que nao tem a MINIMA condição de ser policial e fizeram prova e passaram. se a vida da pessoa fosse analisada nao seria nem sindico de condominio – mas virou policial

    ai entra a PEC300
    se ganhando uma merreca as pessoas querem ser policiais pelas ‘gratificações’, imaginem com o salario equiparado

    teremos apenas uma mudança no cenário… corrupção com altos salarios, onde a índole é ruim e o carater é nulo

    sou 10000% a favor de salario digno para policiais, mas apenas para os policiais e nao para pessoas de farda que so querem mamar nas tetas

  98. Bom dia a todos. Caro Leandro P. vc citou ” sou 10000% a favor de salario digno para policiais, mas apenas para os policiais e não para pessoas de farda que so querem mamar nas tetas ” , se for possível vc poderia esclarecer melhor sua citação. Fco grato em ser atendido.

  99. Sub Marcos
    existe o POLICIAL e o homem de farda… nem todos que vestem farda são considerados policiais… ser policial esta no peito e nao na farda

    o que quero dizer é que hj em dia qq um pode ser policial, basta passar na prova, como falam no filme tropa de elite, é um bando de aventureiro.

    como citei, conheco casos de gente que toma antidepressivo e nao bate bem da bola e passou na prova, agora imagina uma pessoa dessa numa operação, quando o tiro passar assobiando pelo ouvido o que esta pessoa vai fazer? atirar a esmo? correr e ser baleado…

    o que defendo sao os policiais que dedicam cada minuto de vida pela policia.

    bom… essa é a minha opinião
    abraços

  100. 471 mil presos no Brasil;
     
    o Brasil possui quase 192 milhões de habitantes; será que ser pobre é estar condenado ao crime? familias com 8, 9, 10, 12 filhos sempre existiram e existirão e nem por esse fato estão condenadas a terem filhos no crime.
    direitos humanos ajudam as vitimas? porque será que essas pessoas nunca vão acalentar as familias que perderam seus entes queridos? porque será que essas pessoas só se importam com o delinquente? será que só os delinquentes podem seguir suas vidas e aquele inocente que morreu que Deus o guarde?
    são milhares os exemplos que eu poderia dar, agora reflitam por favor, será que uma pessoa que estupra, mata, esquarteja e coloca os pedaços de uma criança de 9 anos dentro de uma mala tem recuperação? será que alguém em sã consciência responderia que sim? esse coração pode ser mudado?
    eu estou louco ou as pessoas estão pagando para ver? será que vai ser preciso acontecer na carne para mudarem certas opiniões? não é ser bom ou ruim, é não ter mais jeito! não estou pedindo a morte deles por que a morte pode ser pouco, é melhor que paguem por aqui. o que me incomoda é essa tentativa insesante de tirar a parcela de culpa do criminoso, sempre atribuindo esse mal a qualquer coisa que tenha saído de errado na sua vida social.
    é diferente um coitado, desesperado, sem emprego, sem chances, vai roubar mas não vai matar com certeza, não é certo roubar mas esse merece perdão, roubou, cometeu o erro pelo desespero. eu entendi que estão comentando apenas o criminoso hediondo, desculpe se errei, entendi assim.
    será que aqueles que comemoraram a morte desses chefes de familia, policias militares merecem comer frango na cadeia as nossas custas? me perdoem de coração mas isso é mais que revoltante, mesmo eu sabendo que as leis devem ser cumpridas mas que leis nós temos? podemos considerar essa afronta como código penal? o camarada é preso, fica um tempinho de folga na cadeia, depois sai, comete coisa pior (…)
    será que eu vou ter que engolir a idéia de que um homicida hediondo é assim por que simplesmente a vida não deu o que ele queria? a crueldade não existe, a crueldade só existe por que a sociedade colocou esse sentimento no coração dessas pessoas? a sociedade inclui os milhões de pobres como eles que não optaram pelo crime.
    todos nós temos que lutar para mudar esse quadro político que se instalou no Rio, vamos votar certo, vamos procurar saber o que esses homens fizeram de bom e de ruim, eu concordo. vamos ver se votando certo esses homens conseguem mudar a nossa saúde pública, a nossa segurança, mudar tudo, está tudo errado meus amigos e amigas.
    eu perdi as esperanças, não acredito mais na política brasileira, um dia eu posso voltar a acreditar se derrepente mudarem o sistema penal, tirando isso é engodo.
    eu sou temente a Deus. mas o que podemos fazer? não temos prisão perpétua, temos que engolir sempre o tal do semi-aberto, temos que engolir sempre a reincidência, o que podemos fazer? eleição vai e eleição vem e nada muda, o presidente se preocupa em comprar avião de milhões e o secretário de segurança do Rio, que é GAÙCHO diz que o nosso Rio não é violento.
    protestamos, entramos em desespero e não somos enxergados, somos loucos e temos medo a toa, o Rio não é violento, o Brasil vive em plena paz.
    a sociedade merece tudo isso, não nós não merecemos isso, merecemos viver, dar chances a quem quer chance, merecemos tentar mudar sem sermos abatidos no meio do caminho por um vagabundo;
    temos o direito de ajudar, de dar a nossa mão para tirar o nosso semelhante do chão;
    merecemos ter a esperança de deixar um Brasil melhor para as próximas gerações, sempre olhando para o nosso lado, nunca para nosso umbigo.
    o papel da policia é muito difícil, tenho familiares policiais e vivo no dilema do certo e errado, quem tem policiais na familia sabe o que sentimos, a policia não precisa matar, não é esse papel, melhor que paguem tudo aqui nessa vida, só não tentem justificar o injustificável com novelas e funk, se a pessoa não quiser matar, se não quiser acabar com a vida de famílias não fará
    por gentileza eles não são coitados
     
     
    perdão pelo longo desabafo e fiquem com Deus
     
    jonasvieira71@yahoo.com.br
     
     

  101. Túlio Lemos,pedimos a prefeita de Natal Micarla de Sousa que por favor melhore a mal-iluminação natalina na avenida Itapentinga na zona norte de Natal no conjunto Santárem.
    Obrigado..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *