Início » Polícia

Operações em Sequência

Publicado em 13/11/2008 - Categoria: Polícia

Nossa, os dias têm sido atribulados, e ando meio desconectado por conta disso. Nada de anormal, o de sempre, mas o tempo ficou bem curto essa semana, e amanhã (sexta-feira) deve continuar no mesmo ritmo.

Fui convidado pelo Luiz Alexandre a participar de uma palestra sobre Polícia e assuntos congêneres; de início fiquei meio indeciso, não é muito meu perfil ser o centro das atenções hehe. Acabou que eu decidi que iria, mas o dia no trabalho foi tão frenético que mal deu tempo de tentar contactá-lo para avisar da impossibilidade. Desculpa aí Luiz! 😉 (Tentei chamar no rádio mas acho que você estava em um local sem sinal na parte da tarde, depois nem tentei mais).

O motivo principal foram as operações, desde sábado, trabalho em grande volume, e que vai se acumulando, pois não resolve-se de um dia pro outro. E ontem o couro comeu de novo, por acaso, durante operação de apoio à Delegacia de Atendimento ao Turista. Foi feita uma boa apreensão de armas e drogas, um belo derrame no tráfico local. Você pode saber mais lendo a notícia no Dia.

Dentre as armas apreendidas, além do “básico”, que são os fuzis calibre 5,56 e 7,62, uma surpresa: uma .30 (Ponto Trinta), novinha. Muito bem cuidada, lubrificada com óleo, profissional. Antes de vir para as mãos de traficantes, era do Exército da Colômbia Bolívia (obrigado HUGO). O que me leva a pensar se era à isso que o governador se referia, quando dizia que queria trazer o modelo se Segurança Pública da Colômbia, para o Rio. Aí sim faz sentido continuar pagando mal aos policiais, e manter o baixo efetivos. Pena que não se pensou em copiar essa parte do plano de recuperação da Polícia, feito lá, quando criminosos foram efetivamente extirpados dos quadros policiais, e o salário de quem ficou, triplicou. Isso não copiam, né.

Seguem então algumas fotos do material apreendido. Argh, mais de 5 mil papelotes de cocaína para contar, cansou:

9 comentários »

  • Hugo comentou:

    So retificando Edu que pra variar a ponto 30 apreendida é do exercito boliviano e nao do colombiano, cara deve ter mais 50 dessas apreendidas e todas de procedencia do exercito da bolivia, a PF ate agora nada, nao descobriu como q e essa rota?

  • Eduardo/RJ comentou:

    Putz, o que a cabeça estragada não faz kkk.
    Foi mal Hugo, tava pensando em uma coisa, escrevi outra… e o pior que fui eu quem fez a apreensão, e ainda coloquei foto no post com detalhe do brasão da Bolívia… putz kkkk

  • Poul comentou:

    Proponho que façamos uma devassa nessa Policia,
    Sugiram um nome, quem tiver provas, fotos, souber os podres, bens, amantes, etcs, enviem email, para o Dr, Guerra, com o Pacote pronto enviamos ao MP, TJ, STJ, STF, ONU, ONGs, Imprensa, Blogs, Internet. Pode ser qualquer um Investigador, Escrivão, Delegado, PM, Tenente, Coronel, e principalmente POLITICOS, somos Policiais esses crapulas corruptos vão nos enxergar por bem ou pela justiça, vamos mostrar a força, a inteligencia, a união, ninguem pode nos calar, investiguemos o nosso unico OBJETIVO de agora em diante é extirpar os BANDIDOS que polulam entre nós, quanto aos Plantões, OSs, daremos os 6,5% que merecem de atenção, ou ficamos de quatro para esta fila ou decapitamos quem estiver na fila. não precisamos prender caça niqueis, bocas de trafico, ladrão de carga, bicheiros, é só provar quem recolhe, ai a coisa muda cai o bandido cai o corrupto. vamos ver se não se incomodam. cumpramos com nosso dever de POLICIA.

  • Danillo Ferreira comentou:

    É curioso como a rotina do policial brasileiro, notadamente o carioca, está repleta de ações que, em lugares comuns, não deveriam ocorrer de modo rotineiro. O problema é que a repressão passou a ser a resposta política à problemática da segurança pública – e nos iludimos com a satisfação (legítima) de apreender armas e drogas que surgem como se brotassem do chão.

  • Eduardo/RJ comentou:

    É um caos. Naquela madrugada mesmo, enquanto fazíamos o procedimento de apreensão, conversávamos sobre isso. Não foi a primeira vez, nem será a última, infelizmente, que a Polícia do Rio apreende uma arma de guerra, que estava bem no meio da cidade, da “capital turística” de um dos principais estados do país. Uma arma calibre .30 que tem poder de atravessar sabe lá quantos barracos das favelas ou parede de edifícios. E existe um clima, principalmente entre as “otoridades” e imprensa de que é uma coisa que faz parte do cotidiano carioca. Um absurdo, o caminho acho que é ladeira abaixo.

    Amanhã tem mais operação, provavelmente mais alguns fuzis vão ser ‘recolhidos’ das mãos de traficantes. Ao mesmo tempo em que eles vão repondo as perdas, sem serem importunados. Desanimador.

  • Neto comentou:

    Bem, acho que esse tipo de operação é o típico trabalho de “enxugar gelo”, mas, infelizmente, tem que ser feito. Parabéns pela operação, de um jeito ou de outro…

    Uma dúvida: a PCRJ pode usar as armas apreendidas? Caso possa, como funciona a burocracia até poder usá-las?

    Obrigado, Eduardo, e continue postando.

    Abraço,

    Neto.

  • Eduardo comentou:

    Concordo Neto.
    Há possibilidade, mas depende de ordem judicial. Quando apreendemos alguma arma que valha a pena, representamos ao juiz, pedindo que a mesma seja depositada para a Polícia, de forma que a possamos utilizar. Mas é raro mesmo.

  • Carloa gomes comentou:

    Olá amigos tudo isso é interessante, mas tome cuidado eles querem tirar nossa aposentadoria especial abraços??? eles querem acabar com a policia daqui ha 10 anos estaremos ganhando 01 salário mínimo???

  • Ana Paula comentou:

    Olá Eduardo,

    Sou de Manaus, e essa semana descobri esse blog, fiquei impressionada com a realidade do trabalho de vocês, pois mídia escreve uma coisa, e ver a realidade escrita por aqueles que realmente fazem parte da história é bem diferente…
    Parabéns Eduardo e, todos aqueles que entram nesse blog questinando, discutindo novas idéias e tentando modificar um quadro que é evitado por muitos.

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.