Início » Revolução PCERJ

Resultado da Assembleia 27-10-08

Publicado em 27/10/2008 - Categoria: Revolução PCERJ

Inicialmente, desejo falar da grata surpresa de encontrar com um grande número de policiais civis na Assembléia de hoje. O número de presentes superou as expectativas, e pudemos ver o quanto a indignação está conseguindo nos unir.

Para quem não conseguiu comparecer nesse dia de feriado na Assembléia dos policiais civis, realizada em frente ao prédio da Chefia de Polícia Civil no Centro do Rio, divulgo aqui o que foi decidido, registrado em ata, e que será comunicado por ofício à Chefia de Polícia, Secretaria de Segurança Pública, e Chefe do Poder Executivo:

No dia 29 de outubro de 2008, quarta-feira próxima, foi deliberado e acordado pelos policiais civis e delegados de polícia presentes na assembléia, uma paralisação dos serviços das unidades policiais pelo período de 2 horas.

No horário compreendido entre 14:00 e 16:00 horas, os policiais que estiverem de serviço em suas respectivas lotações cruzarão os braços e não farão atendimentos nem darão continuidade as investigações em andamento. Os policiais vão, ainda, utilizar adornos simbólicos, com as cores da bandeira de São Paulo, como uma fita nas cores preto e vermelha.

Tal foi decidido para manifestar apoio e solidariedade aos policiais civis do estado de São Paulo, os quais vêm sendo reiteradamente vitimados pela fala de postura ética do governador José Serra, por sua prepotência, falta de competência administrativa, aversão ao bom diálogo e desrespeito às categorias que labutam na segurança pública em prol de toda a população do estado com a maior arrecadação do país, e que pior remunera seus profissionais.

Fica oficializado ainda Indicativo de Greve para o mês vindouro, paralisação esta a ser ainda decidida em nova Assembléia a ser convocada.

Outro fato, mas que não diz respeito ao governo(?) daqui, mas à vocês leitores, é que um representante da PCERJ já se encontra no Centro de São Paulo, representando os policiais civis do Rio, em manifestação dos policiais paulistanos.

Nada mais a acrescentar, ratificando, dia 29/10/2008, quarta-feira próxima, os policiais do Rio vão paralisar suas atividades no período de 14:00 até 16:00. Pelo ao menos aqueles que vivem com o salário ou não aguentam mais se sujeitar aos “bicos”.

obs: fico devendo imagens, pois apesar de estar com a câmera em mãos, não tive paciência para ficar fotografando/filmando, e além disso os discursos dos policiais que se pronunciaram no microfone foram imperdíveis, não podia me distrair… 😉

5 comentários »

  • Alessandro Roberto de Oliveira Paes comentou:

    se quiser eu te mando as fotos que tirei

  • Eduardo comentou:

    Opa Alessandro, quero sim, obrigado!

    Por oportuno: Belíssimo discurso você fez, além de palavras bem usadas, e idéias bem alinhadas, eivado em emoção. Muito bom amigo!

  • Benito comentou:

    Garimpei a seguinte notícias em dois blogs:

    “O que dizer do encontro de duas horas do Governador José Serra com integrantes da diretoria da torcida uniformizada Mancha Verde, em pleno Palácio dos Bandeirantes, conforme informou a Rádio Jovem Pan, sendo que há exatamente uma semana o nobre governador – que é um notório palmeirense – recusou-se a receber uma comissão de policiais civis que estão em greve? Depois, todos viram uma batalha entre policiais civis e militares, que por pouco não se transformou numa tragédia.” BLOG DO LAGUNA e

    “Se você somar tudo isso à indignação que o governador José Serra causou ao receber no Palácio do Governo o violento dirigente da Mancha Alviverde, Paulo Serdan, veja que, de repente, acabou a paz em Palestra Itália.

    Ainda mais que a Mancha se gabou na Internet: “Serra é palmeirense de verdade. Não recebeu a Polícia, mas recebeu a Mancha”.

    Que tal?” BLOG do JUCA KFOURI.

    Para os que não são de São Paulo a Mancha Verde é uma torcida de futebol, que tb tem uma escola de Samba. Acho que não é necessário ser paulistano para saber quela fama desta torcida organizada.

    Fantástico não?
    Um deputado do mesmo partido do governador deu uma entrevista declarando que tem mais medo da Polícia Civil do que do PCC. Será que quando roubarem o carrod ele ele vai ligar para a Penitenciária de Presidente Prudente?

    Enfim esta é a forma como o Partido que esta no poder trata a situação da Segurança Pública em São Paulo, o Governador prefere receber uma torcida organizada a
    receber sua polícia e um deputado do partido acho o PCC inofensivo diante da PC.

    Engraçado é que a imprensa não divulga…
    Pq será né?

  • Eduardo/RJ comentou:

    Benito: PUTZ!

    Bem, diga-me com quem andas e te direi quem és é bem cabível aí…

  • Paulo Roberto comentou:

    NÃO DIFERE NADA DO CABRALZINHO QUE DISSE PARA IMPRENSA QUE SINDICATO NÃO MANDA NÃO DECIDE NADA QUE QUEM FOI ELEITO COM MAIS DE CINCO MILHÕES DE VOTO FOI ELE. QUE PREPOTENCIA , ESTAMOS NA DITADURA DEMOCRÁTICA DE DIREITO. DETALHE FALOU ISSO EM RELÃÇÃO AO SINDICATO DOS AGENTES PENITENCIÁRIOS QUE DISSERAM QUE NÃO DARIAM VISITA PARA O COMANDO VERMELHO EM PROTESTO A MORTE DE DIRETOR DE BANGU 3

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.