Vai Piorar Um Pouco a Cada Dia

Acho que sou é sádico. Gosto de me sentir decepcionado, não sei. Mas lá estava eu, lendo a notícia sobre as últimas mortes de QUATRO policiais militares, e também do policial civil baleado. E caí na asneira de ler os comentários de leitores do jornal online.

Óbvio que não vou reproduzir nenhum aqui, é de revirar o estômago. E pensar que é esse o povo que reclama de sua força policial, mas que é incapaz de passar um dia sequer sem infringir uma lei. Que não se digna nem mesmo a abrir caminho para passagem de uma ambulância no trânsito engarrafado. Mas não se furtam a discar 190 quando são vitimados.

Considerem o pedido do blog Praças da PMERJ: Quem não trabalha, não erra. Quem não erra, não é punido.

Deixem para este governo(?), esta guerra que ele mesmo criou, instalado que está no poder há 10 anos no Rio de Janeiro. Não vale a pena, não é assim que cada um contribuirá para mudanças.

QUEM NÃO TRABALHA, NÃO ERRA. QUEM NÃO ERRA, NÃO É PUNIDO.

Vai piorar um pouco a cada dia…

Vai piorar um pouco a cada dia…

Vai piorar um pouco a cada dia…

24 ideias sobre “Vai Piorar Um Pouco a Cada Dia

  1. Mas na hora do sufoco todo mundo quer a Polícia! Passado o sufoco, distância dela! A sociedade é hipócrita, não tem jeito! Está ruim com a Polícia? Imadina sem ela!!
    Sabe que no caso desses PMs eu fiquei surpresa com as manifestações de solidadriedade por parte dos moradores. Achei legal. É difícil alguém enxergar os policiais como homens e mulheres antes de tudo, que têm uma família, que são amados, enfim…
    A gente não pode se entregar!

  2. Gostei da idéia, quem sabe assim, população e governo começem a dar o devido valor as polícias.
    Operação Tartaruga já!!!

  3. Queria fugir do assunto um pouco e fazer uma pergunta ao caro Senhor dupcerj, queria saber se o primeiro cargo a pcerj para quem tem o ensino médio seria investigador policial e se agora após a finalização do processo seletivo do último concurso de 2005 já teria previsão para um novo concurso, desde já um muito obrigado e que Deus os abençoe.

  4. Agora sim devo deixar aqui o meu comentário sobre estes últimos fatos que envolvem a instituição (polícia) em geral, também não entendo por que as pessoas se deixam levar tanto pelo que os jornais e revistas remetem, quando um policial se envolve numa situação que salva uma vítima, que sai como “herói”, essas notícias não passam nestes canais de comunicação, devia ser veiculado que a polícia em específico a polícia do rio hoje deve ser vista como um reduto de heróis, já que as condições as quais estão trabalhando somente pessoas incríveis conseguem sobreviver, são poucas as pessoas que em meio a essas fatalidades conseguem ver o lado do policial que sai de casa sem saber se vai voltar, isso por que as condições que o governo coloca a esses heróis são de dar vergonha, achei muito nobre da parte dos moradores do local onde esses pm’s foram executados em prestar esta homenagem, é isso que deveria ser feito todo dia, polícia é a mão que nós cidadãos de bem pede para nos ajudar quando precisamos, são eles os enviados por Deus na hora do desespero, são eles que vem com a luz para indicar o caminho na escuridão, admiro o ser humano hoje ainda tratar pessoas como estas como bandidos, não é assim que funciona, tem muita coisa pra mudar? Tem sim, mas não é dessa forma que vamos ajudar, eu estou no processo seletivo para soldado pm, e se não conseguir este ano, vou tentar a vaga pra oficial e se também não conseguir não vou desistir, por que são pessoas como as que visitam este espaço que me estimulam a seguir essa carreira, enfim eu deixo meus sinceros pesãmes a famíla desses heróis que hoje choram mas tenho certeza que estão com muito orgulho de seus entes por que eles foram na terra o que temos no céu, foram anjos que passaram aqui e hoje voltaram aos seus redutos continuando a nos ajudar no que puderem pois… Polícia é polícia em qualquer lugar e sempre estarão prontos a nos ajudar.
    Até mais.

  5. pq nao cria uma categoria aqui no blog
    pra dizer do crime contra os homens da lei e lembrar os honrados que foram vitimas

    vi agora que estao pondo flores e faixas em frente ao predio onde os 2 morreram
    uma faixa era +- isso

    “aqui morreram 2 seres humanos que trabalhavam em condicoes desumanas”
    pelo menos a sociedade esta se voltando agora pros homens de bem

  6. Pois é Eduardo…
    Você VIU o discurso que o Sérgio Cabral fez diante da TROPA quando da entrega de novas VIATURAS?
    Fiz um destaque de um trecho no meu BLOG porque não aguentei ficar RUMINANDO aquela baboseira sozinho…
    Fiquei com medo de VOMITAR e não conseguir jantar.

    É…
    QUEM NÃO TRABALHA NÃO ERRA, E NÃO É PUNIDO!

  7. É, a polícia está acabando e vocês estão como sapos esquentando na água… as forças militares não podem fazer greve, mas sabem o que podem fazer? Pedir baixa, sair. Agora, imaginem 39 mil policiais pedindo baixa, no mesmo dia, ao mesmo tempo. Melhor, imaginem os 39 mil PMs mais os 15mil PCs pedindo exoneração / baixa ao mesmo tempo, no mesmo dia. Para quê ficar vendo a coisa ficar preta? Vão embora. Todos juntos, lógico. Xeque-mate…

  8. Débora, já foi cogitado esse movimento entre os policiais civis. Mas obviamente não faria diferença, já pensou na proporção de gente que está na Polícia mas só precisa dela para assuntos pessoais? Sem chances, temos que buscar outras soluções. A Civil de SP já vai começar uma greve, espero que a adesão por lá seja melhor, da última vez foi pífia.

  9. Boa Noite Amigos,

    MARCIA, você está certissssssssssima, “ninguém chama Polícia para churrasco” “somente para encher laje”, mais não podemos nos entregar;

    DESANIMADO, não fique assim…Aqui em Minas quando tentamos negociar com o Governo e não obtivemos êxito, dei a ideia de fazer uma verdadeira Operação Padrão, a exemplo do que a Polícia Federal esta fazendo, incomodar bicheiro,banqueiros, caças níqueis, tudo que possa incomodar alguém e agora nós temos uma faca com queijo, goiabada e marmelada em nossas mãos, chama-se “LEI SECA” esta dá IBOPE;

    DEBORA, temos que agir pela razão, pois sabemos que existem muitos puxa-sacos em todos os níveis, tanto aqui como aí;

    EDUARDO, você como sempre, um líder nato e com os pés no chão.

    Um forte abraço a todos e boa sorte.

    BRADOCK

  10. Haha Bradock, pés no chão eu sou sim, mas não tenho o menor perfil de líder hehehe sou apenas um vagão na locomotiva, o que não podemos é ficar parados.
    Abração.

  11. entao vamos la edu, concordo que não podemos é ficar parados, mas o que vamos fazer?

    cada um sai de sua casa gritando “fora governo corrupto”, “salarios dignos pros policiais”, vamos tomar ovada

    o problema é o comodismo e o individualismo, hj as pessoas protestam com a bunda no sofa vendo novela

    quer fazer passeata? me chama
    quer acampar na frente do palhaco da guanabara? eu tenho barraca
    quer fazer alguma coisa? é so chamar

    somos pau pra toda obra, vamos movimentar entao e fazer acontecer de verdade

    []s

  12. Já fizemos uma no início deste governo, e deu certo.
    A Operação Padrão realmente incomoda os bacanas, mas funciona, só não podemos divulgar quando e onde.

  13. o que doi e colegas da Propia Corporação sendo

    desunidos. preferem se entregar a Fazer.. alguma Coisa.

    Pode Não ser Facil mais se todos Fossem Unidos….

    Encheram tanto a bola do Menino Morto.(Pelos Pms)
    Porém ve se saiu estampado a Familia dos Policiais
    Mortos por assasinos saiu? Não Saiu?

    a indiferança da Sociedade com a Policia Principalmente

    com a Pm… e muito…. Grande.. Porém so sabem julgar

    e condenar agora quando eles São assasinados,

    a coisa Muda….. Totalmente a a Primeira Pagina

    vem Falando de Futebol…]]

  14. Pois é, como disse, eu não tenho dom para liderar movimento nenhum, não obstante vez ou outra tentar motivar os policiais a lutarem por sua própria valorização.

    Nos bastidores, o movimento está andando, mas ainda é considerado cedo para manifestações públicas. Parece que já foi estabelecida uma programação, mas divulgar com antecedência facilita o trabalho dos traíras pendurados no governo. Esperemos com otimismo 🙂

  15. ESTÁ RUIM COM A POLÍCIA…. VAI FICAR PIOR AINDA SEM ELA!!!!!! SÓ ASSIM IRÃO DAR VALOR… DIZEM QUE SÓ DAMOS VALOR QUANDO PERDEMOS ALGUMA COISA…. OPERAÇÃO PADRÃO NELES!!!! AÍ EU QUERO VER QUEM VAI PROIBIR DE TRABALHAR HE…HE…HE…HE…HE…
    UM FORTE ABRAÇO
    BRADOCK

  16. Ninguém chama polícia pra churrasco porque a polícia não existe pra isso. Sua missão institucional é a da defesa, da segurança, da investigação.
    Não se sintam privilegiados por ver, cotidianamente, notícias ruins sobre as polícias. É uma preferência da imprensa dar ênfase aos aspectos negativos em detrimento de notícias que passariam à população uma imagem melhor das instituições.
    É assim com o Judiciário, com o Legislativo. Também com as polícias.
    A população espera uma conduta íntegra dos policiais. Que isso sirva de estímulo. Que no futuro sejam poucos os infiéis e todos severamente punidos.

  17. Ricardo: de fato, não há que se esperar coisas do gênero, claro que metaforicamente falando.
    Porém em qualquer corporação, pública ou privada, em qualquer lugar do mundo, existem pessoas bem e mal intencionadas. Que as mal intencionadas ganhem destaque nos jornais, é previsível, a imprensa é como urubu, vive sobrevoando carniça, gosta das coisas podres e dela sobrevive, porque é disso que o homem comum gosta, e isso é que rende os altos lucros.
    Mas que não se espere serviço minimamente decente onde os bem intencionados, pela fama dos maus, perdem o respeito, ficam com a imagem do que há de pior na face da Terra, e que ainda sejam obrigado a passar privações junto com a família. Uma corporação onde os maus sejam eventualmente punidos, mas os bons consigam ter uma vida decente, tem chance de funcionar a contento. Isto porque o ser humano é potencialmente depredador, e onde houver ser humano, haverá destruição, corrupção e afins.
    Contudo comparar as condições de pessoas honestas que trabalham no legislativo e no judiciário, com as pessoas de bem das polícias, é no mínimo forçar a barra, pois lá, para os nem intencionados, o salário não deixa rico mas banca a subsistência digna. Aqui não.

  18. o que falta respeito, para quem server à sociedade.

    carteiro, gari, policial…
    de pelo menos um ‘bom dia’, com certeza ele vai ganhar o dia, é o minimo de educacao e reconhecimento.

    sao pouquissimos, mas eu ainda vejo uns predios que dao garrafa dagua pro gari

    nao é regra, mas como gostam de dizer, é cidadania

    um abraco e um otimo dia
    🙂

  19. Sim, os bem intencionados sofrem a fama dos maus. Isso em qualquer classe ou grupo, principalmente quando esses maus constituem a maioria do grupo. Eu pergunto: Na polícia há mais gente bem intencionada ou mau intencionada? Fico até constrangido em responder… a começar por mim, que tinha boas intenções e saí antes mesmo de ser aprovado noutro concurso público.
    Solução pra isso, não vejo alguma que não passe por retirar do grupo aqueles que comprometem o grupo. Isso acontece?
    Sobre passar privações, infelizmente também não é privilégio dos policiais. Já viu como anda a remuneração do professor? Claro que merecem mais, não só os policiais.

  20. Eu diria que a maioria hoje na polícia é MAL intencionada. E a corregedoria só funciona para 5% destes maus, que cometem as infrações, em tese, mais leves. Vale dizer que os ladrões de verdade não são importunados.

    A diferença entre a polícia e outros segmentos do serviço público é que o policial não pode ter mais de uma matrícula, como os médicos ou professores. Ou seja, o salário de mil reais para um médico é aviltante, face às exigências do curso de medicina, mas este valor corresponde a 1 plantão semanal, de 24 horas. Além de outros plantões, ainda pode atender em clínica particular.
    Professor pode dar aula o dia todo, em conseguindo conciliar os horários, no município, estado, e iniciativa privada.
    Nisso o policial que quer efetivamente trabalhar na polícia se ferra. E, quando não dá pra segurar, corre pros “bicos” da vida, que passam a ser a prioridade, porque dão mais retorno financeiro. Acaba tirando o plantão da delegacia já cansado, preocupado com outros assuntos, e pouco se lixando para as ocorrências.
    Problema dele? Sim, é, por isso cada um se vira como pode. Quem se dá mal contudo somos todos nós, que não temos segurança pública, que temos uma polícia judiciária que não investiga.
    Eu cobro melhores salários, mas principalmente porque acredito que do jeito que está, é melhor fechar as portas. Se vou ser diretamente beneficiado, não há dúvidas, afinal sou policial civil. Mas tenho certeza de que o benefício, a médio prazo, será muito maior para mim, mesmo que deixe a carreira na Civil: viver com menos insegurança. Eu compro essa idéia, e a defendo.
    Como você, pode ser que eu parta para outra carreira fora da polícia, volta e meia me inscrevo em concursos não-policiais. Mas mesmo assim, vou continuar pregando o que prego aqui, pois não vai adiantar eu ganhar 6 mil de salário e não poder comprar um carro legal, ou comprar e morrer em um assalto. A vida segue, a violência é para quase todos, a segurança é para poucos.

  21. Em outros estados da federação nao é diferente meus amigos, estamos a merce de um codogo de normas ultrapassados, onde o ordenamento juridico maior a nossa CF, é desrrespeitada dia a dia, onde impera a vontade subjetiva do superior hierarquico, que te sacrifica no seu dia de folga escalando em escalas extra e não pagando o valor devido por este serviço extraordinario, chega tá na hora de dar um basta e nos unirmos em plor de causas justas, não aceitar tudo e dizer amem, temos que ser claros e objetivos, e lutar por nossos direitos, recebemos por 40 hs semanais trabalhadas, o que vem acontecendo em muitos estados da federação é que tão arrebentando com o psicologico do PM, esquecem que vc é um ser humano que tem uma familia que precisa do teu sagrado descanço para organizar sua vida particular e afetiva, não sendo escravo de uma instituição onde vc tem que estar 24 hs diarias a disposiçao….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *