O Futuro do Brasil, o país do futuro…

Não tinha atentado para a notícia no site do Globo, mas o atento editor do blog Grupo PCERJ jogou no ar o caso. Caso de Polícia, aliás, foi como o Globo classificou a notícia. Então o negócio é conosco!

A Notícia é esta: “Estudantes protestam contra a proposta de criação da graduação em Segurança Pública na UFF”. Ora bolas, pensei ao ler apenas a chamada, os estudantes hoje em dia não fazem mais protestos nem passeatas, a exemplo da geração anterior, para contestar nenhum dos absurdos que lemos diariamente nos jornais. E resolveram se mobilizar e protestar justo contra a criação de um novo curso em sua faculdade?

Só lendo a notícia descobri que o tal curso de Graduação em Segurança Pública era temido pelos graduandos da Universidade Federal Fluminense, pela possibilidade de atrair POLICIAIS para o campus!

O Inspetor Figueiredo já pontuou muito bem o assunto. Então nem vou entrar no mérito da discriminação com cidadãos apenas porque exercem profissão de segurança pública. Vai que depois alguém tem a brilhante idéia de criar cotas para policiais que não têm chance de frequentar faculdade.

Hipocrisia. É a palavra que melhor define a rebeldia estudantil. Ou alguém ainda tem dúvidas do porquê de tanto medo de um provável convívio com pessoas de bem que são policiais? Sim, porque nem adianta aquela baboseira de “policial é tudo (sic) violento e ladrão”. Este tipo de policial não está procurando estudar ou acumular conhecimentos, está te roubando na esquina.

Ah, mas com policiais honestos por perto, fumar maconha e cheirar cocaína, ou ainda consumir drogas sintéticas… é furada né. E, dado à personalidade dos estudantes-policiais, não tem “desenrolo”!

No mínimo, a sociedade deveria ficar estarrecida com o fato. Tão estupefata quanto fica quando vê um guarda aceitando um vale refeição para rasgar uma multa de trânsito. Mas não é bem assim né.

Não me dei ao trabalho de fazer nem uma pesquisa básica na internet, mas aposto como uma boa parte dos sociólogos-poliçólogos famosos, que hoje dominam a mídia e ocupam cargos de poder na área de segurança, vieram das graduações da UFF.

Querem saber, estudiosos da UFF, vão plantar batatas. Ou melhor, vão plantar maconha. Mas coloquem no Orkut o endereço pra eu fazer uma visitinha depois…

21 ideias sobre “O Futuro do Brasil, o país do futuro…

  1. isso de droga em faculdade é do tempo do ronca
    tem uma faculdade particular que libera o terraço como fumodromo

    o vagabundo vai pra faculdade fumar e nao estudar, isso realmente é uma pena
    as escolas publicas ja nao ensinam mais e nas faculdades esta essa vergonha
    belos jovens formamos no Brasil

  2. Mas são um bando de sem-vergonhas mesmo. Um dia a vida dá o troco a eles… (assim ao menos espero).

    “Querem saber, estudiosos da UFF, vão plantar batatas. Ou melhor, vão plantar maconha. Mas coloquem no Orkut o endereço pra eu fazer uma visitinha depois…”

    Essa foi mto bem colocada, hahahaha!

  3. É evidente que uma boa parcela de alunos da UFF não iriam suportar a presença de policiais ao redor, pra que, pra estragar a festa? Este grupo bem definido prega a falsa liberdade, como observamos no cartaz acima, escancarando e rotulando tal grupo, pretendendo plantar a canavis sativa sem ser molestado pelo braço forte do Estado, isto (pra eles) é uma ideologia.
    O Brasil, Estado Soberano, conserva suas Leis e suas Instituições Policiais. No que tange as normas jurídicas, o cidadão não pode alegar desconhecimento, sendo capaz de direitos e deveres na ordem civil. No tocante ao poder de Polícia, o Agente está investido deste, para fiscalizar e manter a ordem quando necessário, porém nossa sociedade não deseja ser fiscalizada, almeja liberdade para tudo e assim como torcem para a seleção brasileira, todos são policiólogos após se formarem em qqr área, dai é só perguntar e já estão com a pronta resposta: Segundo ROSSEAU, o homem é bom por natureza e a sociedade é que o corrompe, e segundo o Prof. XXXX, o crime não existe, é um processo de definição social, é a necessidade de uma determinada sociedade, não sendo para outra…..
    Isto é natural, ou melhor sintético, pois os efeitos das drogas produzem várias alternativas, ora o bacharel solicita mais policiamento nos logradouros, e ora colocam que não precisam de Polícia, como na música.
    PCERJ – Parabéns pelos 200 anos.
    Simpson

  4. Evidente que não e Novidade..?

    Pare e Pense ? Policial na Faculdade pra Que?

    Iria atrapalhar a Galerinha da que tem Dinheiro

    pra se Drogar… e ou Não e..? e Detalhe qualquer Coisa

    que o Policial fosse Fazer.. seria Obvio que a Garotada

    ia Simplesmente.. Dizer : – Tavendo a a la o Policial

    abusando do Poder que tem…

    e Sendo que .. Muita das Vezes o outra e quem vem

    falar besteira pro Policial… que Rala pra Caramba

    e ainda tem que enfrentar esse babacas Riquinhos. Que

    so Sabem Fumar e Cheirar e Comer essa Patricinhas

    vagabundas.

    Parabèns .PCERJ Pelos Seus 200 ANOS.

  5. Os Policiais já podem estudar na UFF com bolsa.
    Curso de Segurança Pública.
    – Se Deus é por nós, quem jogará contra?
    A Universidade é Pública, o curso é de Segurança Pública, e somos Funcionários Públicos.
    Consumir drogas em público vai de encontro aos nossos princípios morais, e não será admitido.
    Força e Honra Brasil.
    Simpson

  6. Esta é a nossa sociedade…..
    Repleta de preconceitos, mas não admitem suas falhas, mazelas e dependências químicas.
    Vivem de ilusão e nas frases feitas, vejamos.
    “é proibido proibir”, – então como poderiam proibir a entrada de Policiais nas salas de aula ? ? ?

    Simpson.

  7. São os legítimos representantes de nossa sociedade, por isso o Brasil é o País do futuro, e que futuro…!

  8. falou tudo Simpson
    muitos lares sofrem com dependentes quimicos e os pais fecham os olhos, preferem nao acreditar que isso esteja destruindo sua familia

    nao é dificil descobrir se os filhos usam drogas, o comportamento e as atitudes mudam

  9. … Esqueceram .. Policial tem Direito a Tomar tiro na
    bunda de Bandido, se f… na Operação Troca tiro durante 2h, ficar se a Familia, Arriscado.. a Morre.. e
    detalhe Recebendo Um Miseria de Salario..

    Menos as Coisas Boas.. Bom Salario, Bom equipamento.. e Faculdade…

  10. O meu direito termina quando começa o de outro cidadão – Este antigo ditado, mesmo com outras palavras, tem previsão em Lei.
    Todo cidadão, policial ou não, é titular do direito ao ingresso numa Faculdade e disputar uma bolsa de estudos, seguindo as regras exigidas pela banca.
    Neste caso os aluninhos contaminados da UFF viajaram na marola, e incorreram em diversos Artigos, mas sabem que não seram punidos por apologia às drogas, preconceito, formação de quadrilha ou bando e outros.
    É só pesquisar no CPB, na CFRB/88, porém acredito que metade daquela turminha ainda nem abriu os Códigos, por estarem pancadões.
    A Universidade é Pública.
    O vestibular é Público.
    O curso é de Segurança Pública.
    Somos Funcionários Públicos.
    Onde está a anomalia, senão na cabeça de alguns, que carregam a bandeira da liberdade, fumando o cachimbo da PAZ. Esse é o futuro??

  11. Esse movimento representa uma visão deturpada de democracia, mas é a famosa democracia brasileira, o jeitinho de valorizar o que se pretende.

  12. Todos estão sendo monitorados…. (O)
    Tolerância ZERO.
    Vamos limpar o Campus.
    O careta também é cidadão.
    Diga não às drogas, nunca é tarde.

  13. No abajur…… (o)

    Mesmo antigo, o abajur será aplicado hoje e sempre, em qualquer Campus de ensino.
    DROGAS, o nome já diz tudo.

  14. O que realmente ocorre no CAMPUS da UFF é que com as “bolsas de cursos divertidos ofertadas” pelo nosso ilustre presidente Lula, a rapaziada metida a cineastas fazem festinhas regadas a bebidas, sexo e drogas.
    Esta é a verdade. Tirei meu filho do meio desta zona que existe dentro da UFF. Os universitários que estudam com seriedade para um futuro melhor, são a favor da segurança na UFF (POLÍCIA NO CAMPUS) – os que protestam são os babacas que “fazem cinema” e outras matérias ridículas que “implantaram” na UFF e que puxam o fumo livremente, sem policiais para atrapalhar. Felizmente sabemos que o proximo presidente do Brasil eliminará (sem dúvida) os “cursos divertidos” e serão ministrados novos Cursos Profissionais na UFF. Enquanto isso não ocorre nossos jovens dos “cursos divertidos” continuarão a puxar fumo, livremente, e não desejarão a polícia por perto.
    É lamentável no que virou esta Universidade modelo, após a loucura do sr. Lula implantar estes cursos grátis para pobres. Agora eles podem puxar-o-fumo livremente, junto com os estudantes ricos.

  15. Pingback: Eis o Futuro do País — Caso de Polícia

  16. ACREDITO QUE UM ESTUDANTE E UNIVERSIDADE FEDERAL TEM O DIREITO DE ESCOLHER SE QUER MORRER DE AIDS, HEPATITE, ANOREXIA, ETC… MASS O MEU FILHINHO DE 7 ANOS NÃO TEM ESSE DIREITO, LIXO HUMANO [VICIADOS DOENTES]ESTÃO OFERECENDO DROGA PARA ELE, TRAFICANTES DE ÓRGÃOS, ATÉ MALDITOS PEDÓFILOS (PEDERASTAS) ESTÃO TENTANDO ABUSAR SEXUALMENTE DELE, ELE NÃO TEM O DIREITO DE ESCOLHA, SE NÓS (SOCIEDADE NORMAL, PAIS DE FAMILIA, HETEROSEXUAIS [SE É QUE TEMOS AINDA O DIREITO DE O SERMOS] TRABALHADORES, NÃO FIZER MOS ALGO RÁPIDO, RADICAL , LEGAL, AMANHÃO NÃO TEREMOS O DIREITO SEQUER DE RESPIRAR SEM SERMOS PROCESSADOS, REFENS DE LEIS INJUSTAS, PROPAGANDAS ANTI- NATURAIS, NOVELAS TENDENCIOSAS, E QUEM LER ISSO SABE, NOÉ COLOCOU NA ARCA CASAIS DE BICHOS , MACHO E FÊMEA, DESABAFEI…( AINDA BEM QUE EU AINDA POSSO SER HETEROSEXUAL, ANTI DROGAS E PACIFISTA, ATÉ QUANDO??? ( SE NÃO CONCORDAR RESPONDA TEREI O MAIR PRAZER EM EXPOR MELHOR AS MINHAS IDÉIAS..

  17. Pode desabafar, Sergio Mota, pq quem é pai e sabe como está este mundo, fica preocupado com os seus. Por isso escrevi tanto neste tema.
    Não somos contra os jovens q se drogam, contudo reprovamos suas ações.
    O adolescente que “faz a cabeça”, estraga a saúde, talvés seu bem maior durante a vida, comete erros graves, alguns irreversíveis, gasta a grana dos pais, que ficam duros, tristes e impotentes diante do quadro, e por fim enriquecem os traficantes, com “direito” a compra de armas e munições, atingindo em cheio nossa sociedade com apoio da mídia contaminada, q inventaram a tal “bala” perdida para colocar a culpa na Polícia e verder jornal.

  18. PUTZ — conheço a rapaziada. É dose , meus amigos.
    Os alunos de “cursilhos divertidos grátis” já não são mais do “Cinema-Teatro-TV” – estão infiltrados em direito, letras, pedagogia… devemos separar o joio do trigo. Só existe uma universidade lá. Essa história de “4 em uma” não cola mais.
    Existe uma FACULDADE no Campus: exatas; humanas; biológicas.
    ATENÇÃO CUIDADO —> se seu filho (a) faz outros cursos na UFF possivelmente ele está lá apenas para transar, cheirar pó e fumar maconha. Mesmo que se forme nos “cursos divertidos” e realmente desejar trabalhar no mercado, a primeira atitude inteligente dele será esconder o “diploma” (na verdade é um certificado de conclusão de coisa nenhuma) pois quem é do ramo sabe que estes estudantes são babacas folgados e incompetentes, que não conseguiram adentrar numa Universidade de qualidade. Pobres pais. Pobre rico Brasil.

  19. Cai nesse blog/site sei lá o quê por acaso.

    Só para esclarecer a uma certa desinformada, o curso de Cinema da UFF foi criado há mais de 40 anos e pólo irradiador da cultura cinematográfica de qualidade no Rio e referência no Brasil.
    Obviamente, de um pessoal de baixo nível que ganha a vida atirando em pobres e negros, não podemos esperar outra coisa além da afirmação de que o curso de Cinema é um curso inútil.

    Afinal, arte é para poucos. O que a humanidade quer é que fascistas pobretões como os policiais, que se matam pelos fascistas ricos que ficam sempre incólumes, saiam metendo bala em pobre, preto e $%#.

    A UFF é para intelectuais, não para policiais de merda irem lá discutir sobre qual a melhor forma de receber propina.

    Desculpem, mas a verdade dói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *