Início » Notícias em Análise

Comemorações e Fatos Recentes

Publicado em 01/06/2008 - Categoria: Notícias em Análise

Os policiais civis estão em festa no Rio de Janeiro. Não deu tempo de fazer um post legal sobre o assunto, e bem que tentei editar alguns vídeos para ilustrar o caso, mas hoje vi que já tem material suficiente para cada um formar sua opinião. E deixo ainda meu parabéns e agradecimentos à Polícia Federal por começar fazer o que todas as corregedorias e o Ministério Público do Rio não fazem.

Sensacional a participação do Inspetor Piccolo no programa de debates da Rádio Manchete. Recomendo que ouçam a gravação do programa dividido em 4 partes, que o próprio Piccolo disponibilizou no Youtube:

Link para a parte 01

Link para a parte 02

Link para a parte 03

Link para a parte 04

Algumas reportagens em jornais, que servem para explicar à quem não é policial, porque determinados crimes são impossíveis de se combater. Ocorre de tudo, desde transferências arbitrárias para delegacias distantes (punição geográfica, como chamamos) até esvaziar por completo todos os recursos de uma DP, como retirar viaturas, impedindo o deslocamento dos agentes:

Álvaro Lins, do PMDB: matéria do Globo relembra a trajetória do atual deputado no serviço público. Quando era Capitão da PMERJ já era alvo de investigações. Passou na prova para Delegado da PCERJ, e teve sua entrada impedida na pesquisa social. O Governador na época o colocou no cargo a força.

Garotinho, do PMDB: sempre alvo de denúncias, investigado, até hoje não houve prova que fizesse o poder Judiciário tomar qualquer atitude contra ele.

Deputada suspeita, e portas abertas no Ministério Público: como aconteciam as ligações no esquema.

Se não quer roubar, sai fora: escutas telefônicas revelam como as delegacias eram loteadas, e os policiais que ousassem lutar contra o sistema acabavam punidos de alguma forma.

Delegacias Caixa 2: como equipes arrecadavam dinheiro para financiar campanhas eleitorais, de vários deputados hoje eleitos e em atividade no Rio e em Brasília.

Gráfico do Globo com fotos e denúncias contra cada um dos acusados.

Desculpa esfarrapada: ex-governador tenta se justificar mas se enrola todo.

Delegacia Fazendária: responsável por identificar e investigar empresas que lesem os cofres públicos.

Bom, os deputados da Assembléia Legislativa decidiram mandar soltar Álvaro Lins, apesar da Justiça Federal ter avalizado a legalidade do flagrante pelo qual foi preso. Anotemos os votos dos deputados, lembrando que mais da metade dos políticos da ALERJ são investigados por crimes diversos:

Queriam aceitar a decisão da Justiça e manter Álvaro Lins preso: Alcides Rolim (PT) ; Alessandro Molon (PT) ; Cidinha Campos (PDT) ; Comte Bittencourt (PPS) ; Fernando Gusmão (PCdoB) ; Flavio Bolsonaro (PP) ; Gilberto Palmares (PT) ; Inês Pandeló (PT) ; Marcelo Freixo (PSOL) ; Nilton Salomão (PMDB) ; Olney Botelho (PDT) ; Paulo Ramos (PDT) ; Rodrigo Neves (PT) ; Sabino (PSC) ; Wagner Montes (PDT).

Deputados que decidiram mandar soltar o Álvaro Lins, contrariando a decisão da Justiça Federal: Alessandro Calazans (PMN) ;Anabal (PHS) ; Aparecida Gama (PMDB) ; Atila Nunes (DEM) ; Audir Santana (PSC) ; Beatriz Santos (PRB) ; Chiquinho da Mangueira (PMDB) ; Coronel Jairo (PSC) ; Délio Cesar Leal (PMDB) ; Dica (PMDB) ; Dionisio Lins (PP) ; Domingos Brazão (PMDB) ; Wilson Cabral (PSB) ; Edino Fonseca (PR) ; Edson Albertassi (PMDB) ; Fábio Silva (PMDB) ; Geraldo Moreira da Silva (PMN) ; Gerson Bergher (PSDB) ; Glauco Lopes (PSDB) ; Graça Matos (PMDB) ; Iranildo Campos (PTB) ; João Pedro Figueira (DEM) ; João Peixoto (PSDC) ; Jorge Babu (PT) ; Jorge Picciani (PMDB) ; Luiz Paulo (PSDB) ; Marcelo Simão (PHS) ; Marco Figueiredo (PSC) ; Marcus Vinicius (PTB) ; Mario Marques (PSDB) ; Natalino (DEM) ; Paulo Melo (PMDB) ; Pedro Paulo (PSDB) ; Rafael Aloisio Freitas (DEM) ; Rogerio Cabral (PSB) ; Ronaldo Carlos de Medeiros (PSB) ; Sheila Gama (PDT) ; Sula Do Carmo (PMDB) ; Tucalo (PSC) ; Waldeth Brasiel (PR)

Deputados que faltaram à sessão e preferiram se omitir: Alair Correa (PMDB) ; Altineu Cortes (PT) ; André Corrêa (PPS) ; André (PV) ; Armando José (PSB) ; Graça Pereira (DEM) ; Jodenir Soares (PTdoB) ; José Távora (DEM) ; José Nader (PTB) ; Marcos Abrahão (PSL) ; Nelson Gonlçalves (PMDB) ; Pedro Augusto (PMDB) ; Roberto Dinamite (PMDB) ; Zito (PSDB).

É isso aí pessoal, deixemos tudo isso anotadinho aqui para referências futuras.

6 comentários »

  • O Justiceiro comentou:

    Gostaria de ver isso acontecer em SP…

  • Valente comentou:

    É muito engraçado, agora aparecem diversas autoridades alegando desconhecer os fatos (Vide Blog de segurança pública do jornal o dia). Façam o favor de respeitar os leitores e tenham a dignidade de manter-se calados em relação ao assunto.

    E vida longa a PF.

  • Eduardo/RJ comentou:

    Justiceiro: eu também! Mas depende de vontade política… :/

    Valente: quem, seja da imprensa, do governo ou da Polícia, alega desconhecer estes esquemas está mentindo. Aliás, saber é muito fácil, está escancarado, a imprensa não cobre melhor e joga as dúvidas no ar, provocando a ação dos órgãos competentes por pressão porque não quer. O difícil, para quem tem que investigar, é provar os fatos. O MP deixou correr, sabe-se lá porque, mas a PF chegou junto. Tá valendo, é um passo pra frente.

  • Débora comentou:

    FDP. Eu votei na legenda do PV, desgraçado. Vou perguntar ao André o que era mais importante do que manter esse sujeito preso.
    Aliás, interessante a “oposição” e o “governo”. DEM e PSDB votaram em massa com PMDB, enquanto o PT votou como oposição… interessante!!!!!!!!!
    Excelente, Eduardo.

  • Eduardo/RJ comentou:

    Débora: por isso não voto em legenda hehehe pelo ao menos meu candidato (aliás, o que eu votei e a minha segunda opção também) desempenha sua função legislativa, na maioria das vezes, em sintonia com o que eu próprio penso, inclusive nos discursos, o que é bom.

    Mande e-mail, reclame. Os políticos do PDT (que não é o partido do candidato que elegi) costumam responder quando se envia reclamações, não sei os de outros partidos.

  • Simpson comentou:

    O cidadão brasileiro deveria ter o direito de votar para retirar aquele Político que estivesse envolvidão, e não para eleger por força de uma informática, previamente corrompida. Isso que vivemos não é e nunca será uma Democracia que gere efeitos “erga ominis”.
    É como dito nos corredores de nossa Instituição.
    – O Sistema só protege o Sistema, e outras frases que ilustram bem a História do Rio de Janeiro, contudo o Deptº de Polícia Federal não compactua com o poderoso Sistema regional.
    Caso recente o do Deputado Jairo e seu filho, que se dizem “inocentes” no envolvimento com as milícias. São cerca de 35 Deputados respondendo a Processos Judiciais e que votarão pela manutenção do Dep. Álvaro Lins, o nosso Estado tem dinheiro de sobra em caixa, mas está falido em moral, ética e todos os princíopios básicos que devemos passar para os nossos jovens.
    Se formos falar de Garotinho e Rosinha, daria uns 3 livros, afinal são 8 anos no Sistema. O Dep. Jairo era lider do Partido no governo da Rosinha …………
    Enfim, necessitamos de uma Democracia plena e justa, entretanto em Brasília só se fala na possível reeleição do Pres. Lula, é brincadeira !
    PCERJ – Parabéns pelos seus 200 anos .
    Simpson.

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.