Início » Notícias em Análise

Maquininhas, ah, as maquininhas…

Publicado em 17/12/2007 - Categoria: Notícias em Análise

O Flit Paralisante deu a dica e fui conferir. Realmente boa a reportagem da Band, que após simplória e basilar investigação constatou a relação imoral existente entre os criminosos e contraventores que exploram as “maquininhas” e alguns servidores públicos que calharam de ser da Polícia Civil.

A matéria constata o óbvio, o óbvio que parece escapar diante dos olhos atentos da Corregedoria da Polícia Civil. Escapa ao olhos do governador, que não determina o combate, ou se determina não exige o cumprimento. Escapa aos olhos de muita gente, mas não de um Delegado que teve o peito, a audácia e a “loucura” de dar nome aos bois, iniciando uma investigação, vergonhosamente, de órgão diverso do constitucionalmente criado para tal. Se a Polícia não investiga, abram-se o palco para o Ministério Público. Inconstitucional, ilegal, é certo. Mas é o que temos, e é com o que contamos, infelizmente.

Tem coisas porém que a Corregedoria não perde tempo para investigar, como uma mensagem do editor do extinto Blog Cultcoolfreak, o Roger. Infelicidade para todos nós que gostamos dos blogs policiais, e afirmo, será um blog que fará falta, posto ter sido um dos que me inspiraram a começar o Caso de Polícia.

Mas isso tudo só acontece em São Paulo. Ainda bem que aqui no Rio de Janeiro não tem dessas coisas… né?

[youtube xN-qYpK9eOQ]

Vídeo Delegado e Maquininhas se não abriu acima.

11 comentários »

  • Jorge comentou:

    Eduardo,
    Não esqueçamos que tudo começou com uma coisa que nem crime é: o jogo do bicho.

  • bradock comentou:

    É vergonhoso, aqui em MG, a Polícia Federal desencadeou uma Operação de Combate as Maquininhas e Bingos com 350 Agentes , foram presos 18 pessoas muitos veículos e dinheiro, os presos ficaram uma semana na cadeia, já estão soltos, as maquininhas voltaram as ruas no outro dia após a operação eu pergunto e aí? Será quem ninguém esta vendo elas de volta ?

  • Benito comentou:

    Concordo…com quase tudo….menos com relação ao MP não poder investigar…continuo achando mero lobby corporativista…com intuito de proteger interesses…
    Aliais o grande defensor desta tese na Camera dos deputados é o Marcelo Itagiba….o que fala por si só…

  • Eduardo comentou:

    Jorge: é verdade, e ao menos aqui no Rio o lucro da contravenção do jogo do bicho ainda é bem forte, algo de raiz dos cariocas, todos acham besteira reprimir a jogatina… a população merece mesmo…

    Bradock: aqui no Rio as coisas continuam na mesma também.

    Benito: eu estudei o assunto mais a fundo nos últimos meses (monografia) e cheguei à este pensamento jurídico, mas como qualquer coisa no Direito, existem correntes divergentes hehe. No fim, como cidadão, eu torço para que o STF julgue ao arrepio de minha convicção jurídica, e legitime o poder investigatório do MP. Daí o lance fica meio contraditório: se eu acho que o MP não pode investigar diretamente, porque eu quero que investigue? Porque não acredito que tão cedo as polícias judiciárias, ao menos as estaduais, possam ser eficientes e independentes do domínio político/financeiro das organizações criminosas/políticas.
    Quanto ao MP, mesmo com todas as garantias constitucionais, ainda vemos membros corruptos; na máfia dos caça-níqueis aqui mesmo cairam uns 3, mas o caso é abafado.
    No mais, uma de minhas metas profissionais desde que iniciei os estudos é chegar ao cargo de Promotor de Justiça (apesar de não ter o sobrenome certo), e por isso mesmo rejeito o rótulo de corporativista na defesa de minha tese. MAS é só uma tese, e no mundo real, de carne e osso, fico do teu lado 😉
    Mas que as maquininhas espalhadas por aí são uma vergonha e um atestado de corrupção de todos os órgãos públicos, inclusive a Polícia Civil e PM, isso é!

  • bradock comentou:

    Amigos, são coisas sobrenaturais que acontecem que nós seres normais e informados, ficamos a vagar por aí sem acreditar que isto tudo está acontecendo e acreditando que o CRIME ORGANIZADO, está vivendo em uma “ILHA DA FANTASIA”, onde tudo dá certo para eles. Só para vocês terem uma ídeia, certa vez um nobre PROMOTOR, aqui, foi sorteado para investigar se havia Cartel dos postos de combustíveis, Investigação muito difícil de se fazer (rsrs) tendo em vista que somente um cidadão possuia na época mais de 15 Postos de Abastecimento (Mais rsrs). Passados alguns dias este Valente diante das Câmeras de TV estranhamente veio a declarar que estava renunciando ao levantamento uma vez que em Belo Horizonte um Promotor já havia sido morto por isto. É brincadeira ouvir isto, e ninguém falou em mais nada a respeito do caso.

  • Eduardo/RJ comentou:

    Uma coisa que me deixa sem saber o que pensar é porque alguns Promotores e Juizes tem policiais fazendo sua segurança. Temem por sua vida, por tomarem, no exercício de suas funções, decisões que desagradam pessoas perigosas?
    Ora, os policiais fazem isso todos os dias, são ameaçados todos os dias, têm suas famílias ameaçadas todos os dias e estão lá, cumprindo seu dever (alguns né). Se tem porte de arma, se vira e qualquer coisa pede auxílio po… ou, se tá com medo por que veio? Ou, se não quer brincar não desce pro “play”… ou tá na chuva é pra se molhar… 😉

  • Bradock comentou:

    Corretíssimo Eduardo, quem vai fazer segurança de um policial que é ameaçado todos os dias ? Se tá com medo, vai ser tia, vai dar aula para o “prezinho” ou será que no “prezinho” a violência também impera. rsrsrs
    E ainda, quando falamos em Gratificação de periculosidade por aqui, falam que nós não temos direito, porém, diversas categorias por aqui recebem inclusive o Ministério Público. Um forte abraço a todos.

  • chaves comentou:

    Voces elegem as pessoas que fazem as leis
    As leis são capengas.
    A corupção é algo necessario a sociedade brasileira
    que espera sempre por um “jeitinho”
    Então que tal continuarem falando do rabo dos outros
    sentados em seus próprios rabos????…..

  • Priscila comentou:

    A corrupção na Polícia é algo muito difícil de superar e também de se consertar.

    algumas pessoas nunca vêm o que fazem.
    Criminosos são punidos, todo o tipo de gente que comete um crime seja grande ou pequeno é julgado inocente ou culpado. Nem sempre as pessoas que julgam são as únicas certas, as vezes elas cometem um erro. Mas uma érgunta que não se cala: E os policiais são julgados da forma que devem? São procurados do mesmo jeito que os criminosos?

    Meu texto não ficou muito bom mas isso não é o que interessa.
    O que interessa são as perguntas feitas pelo Brasil e no nosso Globo.

    Não sou professora nem uma pessoa importante para a sociedade, sou apenas uma cidadã que tem interesse de saber.

  • andre comentou:

    A corrupção na Polícia é algo muito difícil de superar e também de se consertar.

    algumas pessoas nunca vêm o que fazem.
    Criminosos são punidos, todo o tipo de gente que comete um crime seja grande ou pequeno é julgado inocente ou culpado. Nem sempre as pessoas que julgam são as únicas certas, as vezes elas cometem um erro. Mas uma érgunta que não se cala: E os policiais são julgados da forma que devem? São procurados do mesmo jeito que os criminosos?

    Meu texto não ficou muito bom mas isso não é o que interessa.
    O que interessa são as perguntas feitas pelo Brasil e no nosso Globo.

    Não sou professora nem uma pessoa importante para a sociedade, sou apenas uma cidadã que tem interesse de saber.

  • andre comentou:

    Corretíssimo Eduardo, quem vai fazer segurança de um policial que é ameaçado todos os dias ? Se tá com medo, vai ser tia, vai dar aula para o “prezinho” ou será que no “prezinho” a violência também impera. rsrsrs
    E ainda, quando falamos em Gratificação de periculosidade por aqui, falam que nós não temos direito, porém, diversas categorias por aqui recebem inclusive o Ministério Público. Um forte abraço a todos.

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.