Bem vindo ao Rio de Janeiro

Ou, Welcome to the Jungle, como diriam alguns.
onibus em chamas

Está difícil postar aqui, sobra material para debate, embora falte tempo e resistência física deste que os escreve para ficar diante do computador no fim do dia.

Gostaria apenas de comentar a notícia do jornal O Dia:

Secretaria de Segurança nega vazamento em mega-operação

Rio – Cerca de 650 policiais civis e militares ocuparam as favelas do Complexo da Penha por quase toda a quarta-feira, com apoio de oito blindados e do helicóptero Águia. Apesar de todo o aparato, a mega-operação teve resultado inexpressivo: duas pessoas foram feridas, dois homens detidos e 26 motos foram apreendidas. Os mandados de prisão contra líderes do tráfico na região não foram cumpridos.

Apesar de os policiais já terem sido recebidos com a interdição de uma rua por um ônibus em chamas, a Secretaria de Segurança nega que tenha ocorrido vazamento de informações. “O grande aparato mobilizado pode ter chamado a atenção dos moradores, que devem ter visto as equipes chegando ao batalhão de Olaria. Mas não temos nenhum indício de vazamento”, afirmou o subsecretário estadual de Planejamento Operacional, Roberto Sá. Para o sub-secretário, o que “tornou a operação vulnerável” foi o defeito mecânico em quatro dos oito blindados envolvidos na operação.

De fato, está correto a afirmativa da Secretaria. Não houve vazamento de informação. O que houve foi divulgação da operação, a exemplo de todas as outras ocorridas recentemente.

Hoje, ao chegar no stand de tiros da PCERJ no bairro Caju, além de dezenas de viaturas policiais, destacavam-se os carros da rede globo, Record, Band e jornais impressos. Os repórteres e cinegrafistas, ao contrário de grande parte dos policiais que ali se concentravam, trajavam colete à prova de bala, sem falar que seus carros são blindados. Que legal, bom pra eles. Pior para a família de mais um policial militar que morreu durante a operação.

De bom, deixo um videozinho que fiz quando o helicóptero Águia da Polícia Civil decolou, partindo em direção à operação policial no Complexo do Alemão. Acho esta aeronave uma máquina fantástica, fascinante, então vai o vídeo para quem também gosta.

Link para o vídeo da decolagem do helicóptero Águia da Polícia Civil do Rio, se não abriu acima.

8 ideias sobre “Bem vindo ao Rio de Janeiro

  1. Bom dia Amigos,
    Existem algumas máximas que gostaria de deixar registrado por aqui: “Segredo, passou de uma pessoa a outra tem que morrer para poder ser segredo”, “Quem marca Operação policial não é e nunca foi a Polícia e sim os bandidos” , basta observar os resultados, reuniões em sala com ar condicionado não combina com operação policial.

  2. …è bom participar de de algo onde não existam imbecís falando pelos cotovelos e falando inverdades da Polícia de uma forama geral.
    Queria deixar registrado aquí o meu protesto quanto aos baixos salários recebidos pelos policiais ( estaduais ) de todo o país, nada adianta rádios digitas, armas sofisticadas, coletes , medalhas, etc. se o companheiro não consegue esquecer os problemas domésticos que em sua maioria são ligados ao financeiro.
    Como pode um indivíduo tentar resolver o problema da população se não resolve nem o seu.
    Que Deus nos ajude.

  3. Acho brilhante esse trabalho e tambem muito importante, espero um dia estar voando junto de voces no aguia ou no pelicano, ja estou fazendo aula na Edra Aeronautica.

    Desde agradeço a todos!!!

    Flávio Ferreira

  4. alguém pode me dizer como um policia faz pra ficar no helicoptero?

    alguém manda eles ou eles podem sai subindOo??

    gratOo!

  5. Queria parabenisar todos vc do aguia que prestar serviço pro rio de janeiro todo ariscam suas vidas tentando salvar a de outros eu acho isso muito bonito um gesto de carinhoo ao proximo parabens pelo seus serviços……

  6. Olá pessoal meu nome é junior tenho 13 anos e gostaria quando eu ficar de maior meu sonho é entrar na policia militar queria entrar no grupamento aguia hoje o que tenho para falar é isso muito o brigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *