Início » Vídeos Policiais

Depois do Tropa, Sete Minutos

Publicado em 08/10/2007 - Categoria: Vídeos Policiais

O verossímil filme de ficção sobre o BOPE da PM fluminense levantou a questão sobre a ação policial dentro das favelas, com uso de métodos de tortura e assassinatos a sangue frio, sem qualquer tentativa de prender o criminoso.

A opinião pública, para horror dos “ólogos”, parece apoiar esse tipo de conduta. Um dos pontos que leva à este pensamento é que não adianta prender porque a Justiça vai soltar, o que, em uma análise instantânea, não deixa de ser verdade.

Mas existe ainda o outro lado da moeda. Quando o criminoso faz tudo aquilo e mais um pouco. Policiais identificados durante roubos são friamente executados, mesmo diante de sua família. Isso quando não são seqüestrados para dentro das favelas, onde sofrem torturas certamente muito piores das que maus policiais impõem na mesma favela.

Os moradores das favelas também são vítimas dos mesmos bandidos que não denunciam, alegando medo. Por esquecerem-se que podem fazer denúncias anônimas e ajudar a Polícia a identificar com precisão cada marginal, e a localização de esconderijos de armamentos, acabam sofrendo nas mãos dos traficantes torturas bem piores que a dos policiais que agem ao arrepio da lei.

E ainda, os traficantes são vítimas de si mesmo. Guerras por pontos de drogas ou “posições hierárquicas”, o que vale é a lei do cão. Execuções são golpes de sorte, perto do que pode sofrer um sujeito desses durante torturas planejadas com requintes de perversão por seus próprios ex-colegas.

Tudo isso porque assisti um curta metragem no site Porta Curtas, patrocinado pela Petrobras, que disponibiliza gratuitamente um enorme acervo de filmes independentes. Estou falando do filme Sete Minutos, que foi apresentado no Festival do Rio 2007 juntamente com o, agora oficial, Tropa de Elite.

Sete Minutos segue o mesmo enredo do filme protagonizado pelo Capitão Nascimento. Só que não tem Polícia no roteiro. Na verdade, a guerra é entre os próprios traficantes, mas os métodos adotados são idênticos aos retratados no Tropa.

Um traficante local é alertado sobre a presença de outro traficante, e parte ao encontro deste para um acerto de contas. O objetivo é matar o rival a qualquer custo, mesmo que tenha que matar e torturar os moradores de “sua” comunidade. O final é previsível para quem trabalha no meio policial.

Enfim, curta o curta Sete Minutos, que retrata com fidelidade como é o clima nas favelas, território onde não reina a soberania do Estado brasileiro e onde os policiais quando entram têm que matar para não morrer. E façamos uma análise sobre o quão efetivo é o serviço policial, se o próprio policial age da mesma forma que o mal que combate.

Filme Sete Minutos, morte no trafico
Clique na imagem para assistir Sete Minutos

2 comentários »

  • Civil Simpatizante comentou:

    Desafio a nossa energia.

    abasteça o carro e glamurize a bandidagem…

  • dupcerj comentou:

    Boa tirada, um desafio à nossa energia hehe

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.