Semana do Policial Civil – RJ

Dia do Policial Civil

Estamos na Semana do Policial Civil do Rio de Janeiro, com várias cerimônias programadas, iniciando-se ontem com uma Missa de Ação de Graças. Hoje, dia 25 ocorrerá na ACADEPOL a entrega de medalhas de Honra, Fidelidade, Devotamento, e a homenagem póstuma de Devotamento aos policiais civis mortos em serviço.

Ali o que me chamou a atenção foi a proporção das medalhas, que, vá lá, devem significar alguma coisa.

A Medalha Honra é entregue aos Policiais Civis “pelo notório desvelo, pelos valores éticos nos quais está fundada a autoridade institucional da Polícia”, e foram assim distribuídas:

  • Delegados de Polícia – 24 agraciados;
  • Inspetores de Polícia – 10;
  • Oficiais de Cartório Policial – 04;
  • Inspetor/OCP classe Comissário – 04;
  • Perito Legista – 01;
  • Perito Criminal – 01;
  • Papiloscopista – 01.

A Medalha Fidelidade, aos Policiais Civis “que distinguiram a Instituição Policial pelos relevantes serviços prestados à comunidade, exemplos de honra e abnegação no cumprimento dos deveres” desta forma:

  • Delegados de Polícia – 13 agraciados;
  • Inspetores de Polícia – 12;
  • Oficiais de Cartório Policial – 02;
  • Inspetor/OCP classe Comissário – 01;
  • Perito Criminal – 04;
  • Investigador Policial – 02;
  • Papiloscopista – 01;
  • Técnico Policial de Necrópsia – 02.

A Medalha Devotamento, aos Policiais Civis “pelo profissionalismo em suas missões executadas com risco de vida e da saúde, concorrendo com o engrandecimento e renome da Polícia Civil”:

  • Delegados de Polícia – 07 agraciados;
  • Inspetores de Polícia – 05;
  • Inspetor/OCP classe Comissário – 02.

A Medalha Devotamento em Homenagem Póstuma:

  • Inspetores de Polícia – 01;
  • Oficiais de Cartório Policial – 02;
  • Investigador Policial – 02.

Observe que nessa última, a tiragem ganhou disparado, aliás, por WO.

Pois estranho me parece a proporcionalidade das homenagens, considerando a distribuição dos servidores pelos diversos cargos da Polícia Civil se incluirmos seus dirigentes. Calculo que deva ser adotado o mesmo critério da Promoção por Merecimento, portanto. Ah, mudam-se as moscas, mas… é, é sempre a mesma.

Ocorrerá também no dia 04 de Outubro a grande Festa de Confraternização, a ser realizada no Salão de Festas da OAB/RJ, com sorteio a uma passagem com acompanhante para Buenos Aires. Ah, mas o “convite” é adquirido por adesão, ou seja, mediante din-din, e considerando o local da festa e o brinde, nem quero saber quantos por cento do meu salário eu deveria empenhar se resolvesse participar da confraternização da minha categoria profissional.

Campeonato de TiroMas nem tudo é derrota na Semana do Policial. No Sábado, dia 29/09/07 ocorrerá o tradicional Campeonato de Tiro, uma saudável competição exclusiva para os policiais civis. Eu já me inscrevi, obviamente não espero passar do último lugar, mas a intenção é apenas a de poder praticar um pouco o disparo de arma de fogo, afinal, só assim né…

E você, vai participar? Eu vou lá pagar meu mico, depois coloco aqui imagens do evento.

Agora, só para lembrar um evento que de fato é de nosso interesse, dia 28, sexta-feira próxima é a reunião dos representantes dos papa charlies com o governador, e está marcada a concentração da categoria em frente ao prédio da Chefia de Polícia, a partir das 12:00 horas.

Ainda, na véspera, dia 27 o pessoal está marcando um novo encontro, um cafezinho, almoço, sei lá o nome. Compareça também, encontro em frente, pra variar, da Chefia, mas se informe melhor no Grupo PCERJ já que aqui a área é pública 😉

6 ideias sobre “Semana do Policial Civil – RJ

  1. Pronasci prevê polícia sem armas de fogo e mais próxima da comunidade

    Por Redação, com ABr – de Brasília

    As armas de fogo dos policiais brasileiros deverão ser substituídas pela conversa e a proximidade com a comunidade, e as viaturas, por bicicletas. É assim que o governo federal quer que ajam as polícias militar e civil de todo o país. Este é o conceito da polícia comunitária, carro-chefe das políticas federais para o combate à violência reunidas no Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

    — O atual modelo de policiamento é ilusório. Você vê a polícia passando e tem a sensação de segurança, mas não tem segurança — afirma o diretor do Departamento de Pesquisa, Análise de Informação e Desenvolvimento de Recursos Humanos em Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça, Ricardo Balestreri.

    Para ele, é necessário substituir essa polícia por uma que dê prioridade ao diálogo com a comunidade, que seja indispensável nas reuniões de moradores. — Um modelo de proximidade com policiais caminhando nas ruas, andando de bicicleta. Mas se o modelo predominante é a viatura, ele passa o dia inteiro na viatura com a janela fechada —.

    No novo modelo, a arma de fogo continua sendo usada, mas não será predominante. — Vamos substituir por uma arma não letal, como um rádio comunicador para pedir ajuda —.

    De acordo com o diretor, o que mais incomoda o cidadão é a falta de liberdade cotidiana de ir e vir, é ter o seu salário roubado no fim do mês, a filha ameaçada sexualmente, a falta de segurança dentro da sua própria casa. — Esses fenômenos a gente reduz muitíssimo [a partir da adoção do novo modelo de polícia]. Há experiências no Brasil setorizadas que reduziram de 30% a 60% o índice de violência e criminalidade —.

    Ele cita um exemplo prático. — Se está havendo roubo de botijão de gás, vamos dar dicas à sociedade do que fazer para diminuir o problema. Ao mesmo tempo, vamos ouvir da sociedade o que ela acha que a polícia precisa fazer —.

    Para Balestreri, a polícia comunitária é um excelente exemplo e a polícia precisa voltar a ser exemplo. Ele lembra que a exceção ao novo modelo é o crime organizado. — Evidentemente não é a polícia comunitária que vai acabar com o crime organizado, que tem que ser combatido com tecnologia de repressão qualificada —.

    Ainda assim, para ele, o que vai reduzir o crime organizado são as ações de investigação de inteligência, como políticas de combate à lavagem de dinheiro, infiltração e identificação dos chefões.

    O diretor lembra que o atual modelo de policiamento foi introduzido com o golpe militar em 1964. — O combate à violência não funciona sem respeito aos direitos humanos. Desde 64, temos modelos de policiamento que não são respeitadores, que tentam acabar com a violência através da bordoada, da prisão, da matança. Não dá certo combater os criminosos da mesma forma que eles, do mesmo jeito que eles fazem com a sociedade. A gente se assemelha a eles —.

  2. Salve Eduardo!
    Sempre fico me perguntando porque no Dia do Policial Civil a competição que é feita sempre é uma competição de tiro.
    Você não acha estranho?
    Será porque é mais fácil para organizar?
    Não seria mais adequado uma competição de INVESTIGAÇÃO?
    Já cheguei até a BOLAR uma para usar em um curso para NOVOS POLICIAIS mas…
    Vida que segue…
    Será que um dia seremos PROMOVIDOS?

  3. Figueiredo: vou começar pelo final: NÃO porque somos chatos e atrapalhamos o bom andamento das coi$as 😉

    Competição de investigação? Fiquei curioso agora hehehe

  4. Pingback: Dia do Policial ano 2008 — Caso de Polícia

  5. EU, NESTA DENUNCIA SOU UNS DOS COMERCIANTES QUE NÃO PAGA SEGURANÇA, E JÁ FUI ASSALTADO 03 TRÊS VEZES. E, HOJE O “SEGURANÇA”(JAGUNÇO) DO VALNER, O TAL DO COELHO, AMEAÇOU DE MORTE NA RUA ÀS 16:30 DA TARDE-26/02/2010 NO CENTRO DE CABO FRIO, PRÓXIMO A CASA DE CÂMBIO E BANCA DE REVISTA COM UMA FACA NA MÃO EM PLENA RUA SEM NENHUM TEMOR E AINDA DESCRIMINOU O CIDADÃO QUE ELE ESTÁVA AMEAÇANDO. ELE CHAMOU O CIDADÃO DE PARAIBA DE MERDA QUE VEIO DE LÁ DO (NORDESTE)PARA PEDIR ESMOLAS AQUI EM CABO FRIO. DISSE O COELHO VOLTA PRA TUA TERRA PARAÍBA DE MERDA!!!! AÍ ESTAR AMEAÇA DE MORTE DESCRIMINAÇÃO E PORTE ILEGAL DE ARMA BRANCA(FACA) E AINDA CHAMARAM A POLICIA PARA O CIDADÃO (O PARAÍBA!!) QUE POR SUA VEZ NÃO É DA PARAÍBA MAS; SIM DO MARANHÃO. JÁ QUE O TAL DO COELHO AFIRMA SER DA AERONÁUTICA POR INVÁLIDEZ (UM ELEMENTO DE 28 ANOS,) COMO O É QUE MESMO ANDA COM FACA(ARMA BRANCA) E ARMA DE FOGO NA PONCHETE E NINGUÉM FAZ NADA! TEM GENTE QUE SE DIZ MUITO SABIDA E INTELIGÊNTE; MAS FICAM MANDANDO LINKS PARA TENTAR LOCALIZAR QUEM FAZ A DENUNCIA, MAS, NÃO PROCURAM SABER SE A DENUNCIA É VERDADEIRA OU FALSA. OS CORRUPTOS SEMPRE TEEM MUITOS “AMIGOS” PORQUÊ DAR DINHEIRO E TEM PODER NA MÃO. QUANDO VIAJO PARA OUTROS ESTADOS AS PESSOAS DE LÁ DIZEM QUE NUNCA VIRAM UM ESTADO TODO CORRUPTO TEM UMA CULTURA CORRUPTA!!! NOS OUTROS ESTADOS TEM CORRUPÇÃO MAS NÃO É TODO CORRUPTO!! FALAM MUITO MAL DO RIO DE JANEIRO PRINCIPALMENTE NO EXTERIOR. TER É UMA COISA E SER É OUTRA COISA. TENHO UM AMIGO! QUE JÁ MANDOU ESTE EMAIL PRA MAIS DE 100 ORGÃOS PUBLICO DAQUI DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E NINGUÉM FAZ NADA. HÀ LUGAR NOJENTO É ESTE EU NÃO SINTO RAIVA NEM ÓDIO EU SINTO NOJO DESTE ESTADO QUE EU NASCI!! ISTO É UMA DENUNCIA!!

    ESTE É O CABEÇA DA QUADRILHA–valner alves dos santos, diz: quem pensar em colocar ele no tribunal regional do trabalho t.r.t., à família vai receber no além………..
    Por favor; isto é uma denuncia! se, meus dados forem publicados eu e minha família corre o risco de morte. O denunciado é que tem que ser investigado e não quem faz a denuncia, Farei algumas perguntas aos os Senhores Doutores; expliquem-me se pode ou não pode; se, puder, perdoo-me a minha ignorância. 1-um funcionário publico do estado aposentado(por invalidez) militar pode ter 10 funcionários trabalhando para ele sem os direitos trabalhistas de domingo à domingo(sem recolher f.g.t.s.,carteira de trabalha assinada,inss,risco de vida,férias,13*no ano etc, e o próprio denunciado não tem cnpj) pode?? 2-pode um funcionário publico militar aposentado ter cnpj?? 3-pode um funcionário militar aposentado usar a máquina publica a seu favor(como ligar para viaturas e dizer: é sub-tenente tal e a viatura vim em segundos, pode??) 4-pode um funcionário publico militar e aposentado por invalidez ter um carro de 100 mil reais incompatível ao seu salário de aposentado, pode?? 5-pode este que eu estou falando fazer tudo isto e não fazer declarações à receita federal, pode?? 6-pode o mesmo falado nesta denuncia ter porte de arma e se pode ter, duas(02) armas, mostrar aos comerciantes no centro da cidade que tem as armas para fazer segurança particular, pode?? 7-pode mais de três(03) elementos que trabalha para o citado acima coagir e ameaçar os comerciantes fecharem seguranças para o tal sub-tenente, pode?? 8-pode um elemento de nome pacheco que trabalha para o mesmo citado acima dizer para um comerciante que se não tiver ninguém olhando a loja dêle a placa da loja pode amanhecer no chão, pode?? 9- pode o mesmo obrigar os comerciantes pagar 50,60 ou até100 reais por semana para ele,pode?? ai os senhores dizem! porquê esta pessoa não faz a denuncia ao ministério publico da cidade? ai eu respondo: alguns sargentos que trabalha pra ele tira serviço no ministério publico da cidade! ai os senhores dizem; porquê ele não faz denuncia no serviço de inteligência(P.2) do batalhão da cidade! ai eu respondo: porquê o serviço de “inteligência” e, é conivente, sabe e alguns dêles trabalha de vez enquando com o mesmo citado acima na denuncia. o denunciado chama-se: (Valner alves dos santos)-sub-tenente aposentado por invalidez 58 anos e mora em são pedro da aldeia, o mesmo mora na rua: lar dos filhos n*15 bairro: porto do carro, tem um carro do ano 2010 fusion ford 04 portas preto,um gol prata 4 portas kmm.5112 e um gol 4 portas vermelho kow.7262,ele sempre guarda num estacionamento particular para ninguém pegar a placa e nem chamar atenção! (região dos lagos) r.j. telefones do mesmo é:022-99728965 e 022-26484141. tem como cúmplices: cremilson, que tem um carro fox prata zero(2010) e, é braço direito do Valner.(SGT)rubens,(SGT)laranjeiras,(SGT)alfredo rosa,(SGT)bernar,(SGT)antonio carlos,(SGT)”coelho”(o tal de coelho amando do valner espalha no comércio que é aposentado da aeronautica para não despertar direitos trabalhistas só que o tal do coelho tem 28 anos e, é ex-guarda-municipal de cabo frio contratado),junior,pacheco,odir, silas francisco e “jibóia”. OBRIGADO PELA ATENÇÃO, UM CIDADÃO BRASILEIRO!! uma observação: quando um comerciante não paga ao o VALNER, em 15 dias o comérciante é assaltado!!! extorção indireta: art.160-peculato:art.312-ameaça:art.147-porte ilegal de armas:art.16-formação de quadrilha:art.288-sonegação fiscal: lei n*4.729 ou art.34-trabalho escravo(quem trabalha de domingo à domingo e não tem direitos trabalhistas nenhum(horário da milícia das 08:30 às 23:30):lei n*406/2002 arts.598e606 ou art.149…e etc.. É UM ABSURDO: OFICIAIS DA P.M. E ATÉ OFICIAIS DAS FORÇAS ARMADAS; NÃO TER UM PADRÃO DE VIDA E ATÉ CARROS QUE O CORRUPTO SUB-TENENTE APOSENTADO VALNER ALVES DOS SANTOS TEEM. AGENTE VÊ NA T.V. ATÉ GOVERNADOR INDO PRESO, MAS; AQUI NUMA CIDADE TÃO PEQUENA COMO CABO FRIO-R.J. UM SIMPLES SUB DE P.M., FAZ TUDO ISTO E NINGUÉM FAZ NADA!!!!!!!!!! SERÁ QUE TEM GENTE GRANDE POR TRÁS???? TALVÉS! MAS SÓ SE FOR MAIS PODEROSO DO QUÊ O GOVERNADOR DE BRASÍLIA, MAS NÃO ACHAMOS QUE NÃO!!!os senhores vão perguntar; porquê este senhor estar mandando isto para à aeronautica?? aí eu respondo: é por que o tal de coelho que trabalha com o milíciano valner(sub-tenente da p.m. do rio de janeiro de cabo frio) e, fica falando para os comerciantes que é aposentado da aeronautica do rio e anda armado!! uma observação: o mesmo só tem 28 anos e anda com um documento de vocês falsificado mostrando para todo mundo aqui em cabo frio. o coelho na verdade dirigia em lotações,depois foi para a guarda-municipal e depois foi expulso por ser muito violento, arrogânte,altivo e soberbo!!! SOCORRO!! URGÊNTE!! AJUDE-NOS!cabo frio espera uma solução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *