Início » Notícias em Análise

O Conturbado Tropa de Elite

Publicado em 16/09/2007 - Categoria: Notícias em Análise

Tropa de Elite, o filme

O filme já deu o que falar no Rio de Janeiro.

Primeiro o “vazamento” de uma versão não acabada do Tropa de Elite, que acabou com o indiciamento de um funcionário da empresa que fez as legendas para o filme (para exibição no exterior), já que segundo Inquérito Policial em trâmite na DRCPIM (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial) da Polícia Civil/RJ, uma das cópias feitas originou a grande onda de CD’s piratas nas mãos dos ambulantes em todas as esquinas da cidade, e foi febre nos downloads pela internet.

Incursionando no Inferno, a Verdade de TropaDepois reportagem do jornal O Globo que deu a entender que o Tenente Coronel PMERJ Mário Sérgio Duarte – autor do Blog Segurança Pública, idéias e ações, acusava o filme de ser na verdade baseado muito mais em seu livro, “Incursionando no Inferno – A Verdade da Tropa” do que no livro “Elite da Tropa”. A reportagem depois acabou desmentida por Mário Sérgio, que negou que pensasse em processar o diretor José Padilha e sua equipe.

Depois, um grupo de Oficiais PMERJ que servem no BOPE intentou uma ação visando impedir a exibição do Tropa de Elite, afirmando que o filme atacava a corporação e violava a honra, a dignidade e a integridade física dos policiais. A juíza da 1ª Vara Cível porém negou as liminares, concluindo que as críticas foram feitas sobre ao “sistema”, e não é possível pelo filme identificar o BOPE, a PM, o jogo do bicho ou os políticos como sendo “O Sistema”.

Finalmente, o tão falado longa, que custou mais de 10 milhões dos cofres públicos através de incentivos fiscais da Lei de Incentivo à Cultura, deve estrear oficialmente no dia 20 próximo no Festival do Rio 2007. Ah, mas é só para convidados VIP’s, os pobres mortais que quiserem assistir ao filme só têm o piratão disponível por hora.

Se porém o “não VIP” e dileto leitor (e eu) quisermos ver uma prévia do Tropa de Elite sem virar criminoso, pelo ao menos já foi lançado o trailer oficial. Nem precisa de tapa-olho. 😉

[youtube 0jeTL9hC3Wg]

Se não rodou, clique aqui para assistir Tropa de Elite

11 comentários »

  • Roger comentou:

    Vendo o que as novelas da rede globo entendem como “polícia” (com delegados, investigadores e PMs trabalhando na mesma delegacia dos policiais militares) Talvez o cinema consiga trazer a desgraça da segurança pública no Brasil. Mas só talvez, porque são muitas. O BOPE é uma realidade do Rio, apesar da miséria e violência ali presentes serem comuns a todos nós.

    O que temos de positivo nesse fato é o vazamento do filme na internet. Um tapa na cara dos “VIPs”.

  • Mário Sérgio de Brito Duarte comentou:

    Prezados amigos

    Gostaria de esclarecer algumas questões acerca da polêmica envolvendo o filme Tropa de Elite e o meu
    livro Incursionando no Inferno – A Verdade da Tropa.
    Como tenho declarado e consta na minha obra, eu o registrei na Biblioteca Nacional no ano de 1994.
    Em 2003, a pedido do Capitão Pimentel, entreguei-lhe uma cópia, num encontro que tivemos e no qual estava junto o cineasta José Padilha.
    Sobre haver plágio da minha obra, aí compreendendo sua totalidade ou seu resumo, suponho qua tal não exista, malgrado seja necessário assistí-la após seu lançamento: o que há disponível nos sites de internet não permitem uma conclusão.
    Também, como declarei, há fatores que não podem ser desprezados na decisão que terei que tomar, e aí está presente uma amizade que, mesmo sepultada (por outras questões já tornadas públicas em antigo artigo meu para O Globo), refreia-me nesse sentido.
    Por fim, jamais iria tentar impedir a veiculação do filme simplesmente porque não se censura arte.
    O filme é arte, e se acena como das melhores.
    Fica assim para o futuro qualquer decisão a respeito.
    Atenciosamente

    Mário Sérgio de Brito duarte
    Tenente Coronel
    Caveira 37

  • dupcerj comentou:

    Roger: dessa vez a “ralé” saiu na frente hehehe. Torço para que minha geração esteja viva no dia em que não precisaremos mais de setores como o BOPE em seus quadros, e que o Estado esteja presente em todos os cantos…

    Mário Sérgio: tenho certeza que tão logo o filme seja liberado para nós mortais você tomará as atitudes necessárias, se for o caso. O trabalho intelectual é muito mais valioso que o material, e o reconhecimento tem que ser feito, independente do filme ser um sucesso ou não.
    Outrossim, lembro que este site está de portas abertas se for necessário a divulgação dos fatos que vierem a surgir, não obstante o espaço próprio de vosso Blog, o qual, por oportuno, rogo que seja atualizado mais vezes!! Queremos ler mais textos com seu ponto de vista!

  • vagner comentou:

    Bom, não sou a favor da violência, mais a nossa realidade e essa, vivemos em clima de guerra, moro no estado do Pará, aqui o não tem favelas como o complexo do alemão, mais estamos incluso nessa mesma realidade, somos prisioneiros numa sociedade defasada pela violência, currupção e mais uma porçao de fatores, eu ja assisti o filme “Tropa de Elite”(piratão e claro, eu não sou vip),o filme e show, retrata a corrupçaõ q existe na policia, e ao mesmo tempo, policiais que não corruptos, e dificil você da duro todos os dias, e na volta pra casa, é abordado por vagabundos que te roubam ainda por cima te humilha, e por muita sorte te deixa vivo. Ai se pensa, não , prende e vamo reabilitar o cidadão, a pelo amor de deus, fala serio, cade preso custa em media pro governo 800,00 reais por mês, eu quanho 500,00 pra ser honesto e trabalhador, é sustentar esses politicos corruptos.. e Brasil.. parabens aos policiais que honram suas fardas, é não da pra atirar em vagabundo de 38 né, se eles responde de m-16, lugar de vagabundo é no inferno.

  • Marco Aurélio comentou:

    Acredito que o “Tropa de Elite” é um divisor de águas no cinema Brasileiro, de um lado tinhamos uma elite artística que fazia seu papel de “defesa aos direitos humanos” e consumia(consome) drogas estimulando e financiando o tráfico (por mais que insistam isso não é um chavão! é real!) e do outro lado tinhamos a grande maioria da população que não aceita mas cala em virtude de não poder falara a celebre frase “-poe na conta do Papa” mas cada vez mais indiginam-se perante o descaso, desrespeito que é levada as pessoas de bem neste país. sou a favor do BOPE da ROTA da ROTAM e de todos os destacamentos de operações especiais que atuam de forma a resolver o problema da população. sinto muito dizer mas quando uma pessoa aprende a ganhar o dinheiro fácil e intimidar as outras pela força , principalmente por não termos o direito de legítima defesa, precisamos delas. agradeço a Deus por este filme!! chega de Carandiru!! chega de direitos humanos que não se preocupa com o trabalho escravo do Pará!! chega de Maconheiro FDP!! chega!! quero o Rio de volta!! quero a paz de volta!! CAVEIRA!!!!!!!!

  • Marco Aurélio comentou:

    Acredito que o “Tropa de Elite” é um divisor de águas no cinema Brasileiro, de um lado tinhamos uma elite artística que fazia seu papel de “defesa aos direitos humanos” e consumia(consome) drogas estimulando e financiando o tráfico (por mais que insistam isso não é um chavão! é real!) e do outro lado tinhamos a grande maioria da população que não aceita mas cala em virtude de não poder falara a celebre frase “-poe na conta do Papa” mas cada vez mais indiginam-se perante o descaso, desrespeito que é levada as pessoas de bem neste país. sou a favor do BOPE da ROTA da ROTAM e de todos os destacamentos de operações especiais que atuam de forma a resolver o problema da população. sinto muito dizer mas quando uma pessoa aprende a ganhar o dinheiro fácil e intimidar as outras pela força NÃO MUDA MAIS!! e ,principalmente por não termos o direito de legítima defesa, precisamos do BOPE. agradeço a Deus por este filme!! chega de Carandiru!! chega de direitos humanos que não se preocupa com o trabalho escravo do Pará!! chega de Maconheiro FDP!! chega!! quero o Rio de volta!! quero a paz de volta!! CAVEIRA!!!!!!!!

  • Cláudia comentou:

    O convidado do programa Roda Viva, na próxima 2ª feira ( 08/10/2007), é o cineasta José Padilha, diretor dos filmes “Tropa de Elite” e “Ônibus 174”.

    O programa ao vivo TVE e TV CULTURA, às 22h40.

    Você pode assistir on-line acessando o site no horário do programa.
    http://www.tvcultura.com.br/rodaviva

    Envie sua pergunta

  • Daniela comentou:

    Violencia à parte, nada mais do que já vimos em qualquer filme de hollywood, o filme passa duas mensagens bem claras e que todos deveríamos usar, a inversao de valores a que a nossa hipocrisia nos leva, onde o bandido é o coitado. Precisamos acabar com esta visao de que todo mundo que mora na favela é bandido e lembrar que mais do que a condiçao social em que estas pessoas vivem existe sim uma escolha. Imagine se todas as pessoas que vivem na favela fossem bandidos, nós relamente saberiamos o que é viver em estado de sitio. Segundo, a exposicao da fragilidade da nossa policia. Fui pesquisar para saber se um funcionario do BOPE é melhor pago que o policial normal e, infelizmente, eles recebem R$ 1200 para colocar suas vidas em perigo. Precisamos nos perguntar quem de nós colocaria sua vida em jogo por este valor. E a ultima coisa, a ingenuidade de acharmos q isto acontece somente no Rio de Janeiro, pagamos um preço muito alto pela inapetencia de nossos governantes que fecham os olhos e muitos deles recebem seu soldo tanto quanto os policiais e, muitos de nós tambem.

  • dupcerj comentou:

    Cláudia> ainda não vi o filme do 174, quero ver…

    Daniela: isso mesmo. A vantagem de integrar um setor considerado de elite na Polícia é que se consegue “bicos” de segurança que pagam melhor, então, pra variar, a compensação financeira pelos esforços vem do segundo emprego, do emprego informal e ILEGAL (porque é proibido por LEI o segundo emprego ao policial, salvo o magistério), e assim a segurança pública continua em segundo ou terceiro plano para o servidor.

    O Estado, com essa política eterna de arroxo salarial, mantém em seus quadros um bando de “miseráveis” (metaforicamente falando claro) combatendo outro bando de miseráveis (nem tão metaforicamente falando), e dá no que dá.

  • manoel nascimento comentou:

    bom sou do ceara vendo os erros que a policia militar comete cada erro grave que as veses agente chega aperder acomfiaça na corporação apezer que tem muito que pessão antes de agei mais tem outro que faz as coisas sem pensa nas comcequencias que vira depois acho que o comando de veria avaliar os candiado a policia do inicio alfim que isso que eles vão asvesses trabalha muito estressados do serviço ai acom tece esses equivocos… mais parabens ….por vocês de fender anossa moral de sidadões….

  • Jordana Pradella comentou:

    Na escola onde estudo estão sendo realizados estudos sobre o filme.Os prós e contras mostrados sobre a polícia civil; Como funciona o bope e de onde e como geralmente inicia o contrabando.

    Mostra a verdade nua e crua de como o bope trabalha e ajuda as pessoas que dizem que ladrão tem que morrer mesmo que a vida não seja o ser humano quem deve tirar e sim Deus.

    Na minha opinião mesmo que muitas pessoas inocentes morram com esse sistema do bope, muitas pessoas mais perdem a vida dia após dia nesse mundo cruel.

    Quem tiver a oportunidade de ir até o cinema e prestigiar esse filme muito bem produzido e por mais incrível que pareça,não é de comédia e é brasileiro.

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.