Coragem NÃO É enfrentar tiro de Fuzil

Gato corajoso desafia vários cães

Na fotografia acima podemos observar um gato obeso andando tranquilamente diante de uma fileira de cães da raça Pastor, que observam incredulamente aquele ser mais fraco, constante alvo da força canina, desfilar sem temê-los. Como dizem, uma imagem vale mais que mil palavras.

Ele continua contra o $istema

O Delegado de Polícia Roberto Conde Guerra, autor do impactante Flit Paralisante, não desistiu de sua solitária batalha. Segue jogando no ventilador todo o podre que corrompe a Polícia Civil da qual faz parte, a PCSP. Já noticiamos aqui e reiteramos a indicação de leitura do blog.

Parece que ele já chegou bem mais longe do que muitos cogitaram ser possível. Veja este vídeo com entrevista sobre as denúncias referentes à máfia dos caça-níqueis no jornal da globo. Atentem para a frase “onde existir máquinas (caça-níqueis), o sistema é o mesmo. Ele não difere do que acontece em São Paulo”.

E o mais espetacular, no fim da entrevista, participação do Delegado da Corregedoria da Civil de SP aparentando estar profundamente irritado e zangado com a atitude do servidor-delator. Estranho …(?)

Estranho como um homem, sozinho, depois de acuado, consegue juntar tantos indícios e informações precisas sobre fatos criminosos envolvendo policiais, realizando o que um setor inteiro, qual seja, a Corregedoria, não conseguiu até o momento. Estranho?

E o nosso $istema continua o mesmo, só mudaram as cabeças

Alguns policiais civis do Rio, envergonhados com a grande quantidade de “maquininhas” (como são carinhosamente chamadas por aqui) em um determinado bairro (Bonsussesso, área da 21ª DP), resolveram por conta própria retirar este material contravencional das ruas. A pé, sem estrutura, andaram pelos estabelecimentos comerciais onde arrecadaram no total 50 maquininhas, além de material do popular jogo do bicho.

Foram ameaçados com frases como “vamos mandar a Corregedoria praí” (??).

Foi afirmado que todos serão punidos com transferência para o interior do estado. Aqui faço um adendo, já que alguns ali serão então transferidos para a Capital, visto que já são lotados no interior.

Bom, graças ao auxílio dos prestativos amigos da Receita Federal (só eles mesmo para ajudar nisso), as máquinas foram recolhidas. E estas não voltam mais!

Ainda, as máquinas não foram transportadas em nenhuma viatura policial, foram apenas servidores honestos que, em uma caminhada pacífica depararam-se com material criminoso e cumpriram seu dever de ofício. Requisitaram por 5 minutos carros de particulares que passavam pelas ruas locais, pessoas estas que concordaram em ceder o veículo com entusiasmo, pois afinal o crime estava sendo combatido. Mesmo que contrariando a vontade de alguns.

Amigos Federais, e a Operação Hurricane, foi só fogo de palha mesmo??

Mais um bravo!

Essa eu vou tentar juntar com mais detalhes, mas aqui no Rio temos o colega Perito Criminal Daniel, que formalmente denunciou à Corregedoria, Ministério Público, Polícia Federal e mais uma penca de órgãos crimes cometidos dentro do IML fluminense, juntando provas contundentes. Por conta disto vem sendo perseguido, e sofrendo ameaças de morte. O Ministério Público soliticou que a vida do Perito seja resguardada, mas pelo que consta nenhuma providência foi tomada. E parece que um policial que tentou proteger o Perito sofreu um estranho acidente de trânsit, vindo a falecer.
Vou juntar mais fatos para conhecimento de todos.

Coragem é relativo

Fazer GREVE por melhores salários e condições de trabalho aqui no Rio tem nome: BADERNA.

Manifestar-se publicamente e de forma bem humorada aqui no Rio tem nome: INDIGNIDADE, COISA FEIA.

Combater a contravenção aqui no Rio tem nome: DESOBEDIÊNCIA HIERÁRQUICA (ou loucura para alguns).

Lutar pelo fim da corrupção na Polícia tem nome: PRETENSÕES ELEITORAIS.

Morrer apenas por ser Policial aqui no Rio tem nome: ACEITÁVEL.

10 ideias sobre “Coragem NÃO É enfrentar tiro de Fuzil

  1. Partindo desses pressupostos, sou indigno, indisciplinado e candidato a algum cargo.

    Parabéns ao delegado que quer ver a polícia respeitada.
    Infelizmente ele sofrerá pressões que não sei se suportará.

    Sou leitor assíduo do Flit Paralisante e assino embaixo da recomendação aos demais colegas para que leiam a apóiem.

  2. Ah sim….e sobre a foto, acredito que os cães estão loucos de raiva por não poderem trucidar o gato na frente das câmeras. Mas, certamente, em suas mentes estão arquitetanto um plano de vingança pela audácia do gato, plano este a ser executado na primeira oportunidade que tiverem.

  3. Pelo visto todos são inocentes até que provem o contrário…menos o delegado denunciante, que o corregedor fez questão de deixar claro de que a Polícia não é composta somente de homens assim…
    Infelizmente o corregedor esta com a razão…a maioria prefere ser inocente até prova em contrário…do que denunciar os esquemas…

    Quanto a foto, descordo do Chatalá, na verdade o gato é apadrinhado político do neto do Rin TIn Tin que virou deputado aproveitando-se da fama e influência política conquistada pelo seu avô..os cachorros são apenas cães policiais militares deslocados para fazer a sua segurança….na foto denota-se claramente que o gato esta passando em revista a sua tropa de cães.

  4. Achei esse Blog por acaso, sou uma cidadã que ainda acredita na polícia(principalmente na civil),e concordo com tudo que foi escrito.Aliás seu ponto de vista é realmente coerente, inteligente e reafirma a minha crença de que nem tudo está perdido neste país!Tenho visto as manifestações dos policiais civis em busca de salários mais dignos e que honrem o sacrifício de vocês ao tentar proteger a população dessa escória que nos cerca, (embora ache que dinheiro nenhum no mundo pagará o sacrifício de vocês ao se exporem à balas e às humilhações a que a sociedade podre do Rio de Janeiro os expõe),mas humildemente expresso meu apoio a todos vocês.Já é sabido a muito tempo que dentro do IML, alguns corpos já vem “marcados”,e os peritos são praticamente obrigados a alterar os laudos da necrópsia, prejudicando assim as conclusões de casos importantes.Muitos cidadãos já sabem disso…Resta apenas que essa denúncia chegue a mídia…E isso não é difícil…A população de bem do Rio de Janeiro continua contando com vocês!Muito obrigada por continuarem tentando e lutando pela nossa segurança!

  5. Amigo, os delpol cada vez mais distantes hein???
    Estamos cada vez mais abandonados…teriamos que nos unir, farda e distintivo, mas somos esmagados pelo arrego e corrupção.

  6. Pois é…
    Quanto ao “gato gordo”, não seria o Lula passando em revista os Dragões da Independência?
    Já a situação no Rio de Janeiro continua a mesma. Só mudaram as moscas e, como tenho dito nos meus círculos mais íntimos, está na hora de mudarmos a nossa estratégia de pressão…
    “Quem tiver ouvidos para ouvir, OUÇA!”

  7. Cathalá e Benito: obrigado por trazerem um pouco de descontração ao CdP, o pessoal está cansando e mergulhando novamente em um clima de depressão. Espero que passe logo e voltemos a ficar obcecados no resgate às polícias. Queremos voltar a ser bem humorados! 🙂

    Flake: agradecemos todos, são tantos podres, e tantas condutas erradas que acabaram se tornando normais após reiterada prática, que o rompimento com a atual estrutura é difícil, arriscado e depende muito mais dos cidadãos não-policiais do que dos próprios policiais. Obrigado pela visita!

    José: Entre os Delpols também há divergências. Tem Delegado inclusive que já colocou o cargo à disposição por conta das ameaças contra policiais em manifestações. Por outro lado existem deleGados que para defender a perpetuação do crime organizado na PCERJ ameaçou de prisão policiais que exerciam direito constitucional. Enfim, tem de tudo, não podemos tê-los como inimigos de forma generalizada, muitos são mais tiras do que muitos tiras. Imagino que na PMERJ o mesmo fenômeno se repita, até porque caráter e conduta coerente são atributos muito mais pessoais do que funcionais.
    A união que temos que conseguir, e à qual almeijo, é entre todos os policiais que queiram o fim do império das malas pretas, independente do cargo ou patente. Que as malas fiquem somente pelos governos e parlamentos, e aí serão estes nossa caça.
    Abraços.

  8. Figueiredo: copiado.

    Quanto ao gato gordo até pode ser o lula, mas os cãe não são dragões da independência, observe que não tem nenhum desmaiando 😉

  9. MILITARCARICA

    ONDE DENUNCIAR E SER LEVADO A SÉRIO?
    MP?
    CORREGEDORIA?
    OUVIDORIA?
    IMPRENSA?
    PF?
    ATÉ HOJE NUNCA FOI ATENDIDO.
    SEMPRE ARQUIVAM, MESMO COM PROVAS CONTUNDENTES.

    AGUARDO ORENTAÇÃO DE UM ORGÃO QUE EXERCE A SUA VERDADEIRA FUNÇÃO.
    A ÚNICA COISA QUE CONSIGO É MAIS PERSEGUIÇÃO.

  10. Militarcarioca: amigo, é verdade, é difícil alguma coisa que funcione. Órgãos como o MP por vezes se gabam de uma suposta eficiência, que na verdade só existe para assuntos de interesse do órgão ou que propiciem bons momentos diante das câmeras. Falam mal das polícias mas, tirando os salários, não ficam nada atrás…
    Não sei o que te responder, eu mesmo tenho o mesmo problema, mas quando conseguirmos descobrir o caminho o martelo vai descer com toda força. mantenha-se em contato! Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *