Não estamos em Recesso

A Policia Civil pede Socorro

Ultimamente não temos conseguido nos organizar para manter o fluxo de postagens por aqui, já que com o término dos jogos Pan-americanos os trabalhos recomeçaram com a corda toda, acabaram-se as férias que eu tinha em outra atividade, enfim, o tempo encurtou e muito, bem como a disposição. O esgotamento físico as vezes não permite que pensemos com eficiência, então melhor não postar besteiras.

Amanhã, dia 15 de Agosto de 2007, o Governo do Estado, em reunião com a categoria Policial Civil irá se manifestar de maneira (consideramos definitiva) acerca do pleito do Projeto de Reescalonamento. A expectativa é grande, mas as esperanças de que nossos governantes caiam na real é pequena.

Esperamos não ter que levar a efeito novas medidas para termos reparadas as injustiças que vêm abatendo os Agentes da Autoridade do Estado do Rio de Janeiro e suas respectivas famílias.

Bola ou búlica, como venho ouvindo, e dia 16/08/07, está mais do que confirmada a Assembléia Geral para que toda a categoria analise a proposta do Governo e manifeste-se sobre o início do período de GREVE por tempo indeterminado ou não. No fundo, quem vai escolher “qual vai ser” é o Governo.

FORÇA E HONRA!

E como gosta de lembrar o colega Piccolo,

“De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver crescer as injustiças,
de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar-se da virtude,
a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.
RUI BARBOSA

Uma ideia sobre “Não estamos em Recesso

  1. Leiam no jornal O Dia o que o Governador acaba de oferecer de reajuste. 25% até 2009!!!!!!!!!! Se isso estiver correto – creio que não – menos de 1% ao mês? Sim pois faltam 29 meses até lá!!! Algo em torno de 18 reais de AUMENTO por mês?
    Até aqui e para manter mulher e dois filhos já não pago IPVA do carrão 94 há três anos; tenho atrasado contas de telefone e luz; não pago mais faturas de cartões de crédito; vida social? que isso?
    A partir de agora e confirmada essa notícia, passarei a atrasar o aluguel também. Quando for (?) despejado chamarei a imprensa e mostrarei meu contra cheque…
    Lembro-me que em outubro ou novembro passado e portanto antes de ser eleito, o então candidato reuniu-se com colegas – Chao, Ferrari, Denilson – e disse algo como abre aspas ser economicamente viável e perfeitamente factível atender nossos anseios…
    Políticos brasileiros, cusp…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *