Início » De Praxe

IML da Polícia Civil/RJ – CSI Brasileira

Publicado em 17/05/2007 - Categoria: De Praxe

E continuando a série “informando a população sobre as condições da Polícia Civil/RJ”, o assunto agora é o IML (na verdade IMLAP como chamamos), o Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto, encarregado em executar a necrópsia (autópsia) dos cadáveres (mortos) no Rio. Lembre-se, não são só pessoas mortas a tiros que vão parar lá, mas qualquer vítima de morte violenta, como acidente de trânsito, envenenamento, ou até mortes não violentas cuja causa tenha que se descoberta antes do sepultamento. Isso pode lhe fazer pensar que um familiar seu um dia estará por lá não é…?Não, as coisas por aqui não funcionam como no seriado sobre perícia criminal CSI ou no de perícia médico-legista Crossing Jordam. O IML do Rio é o retrato do caos. Os profissionais da Polícia Civil que diuturnamente trabalham realizando exames médicos legais já há muito tempo passam o maior sufoco. E cada vez que o Governo tenta mexer em alguma coisa, só faz piorar, acabando por continuar sem funcionar o que não funcionava, e o que funcionava razoavelmente bem deixa de funcionar. Isso ocorreu por exemplo com a recente “mudança de endereço” da Rua dos Inválidos no Centro. Aliás, não podia ser mais propício o nome da rua, que tem tudo a ver com a eficiência do órgão.

Profissionais trabalham sem qualquer equipamento de proteção, a higiene simplesmente não existe, bem como o material. Pergunte a qualquer pessoa que precisou liberar o corpo de um parente para fazer o enterro, e este lhe dirá que foi ele quem comprou produtos como formol, luvas, etc, necessários à realização da perícia.

Com geladeiras quebradas e poucos profissionais, os corpos entram em estado de putrefação, ficando irreconhecíveis, mostrando o verdadeiro desleixo, o descaso, a pouca importância que o Governo dá à população, mesmo em um momento tão difícil como a morte de quem amamos.

Inúmeras denúncias foram encaminhadas pelos próprios policiais à Corregedoria da PCERJ. Comissões de deputados, vereadores e coisas do gênero visitaram o IML, puderam observar o estado de falência da polícia técnica da Polícia Civil, pisaram em poças de sangue humano no chão, tiveram moscas do tamanho de uma moeda que voam por todas as salas do prédio defecando sangue dos cadáveres sobre seus cabelos… mas parece que nada disso adiantou, foi só para constar. NADA foi feito – além da mudança de endereço e desestruturação dos setores – e os policiais continuam mal pagos, sem equipamentos ou qualquer condição para realizarem um trabalho sério, que permita aos investigadores da Polícia identificar autores ou fazer provas durante as investigações.

E adianto que os postos avançados do IML em outros municípios do nosso sofrido Estado não estão em situação melhor. Mesmo as chamadas POLTECs, que reuniem a Perícia Criminal e a Perícia Médico-legista, feitos com aquelas obras de fachada como Delegacias Legais, todos estão sem material, sem ar-condicionado, alguns prédios inclusive estão literalmente rachando ao meio.

Aí a imprensa e outras pessoas questionam “pô, mas apenas 5% dos homicídios são solucionados no Rio? A Polícia Civil não funciona???”. O pior cego é aquele que não quer ver não é…

27 comentários »

  • robertatrindade comentou:

    Muito bom o blog! Parabéns! E bem-vindos à comunidade dos bloggeiros que discutem (no bom sentido) os bastidores da Segurança Pública no Estado do Rio.

    Bjs!

  • Igor comentou:

    Concordo contigo irmão, aqui no interior(Itaperuna), a POLTEC ainda funciona graças a união dos peritos(me incluo nisso); pois até papel higiênico temos que fazer ” vaquinha” pra comprar…imagine, se falta papel higiênico, o que dirá do resto de material indispensável à prática forense! Somente um conselho, não esqueça de divulgar para o interior caso a categoria entre em greve, pois como disse anteriormente, simpelsmente somos esquecidos do “RIO”…Abraços e podem contar comigo se precisar…

  • dupcerj comentou:

    De novo obrigado Roberta.

    Igor, conheço algumas POLTECs pelo interior, tudo começa muito bonito, mas inauguram o posto sem terminar as obras, sem equuipamentos, prometem que, apesar de já terem feito as fotos políticas de inauguração que o posto será equipado e decentemente mantido, mas sabemos que dali pra frente é cada um por si. Quem se importa faz “vaquinha”, quem não se importa evita ficar debaixo do teto do posto para não ser vítima de desabamento… mas esse nosso assunto vai render muitos outros posts. Abraços.

  • Marcio comentou:

    è meu amigo..eu desde quando entri na PC faço “VAQUINHA” para a Pericia Criminal funcionar, falta de tudo papel higenico, agua, folha para impromir laudo, tinta para impressão, viaturas descente, impressão digital é literalmente coisa de ficção cientifica….
    abraços.

  • Marcio comentou:

    É meu amigo..eu desde quando entrei na PC faço “VAQUINHA” para a Pericia Criminal funcionar, falta de tudo… papel higenico, agua, folha para imprimir laudo, tinta para impressão, viaturas descente, maquina fotografica,…impressão digital é literalmente coisa de ficção cientifica….
    abraços.

  • dupcerj comentou:

    Pois é, temos que encontrar uma maneira de divulgar isso. Porque a imprensa e a população só lembra da Polícia em dois momentos: quando um policial se revela na verdade um bandido, ou quando precisa da Polícia e como quem precisa de ajuda foca somente nos próprios problemas, não consegue enxergar a dificuldade e falta de estrutura do policial que irá (ou deveria) ajudá-la. A Internet é um território sem fronteiras, implorando para ser tratada como instrumento de divulgação de assuntos que os governos e a imprensa insiste em esconder. Só falta atitude. Vamos em frente e não nos deixemos abater. Obrigado pelo comentário.

  • Igor comentou:

    Se vc´s vissem o estado das viaturas em que se encontram(POLTEC – Itaperuna), vc´s nos chamariam de loucos em andar naquilo! Sem contar a rachaduras estruturais que existem(como foi dito anteriormente pelo edu)! Acho que chegamos ao fundo do poço! Temos que dar um basta nisso.! Não temos mais dignidade para trabalhar e nem salário justo. Até quando ficaremos inertes? Qto a publicar tal situação, já vieram em Itaperuna e fotografaram tudo que podiam e mais um pouco, mas até agora não vimos resultados dessas “inspeções”! Posso até dizer, que tanto a pericia criminal qto a medicina legal, ainda funcionam aqui graças aos esforços conjunto que fazemos. Caso contrário estaríamos emitindo laudo em papel de pão(lógico se tivesse tanto o papel, qto a caneta para escrever)! Abraços

  • dupcerj comentou:

    Igor, se você tiver como tirar fotos digitais manda pra gente. Tem um colega montando um lindo álbum para juntarmos a algumas outras coisas cujo destino descobriremos em breve (inclusive eu).

  • Igor comentou:

    Manda o e-mail para eu lhe enviar as fotos(mas só poderei fazer isso sábado que vem..valeu)!

  • dupcerj comentou:

    Tire fotos dos pontos mais críticos, como viaturas, laboratório do ICCE e IML. Abraços.

  • MD2 comentou:
  • dupcerj comentou:

    Obrigado, vou editar o post.

  • Igor comentou:

    Edu, postei o link dos vídeos no site da PCERJ no orkut! Caso tenha feito besteira, me avise e retiro o link! Abraços

  • dupcerj comentou:

    Negativo Igor, a idéia é mesmo divulgar os vídeos. Não fui eu quem os fez, na verdade nem sei, só sei que foi um Perito. Mas a intenção é mostrar mesmo, apesar de eu insistir que não são bons de ver, são imagens que pessoas que não são do meio provavelmente nunca mais irão tirar da cabeça. Como um vídeo que eu vi no Youtube já faz 1 ano e não esqueço, mostrando o apedrejamento de mulheres no islã…
    Aproveitando o ensejo, não participo da referida comunidade do orkut porque lá pessoas que não são policiais dão pitaco e numa primeira análise entende-se como opinião dos próprios policiais. E depois porque tem muito policial que nem sei como passou em concurso com prova de português. Mas o que vale é a divulgação. FORÇA E HONRA.

  • williamoliveira rodrigues da silva comentou:

    bom ou meu avô estar sumido maais ou menos à uns 6 anos e ninguem da minha familia tem noticias dele se vocês tiverem aguma informação qual quer que seja será muito ultil para todos nós da familia nós queremos saber se ele estar vivo ou morto o nome dele é: JOSÉ DO CARMO SILVA ele tem agora 79 anos data de nasc:10/11/1928 em rio claro ele é moreno, alt 162, cabelos crespos grizalio
    ele no momento não estava totalmente legal da cabeça e morava em (mangaratiba)
    bom se vocês tiverem qual quer informação por favor nos envie estamos esperando muito o brigado.

  • Eduardo/RJ comentou:

    O telefone do IML é (21) 3399-3845 . O do setor de identificação é (21) 3399-3835.

  • Larissa comentou:

    Olá,
    as imagens foram apagadas do You Tube mesmo?
    vc teria algum outro link?

    obrigada!

  • Eduardo Antunes de Souza comentou:

    Vcs sabe o nome da firma q presta serviços para o iml ?

  • Eduardo/RJ comentou:

    Não é a tal de Novo Rio?

  • Eduardo Antunes de Souza comentou:

    vc ver obrigado

  • Luciano Teixeira comentou:

    Olá,
    Parabenizo ao blog por este espaço tão comprometedor e honesto.
    Além desta matéria, vi e li uma muito boa que é do bloghttp://wguerra.blogspot.com/2007/09/corrupo-ca.html?zx=539aa78a6940b3bd. Para ser muito honesto, estou muito decepcionado com o IML do Rio de Janeiro, pois neste domingo, 29 de março, estarei prestando prova para técnico de necrópsia de 3º classe da Polícia Civil. Não sei ao certo se irei prosseguir com o concurso caso passe. Afinal de contas, o IML serve para inúmeras coisas e acima de tudo, dar a família o corpo de seu ente querido para o devido sepultamento. Muitos destes entes queridos para nós não valiam muita coisa (pois eram bandidos ou coisa similar), mas para seus parentes, foi uma pessoa que nasceu, cresceu e escolheu o caminho errado, mas acima de tudo… era um ser humano. As cenas lamentáveis que vemos no IML/RJ e quem sabe outros mais, dão a impressão aos familiares que seus entes queridos não valem nada até depois da morte, ou seja, nem depois disso são respeitados. A angústia familiar toma conta e como sempre a Polícia é a culpada. Quero ser um Técnico Policial de Necrópsia e poder honrar minha profissão com todo esmero, mas para isso, temos que ter o respeito das autoridades para que possamos trabalhar de maneira digna e honesta, e dar dignidade e alento aos mortos e familiares que os sepultarão. Pois quando entrar no IML o corpo de um parente próximo de um Deputado, Senador ou até mesmo uma pessoa muito influente que tenha que passar pelo o que as famílias e profissionais do IML estão passando, quem sabe assim alguém socorra essa instituição. Deixo aqui meu humilde pensamento e espero poder continuar a sonhar.
    Abraços.

  • Patrícia. comentou:

    Concordo com o colega, Luciano. Irei prestar o concurso para técnico policial de necropsia, logo mais às 09:00 h. Contudo, antes de fazer a minha inscrição, eu já havia observado um vídeo no youtube. Tudo é muito “jogado”, enfim, é como se aquele óbito não fosse nada, mas não por culpa dos profissionais, mas pelas condições do local mesmo. Apesar de todo o cenário catastrófico, a concorrência superou a minha e, tenho certeza, a da maioria dos inscritos (479 para 1 vaga). Sinceramente, não entendi essa concorrência, mas espero que os aprovados estejam realmente engajados em exercer a profissão, mesmo que para isso tenham de passar por toda essa situação.

  • carlos henrique da silva comentou:

    ESSE CONCURSO VAI SER CANCELADO,TEM COISAS ERRADAS NO EDITAL,BAY

  • Ana Paula Da Silva comentou:

    Gostaria de receber as fotos dos IMLs de todo o Estado do Rio de Janeiro.
    Muito obrigada.

  • Helena Gomes comentou:

    Gostaria de receber fotos das viaturas(carro tumba) utilizadasno IML do Rio de Janeiro.

    obs: Agradeço se vcs mandarem as especificações da viaturas (tipo, modelo, adaptações etc….

    Muito Obrigada

  • david leal santos comentou:

    gostaria de receber fotos das pessoas mortas , pode ser do iml, de tragedias, ou mortes tragicas , obrigado

  • carlos alberto lins comentou:

    Como pode, ha tempo tentar ligar p instituto médico legal, e não
    conseguir, fui na internet, desde 2009 (resenha) muitos reclaman..
    isso é caso de polícia………….

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.