Início » De Praxe

Início de Conversa

Publicado em 22/04/2007 - Categoria: De Praxe

Pol�cia!

Minha primeira lotação quando entrei para a Polícia Civil/RJ foi em um município do interior do Estado, distante mais de 200Km da capital.

Éramos 14 novos policiais nos apresentando lá, recém saídos de 45 dias de aulas enfadonhas e inúteis na ACADEPOL. O pior tinha sido a aula de defesa pessoal, inócua pois apenas ensinavam jui-jitsu, e não é bom um policial ficar agarrado com um marginal enquanto outros ainda estão em volta.

Nos apresentamos antes do curso de tiro, e por isso não possuíamos armas de fogo. Quem não quisesse trabalhar desarmado poderia levar armas que porventura tivessem. Eu não tinha arma. Mês e meio depois fizemos o curso, demos 50 tiros com revólver. Agora estávamos prontos. Voltei para minha DP, fiz um Memorando solicitando uma arma, e de volta ao Rio fui ao DFAE. Uma pistola Taurus PT-940 com dois carregadores sobressalentes, e uma caixa com 50 munições. Fui informado que poderia pegar 50 munições a cada 365 dias. Ok. Coloquei a arma na mochila e voltei para casa, para aprender a manuseá-la. Não foi difícil e ninguém morreu nesta empreitada auto-didata. Agora não precisava pegar arma emprestada para missões externas.

Obs: Hoje, devido à contenção de gastos do Governo/RJ, a cada Policial é cedida MEIA CAIXA de munição, ou seja, 25 munições a cada período de 365 dias

Deixe seu comentário!

Escreva seu comentário abaixo, ou faça um trackback do seu site.

Aviso: Você pode comentar esse artigo e expor suas idéias. Mensagens com palavrão, ofensas, injúria ou difamatórias serã o sumariamente excluídas. Exerça seu direito de expressão respeitando o direito de terceiros.

Gravatar habilitado. Para ter uma imagem pessoal exibida, registre seu Gravatar.